segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Parabéns amor da minha vida!!!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Olha quem é ele...

Figura super pública entrevistada...quem sabe sabe...

Operação coração II

Depois da epopeia em terras alemãs ter chegado a bom porto queria deixar aqui o meu NIB para a malta se chegar à frente e dar o seu contributo a fim de eu conseguir arranjar cerca de 10M €. Motivo?? Epá...parto amanhã para Lisboa, mas queria fazer escala em Madrid para levar um regalito


...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Alguém viu este golo do Rangers?

O que é que este Polga faz no futebol profissional?

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

E que tal jogar com 9...?


Pouca história deste derby. O esperado aconteceu. Mas mesmo assim acho que poderiamos ter apimentado a coisa....tipo deixar o Jardel lesionado e sem entrar ninguém, ou meter o Gaytan e o Salvio a jogar à bisca encostados à linha. Assim foi fácil fácil...mas também quem tem no mesmo onze Grimmi, Torts...Torti....Torsti...epá...um argentino e um jogador dispensado do PAOK pouco pode querer de uma partida. Além disso fizeram o favor de deixar o Luisão dormir descansado. Pudera...antes tinha de enfrentar um Liedson, agora apanha com o Postiga e um Djaló...até de cadeirinha podia jogar.

Para acabar só dois apontamentos:
Primeiro...que monumental carga de porrada vi os meninos da Juve apanhar
Segundo...já é mau os adeptos do Benfica só conseguirem entrar meia hora depois(!!!), mas também não é melhor ficarem lá barricados quase uma hora após o fim do jogo. Até quando vim de Setúbal cheguei a casa mais cedo...e moro a cinco minutos da Bimbaláxia.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

O Banco apresenta...

Quem tem tido paciência para ver os jogos do Sporting este ano, certamente que já reparou que nas poucas vezes em que tem sido utilizado, Abel, é normalmente responsável por marcar cantos, livres e todo o tipo de lances de bola parada que o Sporting beneficia e tem inclusivamente marcado golos que nos fazem lembrar Balakov! N'O Banco, não vamos tão longe, no entanto, temos o prazer de apresentar, Abelakov! Um misto entre a carinha laroca do nosso Doutor Abel e o trunfalhento Balakov. Sem mais demoras, ei-lo:

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Para o menino Repórter uma salva de....estalos


Vá antes de lerem o post abaixo e insultarem à grande o nosso Repórter H, cantem os parabéns a ele ...e já agora ao PalSergio.
As prendas seguem segunda feira em formato de picadas de águia.

É à Benfica!


Em 2002, para garantir um 4º lugar que nem acesso à Europa dava, o Benfica exigiu couro e cabelo dos seus atletas. Alguns, deram o que tinham e o que não tinham, tendo inclusivamente um deles, Pedro Mantorras (aquele que era apontado como o que mais potencial tinha), jogado lesionado e como consequência deu cabo do joelho e portanto nunca mais foi jogador que se aproveitasse.

Luís Filipe Vieira, por muitos apontado como o padrinho do jogador, num assomo de rara dignidade, tem "dado a mão" a Mantorras e têm sido o garante de um lugar no plantel, tendo ido por vezes mesmo contra a vontade dos próprios treinadores, como aconteceu com Quique Flores e Jorge Jesus.

O jogador, esse tem sempre garantido que ainda não está acabado e que ainda pode ser muito útil ao clube e à própria selecção Angolana - onde, quiçá fruto da proximidade entre dirigentes e investidores do Benfica, ainda foi chamado algumas vezes nos últimos anos - e que portanto as notícias sobre a sua lesão eram claramente exageradas e não correspondiam totalmente à verdade.

Por este motivo, não deixa de ser surpreendente esta notícia, que o próprio Mantorras, teria efectuado um pedido de uma pensão de invalidez.

É preciso não ter qualquer vergonha na cara! Andar anos a apregoar que se está em condições, para justificar contratos atrás de contratos, pendurados em companhias de seguro, que andaram a bancar o ordenadinho do menino, para agora vir dizer que afinal não dá e que tem que ser o Estado a pagar-lhe uma pensão de invalidez.

É à Benfica! O maior do mundo sem nunca ter mostrado grande coisa, uma vida do "vocês um dia ainda vão ver" e acabam a viver à conta do Estado, sem qualquer tipo de pudor ou vergonha.

Porra! É que é mesmo um clube que não interessa ao menino Jesus.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Só não posso às quintas por volta das 18h

O Couceiro pede aos Sportinguistas que vão ao estádio apoiar a equipa!

Conta comigo, pá! Eu só não posso é às quintas-feiras por volta das 18 horas. É que tenho aquela coisa chata, chamada trabalho, que é o que paga os vícios, como por exemplo ir à bola e o patrão não acha muita piada que me balde para ir laurear a pevide.

Alguém sabe quando é que jogamos com o Rangers, para ir lá apoiar, como o Couceiro pede?

Big Show SIC


O Big Show está no ar é nele que eu vou-me ligar, é a T.V. em movimento que está a dar o que falar!


Porra, pah! Ao vivo e a cores e em directo para dar mais "tchan" à coisa. E que o ter aproveitado para poupar as 200 baunilhas do aluguer de uma sala de hotel para fazer o anúncio seja um pronuncio de sábias decisões de gestão!


Show time!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Levar nos cornos


Sportinguista, começas-te a habituar a levar nos cornos? Então prepara-te que vem aí fruta para encher a marmita até mais não.

Já na quinta-feira vimos de saco cheio de Glasgow, para a Europa ver. 4 dias depois (derby a uma 2ª feira, bem-hajam, senhores) levamos do Benfica e em casa que é tão bom. Para não perdermos a embalagem recebemos o Rangers logo na outra 5ª feira e no domingo seguinte, pimbas, vamos à chupana chupar. Terminamos 3 dias depois a enfardar outra vez do Benfica que é para não sermos parvos.

Vai ser lavar nos cornos até ficarmos todos negros, como o Pálsérgio gosta.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A táctica da carne toda no assador

Ao conversar com a malta, dei-me conta que o ataque ao que resta da época está previsto, depois de mais um cunning plan de JEB e companhia, ser feito com apenas 3 avançados. Algo que pode preocupar até o mais relaxado dos sportinguistas, não fosse eu me ter inspirado num post do Fuinha, da altura do Mundial e ter decidido apresentar as tácticas para enfrentar o resto da temporada de peito feito.

Assim temos a táctica #1, desenhada para enfrentar adversários mais poderosos, para segurar aquele 1-0 que está tremido com o Setúbal ou a Académica ou para apresentar de início perante equipas que venham com o autocarro, desconcertando-as com um meio-campo estilo box-to-box, obrigando-as a dar espaços na marcação aos nossos médios de abertura.

Esquematicamente é assim:


Nesta táctica joga-se com uma defesa tradicional, com os laterais a subirem no apoio aos médios e ao avançado e com o Polga a subir nos cantos. O Nuno André Coelho, joga a centrinco, que é uma posição que o Pálsérgio inventou e que é muito boa - tapa os espaços entre os centrais e os trincos que são o Zapater (trinco esquerdo) e o Pedro Mendes (trinco direito). Depois, joga o Maniche e o André Santos no meio campo, com a função de fechar quando o adversário quer atacar e apoiar o avançado - esta dupla tem tudo para funcionar, porque é como aqueles números do "good cop / bad cop", ou seja, jogador novo / jogador velho, magro / gordo, gajo que corre / gajo que não se mexe, gajo com bom feitio / gajo com mau feitio, etc. No ataque, temos o Postiga, que está em grande forma e que liberto do peso do Liedson, vai dar cartas, como fez na selecção frente à Espanha.

Quando for preciso, entra em campo a táctica #2 - que é a táctica da carne toda no assador:

Neste esquema, o Evaldo sobe no terreno e apoia o ataque, do outro lado, o João Pereira passa para médio e faz uma função dupla de pivot / médio interior, isto significa que entra o Abel (Abelacov, para os mais desatentos) e que vai marcar os cantos do lado esquerdo, os livres e fecha nas saídas do João Pereira. Na defesa continua o Carriço e o Polga, que continua a subir nos cantos.

No meio campo, o Maniche enche o miolo, espalhando o perfume do seu futebol por toda a sua área de intervenção.

Depois, vêm os avançados, o Valdés a descair para a esquerda, mas sem ser encostado à linha para dar espaço às entradas do Evaldo, o Vukcevic (que pode ser substituído pelo Salomão, que neste caso passaria para a esquerda e o Valdés seria substituído pelo Cristiano, que é o médio médio que chegou para substituir o avançado bom que tinhamos) joga encostado à direita, fazendo diagonais para o meio e claro dando apoio ao Djaló e ao Saleiro que jogariam mais no miolo, na pressão aos centrais.

Ainda temos um banco de luxo, com o Hildbrand, o Torsiglieri, o Grimi (estou convencido que se o homem aprender a andar como as pessoas, ainda pode vir a ser útil!) e o Matias. O izmailov não conta, porque até 24 de Fevereiro o JEB ainda o vende para a Rússia.
Pesquisa personalizada