terça-feira, 27 de maio de 2008

O Circo à volta da Selecção


Acho que nunca como este ano estive com tanta vontade que um Europeu começasse. A juntar à falta que o futebol dentro das 4 linhas faz, desta vez temos um circo montado à volta da selecção para o qual não tenho o mínimo de paciência!
Saber notícias dos treinos, confesso que sempre me despertou pouco interesse, mas O.K., sempre vai dando para discutirmos se o Nuno Gomes ter treinado no lado dos prováveis titulares foi um principio de esclerose do Scolari ou se é só para confundir os Turcos.
Agora tirando isso, pouco mais há que justifique que se fale no estágio da selecção. No entanto, parece que a comunicação social decidiu que tudo é motivo de interesse e por isso somos bombardeados de manhã à noite com tantas "notícias" que quase nos sentimos no meio da comitiva. Isto é de tal maneira que hoje ao jantar pedi ao Simão que me passasse o sal.
Desta vez ainda não tivemos o Petit a mostrar os DVD piratas sacados da net na véspera de embarcar para estágio, seguido da visita da ASAE ao hotel, mas os jornalistas cá do burgo arranjam sempre maneira de ir mantendo a chama acessa.
Ao ritmo que vão as conferências de imprensa, lá para 6ª feira, conto ouvir o que o motorista do autocarro tem para nos dizer. Deve ser interessante, convém não esquecer que Viseu deve ser a capital mundial das rotundas.
De uma forma mais informal, já tivemos a senhora que arruma os quartos no hotel onde a selecção vai ficar na Suiça, a dizer que fazer a cama para o Ronaldo não é diferente de a fazer para outro hóspede qualquer: "puxa aqui, estica da ali, alisa..." e o gajo que corta a relva em Tondela agarrado ao corta-relvas a dissertar sobre a dificuldade de cortar a relva molhada.
Mas há mais... muito mais!
Visitas do Roberto Leal & filho à selecção e da selecção ao Tony Carreira & filho; as ementas desde o pequeno-almoço à ceia no quarto; "boletins clínicos" porque o Deco tomou uma Aspirina para a dor de cabeça; músicas escolhidas pelos jogadores para nos alegrarem as manhãs; o bigode do Murtosa; o bigode da mulher do Murtosa; uma chinoca que veio ver o Paulo Ferreira, que esteve ausente na 6ª feira porque foi pai; visitas a hospitais; as tatuagens do Meireles; jornalistas espanhóis no hotel da Selecção; e claro as habituais entrevistas aos transeuntes que acampam horas a fio à porta do estágio à espera que o Postiga lhes diga adeus ou apenas de aparecerem na TV, gastando desta forma inútil 5 dos 15 minutos de fama que o Warhol lhes vaticinou.
Mas o pior de tudo é que pelas bandas de Viseu anda a Ronalda, ainda por cima a cantar e ainda faltam 10 dias, 17 horas, 07 minutos e 46 segundos para o Euro começar...

7 comentários:

Padrino Visconti disse...

Mas hoje já eu vi o motorista a discursar durante uns 10min....Ão lado do autocarro Jardel!!!!

tio disse...

porra... e com tanta propaganda nao arranjas nada para dizer mal da selecção e o seu treinador?!?

aquela boca á esclerose do Scolari foi muito fraquinha....

vá Reporter em sei que consegues mais...Força!

Repórter H disse...

Tio,

contrariamente ao que possas pensar não estou de todo contra o Scolari, nem mortinho que a coisa corra mal para lhe cascar.

Considero que face à valia da nossa selecção e das restantes 15 equipas se passarmos os grupos já é um resultado positivo. Tudo o que venha a mais é ganho!

Globalmente acho que o Scolari tem realizado um bom trabalho e obtido bons resultados.

Isto não impede no entanto que discorde de determinadas decisões e atitudes do seleccionador nacional, nomeadamente uma certa corrente que corre, alimentada pelo próprio de: "ou estás comigo incondicionalmente ou então estás contra mim".

Corrente essa que é exponenciada pela opinião de alguns supostos "notáveis" que afirmam que o Scolari é o melhor seleccionador que podemos ter e que no dia que se vá embora é uma tragédia.

Enfim, acho que há espaço para um meio termo e que felizmente estamos num país onde a opinão é livre!

tio disse...

caro Reporter,

obrigado pelo esclarecimento.

sinceramente via te mortinho para que a coisa corra mal.
sendo assim menos mal.

qto ao resto, e para mim uma pescadinha de rabo na boca. pq antes de haver os tais "notaveis" existia outros tais notaveis que sempre criticaram o trabalho do Scolari, mesmo dps do excelente trabalho q ele tem realizado.

Ora é precisamente a atitude dele face a esses primeiros notaveis que eu aprecio.

sobre eventuais criticas ninguem está livre (felizmente).
mas criticas absurdas são dispensáveis.

Repórter H disse...

O mais importante é que a coisa corra bem! Nem que seja para chatear os Jorges Gabrieis que em 2006, depois de chegarmos às meias-finais diziam mal porque o nosso jogo não era espectacular!

Viva Portugal!

PS: Hás-de concordar que colocar o Nuno Gomes no lado dos titulares é um bocadinho absurdo, certo?

:)

Caneleiras de cortiça disse...

porque é que voces não marcam um jantarinho à luz de velas, seguido de um make-up sex e deixam de nos importunar com os vossos arrufos de namorados?

Bengas disse...

O Tio tem razão na questão da pescadinha de rabo na boca. Isto é uma questão de ponto de ancoragem: para combater os criticos absurdos (fundamentalmente ressabiados do Norte que nunca encaixaram o Baía perder o lugar para o Ricardo, mas já tinham achado muito bem quando em 2002 aconteceu o inverso e o pintas fez aquela bela merda que se viu) apareceram os indefectíveis. Também eu acho que o Scolari é o melhor seleccioanador que já tivemos desde que vejo futebol (ainda que com Cabritas, Poetas e Oliverinhas a concorrência não fosse temível), talvez a par do Queiroz, mas discordo de algumas opções dele, especialmente nos avançados que convocou. Mas a verdade é que ele tem uma capacidade de liderança como poucos e numa selecção isso é tão ou mais importante que a competência técnica. Em 3 semanas não há muito para treinar.

Pesquisa personalizada