segunda-feira, 31 de março de 2008

Rui Santismo


Converti-me!
Ontem, enquanto ouvia o Doutor em mais uma eloquente lição sobre o futebol luso, senti que algo esotérico descia sobre mim e enquanto uma forte luz me rodeava e sons evangélicos enchiam os meus ouvidos, senti um chamamento divino e desde essa hora que me tornei um crente do Rui Santismo.
Tamanha sabedoria e a forma como nos vai ensinando a ver cada um dos temas pelos quais discorre tão naturalmente como Cristo andou sobre as águas, fizeram de mim um fiel. Sou hoje um homem em paz comigo mesmo porque sei que tenho o Rui Santos em quem confiar e que a sua palavra me vai guiar ao longo das tormentas que a vida me reserva.
Acho no entanto que o meu guru, é sub-aproveitado. Porquê tê-lo apenas 1 hora e meia por semana a comentar jogos da bola? Porque não um programa diário, onde durante 3, 4, 5 ou mais horas esse grande génio iluminado nos pudesse dar, a todos que tivessemos a felicidade de o ouvir, a sua visão sobre a vida em geral?
Isto sim seria verdadeiramente uma grande oportunidade para nós portugueses. Esta poderia ser a nossa vantagem competitva que finalmente nos permitiria "dar o salto" e colarmo-nos aos países desenvolvidos que há anos presseguimos e que tardamos em alcançar!
Seria ainda possível fazer do Doutor um icone! T-Shirts, miniaturas, bolachas, DVD's... enfim um mundo de merchandising com a imagem que fariam do Rui Santismo um produto à escala global e ao alcance de todos.
É verdade que o homem parece que foi penteado pelo Ray Charles, que se vestiu às escuras e que fugiu do Grease, mas bolas, quando Deus estava a dar o bom aspecto, certamente que o Rui estava a marcar lugar na fila para os cérebros, para ser o primeiro e ficar com o melhor!
Eu por mim estou convertido! E agora com licença que vou ali rezar um Rui Nosso...
Rui Nosso, que estás na TV,
Santificado seja o teu nome.
Venha a nós a tua sabedoria.
Seja ouvida a tua voz,
Assim na Luz, como em Alvalade ou no Dragão.
A tua opinião de cada dia que nos dás hoje,
perdoai-nos quando não te ouvimos,
assim como nós perdoamos aqueles,
que não te querem ouvir.
Não nos deixeis cair na tentação do Lobo
e livrai-nos do Tadeia.
Amén.

sexta-feira, 28 de março de 2008

Dá a pata! Rebola! Lindo menino!



Jesualdo hoje em conferência de imprensa (in maisfutebol.pt):

Na terça-feira soube-se que Pinto da Costa tinha sido pronunciado para ir a julgamento no âmbito do processo Apito Dourado. Ora esta manhã quis saber-se como é que o plantel reagiu a esta notícia. «O plantel do F.C. Porto é composto por jogadores profissionais, contratados para fazer um trabalho muito positivo e para ganhar», disse Jesualdo Ferreira.
«Não sei se o presidente do F.C. Porto vai ser julgado pelos 45 títulos que ganhou, mas isso já não me diz respeito».
Jesualdo Ferreira que, na época a que se reporta a investigação do processo, nem estava no F.C. Porto. O que motivou outra questão: do lado de fora sentia que o clube era beneficiado pelas arbitragens? «O que eu sentia é que o F.C. Porto era diferente de todos os outros e que ganhava mais vezes», respondeu.
«Querer reduzir títulos conquistados durante 25 ou 26 anos a outra questões secundárias, não querendo reconhecer o mérito das pessoas, parece-me uma grande falta de rigor e de honestidade intelectual. Não percebo se vai julgar-se um presidente que vai conquistar o 45º título ou se vão julgar-se outras coisas».

És sim senhor! Ou pelo menos o mais cagão!

O Casillas, o Victor Valdez, o Cech, o Lehmann, o Bufon, o Toldo e o Eduardo concordam contigo.
Até eu já estou com saudades tuas, embora o Patrício seja o 2.º melhor da Europa.

quarta-feira, 26 de março de 2008

Tugas

Agora sim esta um ambiente optimo, bem à medida do Tuga ótário.

Portugal volta a perder, e a esperança de um eventual descalabro no Euro 08 anima os sábios do futebol!

Faltam 2 meses para começar e o tempo para a critica fútil e fácil já escasseia. Mas no global tem sido um ano bem favoravel para estas mentes brilhantes.

Espaço e oportunidades não lhe escapam. Estao em cima dos acontecimentos prontos para largar o seu veneno assim que algo não corre bem. Tal como um bom cobardolas!

Hoje foi um desses momentos: o sábio jornalista que comentava o Portugal - Grécia só conseguiu ficar sem palavras dps de Portugal ter conseguido marcado o golo, até lá foi abrir o dicionário e destilar péssimismo e criticas.

Estes senhores na minha opinião refletem o pior do Portugues. Dizer mal, mal mal e mal...

Já agora tambem quero dizer mal... Aproveitando a maré de felicidade tambem vou criticar o Scolari: o selecionador Portugues é otário por ter renovado o contrato.

Se fosse esperto como "eles" teria se ido embora após ter alcançado o 4º lugar no mundial de 2006.

segunda-feira, 24 de março de 2008

O segundo objectivo


Tem sido norma no Sporting 2007/08, ouvir dizer que o primeiro objectivo já lá vai, mas que ainda temos o segundo!
"Fomos eliminados na Champions, mas ainda temos o segundo objectivo: a UEFA."
"O título já lá vai, mas ainda temos o segundo objectivo: o acesso directo à Champions"
"A Taça da Liga já lá vai, mas ainda temos o segundo objectivo: a Taça de Portugal"
Blá, blá, blá...
Verifico que dificilmente atingirei o meu objectivo que é ver o Sporting a ganhar títulos, e por isso decidi definir também eu um segundo objectivo: queor o Soares Franco e o Paulo Bento na RUA!
Pode ser que tal como o Sporting, também eu consiga atingir o segundo objectivo.

sábado, 22 de março de 2008

Uma jolinha de penalti

terça-feira, 18 de março de 2008

Óh Senhor, explique lá isso outra vez

In o "Tribunal d'O Jogo"

66'
O 4-0 não foi precedido de um penálti? E não faltou amarelo a Ricardo Fernandes ?


ROSA SANTOS
+
Há falta, mas o árbitro deixou prosseguir. Falta seguida de golo é golo, ainda que as leis digam o contrário. O árbitro é que faz cumprir as leis, e, segundo a Lei V, tem poderes discricionários, ou seja, aplica-a como entende, desde que não a fira de ilegalidade. Não havia motivos, também aqui, para segundo cartão amarelo.


- Rosa, marcar um golo depois de uma falta é uma coisa extremamente horrível não é?
- É!
- Portanto devia ser proibido!
- Exacto.
- Mas poderia ser feito?
- Podia.
- E o que acontecia?
- Nada.
- Mas estava a ir contra a lei?
- Estava.
- E como é que a lei me punia?
- De maneira nenhuma.
- Isso não é um bocadinho incoerente?
- Pscht...
Marcar um golo depois de uma falta é proibido... mas pode-se marcar... mas é proibido... mas pode-se marcar... só que é proibido... O que é que acontece a quem o faz? Nada! Mas é proibido! Mas pode-se marcar...
- Portanto, posso marcar um golo depois de uma falta?
- Pode!
- Mas não é proibido?
- É!
- E o que acontece?
- Nada!

Contabilidade

in http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?id=916951&div_id=1457

"O Sporting já falhou cinco penalties na presente edição da Bwin Liga, mais de metade das grandes penalidades de que beneficiou.
O último aconteceu esta segunda-feira, frente ao Nacional, e confirmou outra regra: todos os penalties de que o Sporting beneficiou, um total de oito, foram em Alvalade. E dessas grandes penalidades resultaram quatro expulsões de guarda-redes em casa dos «leões»: Costinha (Belenenses), Taborda (Naval), Peçanha (Paços de Ferreira) e Nelson (E. Amadora).
João Moutinho e Anderson Polga já desperdiçaram por duas vezes a oportunidade de fazer golo a partir da marca dos 11 metros. Frente ao Estrela, o central atirou por cima, tal como já tinha feito no jogo com o U. Leiria. Polga apenas conseguiu converter um penalty esta época, frente ao Dínamo Kiev, mas na Liga dos Campeões.
O capitão Moutinho tem uma percentagem de eficácia semelhante à da equipa, mas para melhor: dois marcados, dois falhados. Romagnoli era o único jogador do Sporting que ainda não tinha falhado uma penalidade. O argentino marcou no Sporting-P. Ferreira, mas não conseguiu ultrapassar o guarda-redes do Nacional, Rafael Bracalli. Ou seja, todos os que foram chamados a atirar da marca de onze metros já desperdiçaram a oportunidade pelo menos uma vez."

Penalties falhados a favor do Sporting esta época na Liga:

3ª jornada, Sporting-Belenenses João Moutinho, defesa

9ª jornada, Sporting-Naval João Moutinho, defesa 12ª jornada, Sporting-U. Leiria Polga, por cima

12ª jornada, Sporting-U. Leiria Polga, por cima

23ª jornada, Sporting-Nacional Romagnoli, defesa


Ou seja, o Paulinho Bento e a sua equipa técnica não gostam de treinar penalties. E os jogadores do Sporting falham o mais fácil na sua profissão. Um jogador profissional de futebol falhar penalties é obra. Todos os marcadores de penalties do Sporting falharem é inacreditável.
Lembremos que com o Leiria foram-se dois pontos ao ar.


Some-se os três frangos do R. Patrício (Leixões, Leiria e Setúbal) e apercebemo-nos que boa parte do desastre parece da 5ª dimensão.
Assim não fosse e o Sporting estaria isolado no segundo lugar.

Assim dá azo a que se teçam ridículos comentários por parte de um par de bloguistas que apenas olhando para a tabela (e sem se lembrarem ou saberem do que se vai passando na Liga) comparam a posição do Benfica com a do Sporting tirando daí um regozijo, como que o Benfica tivesse a fazer melhor figura no campeonato. Para não falar do prejuízo directo na arbitragem dos derbys (vide post O rescaldo do Derby).

segunda-feira, 17 de março de 2008

Sem surpresas II

Segundo os leitores do Banco, o próximo treinador "à séria" do Benfica vai ser Luís Filipe Vieira.
Nada mais lógico que juntar num só individuo as funções de Presidente, Director desportivo, Bitaiteiro e Treinador.Finalmente o homem vai ter possibilidade de fazer render os craques que tem contratado e que os incompetentes treinadores insistem em não pôr a jogar, chegando mesmo a dispensar uns 20 ou 30.
E o melhor, é que não tem de prestar contas a ninguém.
Se as coisas correrem mal, por mero acaso, basta usar a táctica actual, salientando que o Benfica é uma mina de ouro, e que há uma trupe de bandidos à espera que o guardião Vieira abra uma brecha para tomarem conta daquele El Dorado.

Sem surpresas

Encerrado o inquérito sobre qual teria sido o pior treinador do Sporting nestes últimos anos, ganhou, com uma vantagem confortável, o Eng.º Fernando Santos, vulgo Fanã.

Em breve poderemos ter uma sondagem igual, mas a ser aplicada ao outro lado da 2.ª circular. Aí a luta vai ser mais renhida, mas Fanã parte sempre como um dos favoritos, sendo que o rookie Chalana tem vindo a dar bons indicadores para as casas de apostas.

sábado, 15 de março de 2008

A excitação de jogar contra o Sporting!


Holy Jesus, Holy Crap


"Tal como noticiámos, o presidente da SAD benfiquista reuniu-se recentemente com dirigentes do Belenenses e, segundo apurámos, para além de discutido o negócio em torno da transferência de Ruben Amorim, o nome de Jorge Jesus foi também lançado sobre a mesa. O técnico do Belenenses é apreciado no Estádio da Luz, tem até uma excelente relação com Rui Costa e no ar ficou a possibilidade de as águias avançarem para o líder do actual 6.º classificado da Liga.

Logo depois da demissão de Camacho, a possibilidade Jorge Jesus foi uma das mais comentadas nos gabinetes das águias, a par do italiano Malesani. A proximidade da eliminatória da UEFA (com o Getafe) e do jogo frente ao Marítimo abrandou o processo de escolha mas os dirigentes encarnados não fecharam a possibilidade de aproveitar a próxima paragem da Liga: depois da viagem à Madeira, o Benfica só volta a competir no final do mês e um novo treinador teria duas semanas para se adaptar ao plantel e ao clube." - in Record

Bem sei que a "notícia" é do Record, mas no dia em que o Richard Gere da Amadora for apresentado como treinador principal do futebol sénior do Sport Lisboa e Benfica, SAD, convido-vos a irem buscar umas bejecas, chamarem a família e sentarem-se em frente ao computador a verem em live feed o meu cartão de sócio ser incinerado. E o do Caneleirinhas também.

sexta-feira, 14 de março de 2008

Histórias da História


E agora para os fãs deste blog, uma pequena surpresa: Um post sério! Pelo motivo, pedimos desculpas.

Desde que em 1975/76 participou pela 1ª vez na Taça UEFA, o Sporting atinge esta temporada, pela 4ª vez no seu historial os quartos-de-final desta competição. É uma fase adiantada e por isso, trago aqui ao "Banco" memórias das 3 vezes anteriores em que tal aconteceu.


1985/86





Nessa época o treinador era Manuel José e foi ele o homem do leme, na primeira ida do Sporting aos 4os de final da Taça UEFA.


Na 1ª eliminatória, os leões defrontaram o Feyenoord. Com uma equipa que tinha por base jogadores formados em Alvalade, o Sporting venceu por 3-1, com os golos a serem apontados por Manuel Fernandes (31M), Jordão (35M), de novo Manuel Fernandes (63M) e por Duut (78M) para os holandeses. Na 2ª mão, na "banheira" de Roterdão a equipa leonina perdeu por 2-1, com Litos ao 59M a apontar o golo que apurou o Sporting, tendo Eriksen e Been aos 44 e 66 minutos feito os golos do Feyenoord.


Seguiu-se o Dinamo de Tirana, uma equipa Albanesa, que o Sporting ultrapassou com inesperadas dificuldades. Na capital Albanesa o resultado foi 0-0 e em Alvalade, um golo solitário de Venâncio aos 53 minutos, apurou os leões para os oitavos de final.


Na 3ª eliminatória calhou em sorte, o Atlético de Bilbau, com a 1ª mão a ser disputada em solo Basco. Aos golos de Sarabia (15M) e Salinas (58M) respondeu o Sporting com um de Ralph Meade (73M), que abriu boas perspectivas para a 2ª mão. Em Alvalade, o Sporting, bateu por uns esclarecedores 3-0 (golos de Manuel Fernandes, Meade e Sousa) uma equipa onde pontificavam Zubizarreta, Goicoechea e Salinas e que era treinada por Javier Clemente.


Nos quartos-de-final calhou ao Sporting, o Colónia. Na altura uma forte equipa alemã, que tinha nas suas fileiras, jogadores que certamente ainda muitos recordam, como Schumacher, Littbarski e Klaus Allofs. Em Alvalade, os leões colocaram-se em vantagem aos 50 minutos com um golo do inglês Meade, mas aos 89, na conversão de uma grande penalidade, Klaus Allofs entornou um autêntico balde de água fria em Alvalade. Em vantagem na eliminatória, os alemães, foram mais fortes na 2ª mão e com golos de Allofs (7M) e Honerbach (37M), selaram uma vitória por 2-0 que atirava com o Sporting para fora da UEFA, na 1ª vez que chegava aos quartos-de-final da prova.


Este jogo marcou a despedida de Jordão das competições europeias, onde participou em 31 jogos e apontou 7 golos.


O Colónia havia de chegar à final da competição nessa temporada, tendo perdido essa final para o Real Madrid. Os alemães ganharam mesmo em casa por 2-0, mas foram arrasados no Santiago Barnabéu, tendo sido goleados por 5-1.

1990/91


Já sob os comandos de Sousa Cintra (que ainda há-de ser recordado aqui no Banco em ocasiões futuras), o Sporting sobre a batuta de Marinho Peres, atingiu pela 2ª vez na sua história os quartos-de-final da UEFA. Nessa temporada conseguiu mesmo atingir as meias-finais.




A "aventura" começou com os belgas do Malines, uma equipa onde a estrela era Michel Preud'Homme, que anos mais tarde viria a brilhar no Benfica. Na 1ª mão, um golo solitário de Cadete, à passagem do minuto 38, chegou para levar a equipa leonina em vantagem para a 2ª mão, onde Philipe Albert, à passagem do minuto 8 tudo igualou; Fernando Gomes aos 29 minutos fez o 1-1, que seria desfeito aos 55, através de um auto-golo de Carlos Xavier; a 8 minutos do final, Cadete voltou a igualar a partida e selou a passagem do Sporting à eliminatória seguinte.


O adversário seguinte era romeno e chamava-se Timisoara. Na 1ª mão em Alvalade, uma das maiores goleadas da história europeia do Sporting: 7-0. A história do jogo, foi a história dos golos:
1-0 Cadete (32M)
2-0 Gomes (36M)
3-0 Cadete (49M)
4-0 Gomes (60M)
5-0 Cadete (63 M)
6-0 Careca (78 M)
7-0 Bozinoski (89 M)


15 dias depois na Roménia, o Sporting viria a perder por 2-0, num jogo sem grandes motivos de interesse, já que a eliminatória ia mais que resolvida de Alvalade.


Nos oitavos de final, de novo um clube holandês no caminho do Sporting e de novo um apuramento. O adversário vinha de Arnhem e chamava-se Vitesse. No Monnikkehvizeu, o Sporting com golos de Carlos Xavier (23M) e Gomes (36M), resolveu a eliminatória, pelo que a 2ª mão em Alvalade, foi um jogo de festa. Com 2 golos de Douglas (23 e 63 minutos) contra 1 de Van Arum (76M), o Sporting selava a sua 2ª passagem aos quartos-de-final desta competição.

E nos quartos-de-final... uma equipa italiana: o Bolonha. Uma equipa onde a estrela era Turkylmaz, recebeu o Sporting em Março de 91 e foi este avançado Suiço, que aos 49' abriu o activo. Seria no entanto Luisinho, o central do Sporting o herói da partida, já que aos 89' fez um golo e trouxe o Sporting em vantagem na eliminatória para Alvalade. Nessa partida o Sporting alinhou com o seguinte 11:


Ivkovic
Carlos Xavier
Luisinho
Venâncio (cap.)
Leal
Litos
Oceano
Douglas
Filipe
Gomes
Cadete


Foram os avançados Cadete e Gomes que com um golo cada aos 19 e 77 minutos, respectivamente, carimbaram a passagem à 1ª meia-final da Taça UEFA da história do clube.


Nessa meia-final, calhou em sorte o Inter de Milão, onde jogavam "apenas" Zenga, Bergomi, Berti, Brehme, Pizzi, Klinsmann e... Lothar Matthaus. E se em Alvalade, o Sporting ainda deu uma boa réplica aos italianos, tendo empatado 0-0, já em Milão, os italianos não deram hipóteses ao Sporting e venceram por 2-0, com golos de Matthaus aos 15 minutos na transformação de um castigo máximo e de Klinsmann aos 36. Terminava o sonho leonino, de chegar a final, que só se realizaria 14 anos mais tarde.

O Inter viria a bater a Roma na final, com 2-0 em Milão e 0-1 em Roma.

2004/05



Sob a batuta de José Peseiro, o Sporting viveu em 2004-05 a sua temporada mais gloriosa na Taça UEFA, tendo baqueado apenas nos últimos 45' da competição. O dia 18 de Maio de 2005 foi certamente um dos momentos mais alegres e simultaneamente mais tristes para todos os Sportinguistas.

Foi uma edição especial a de 2004/05, com a estreia de um novo formato, que incluia uma fase de grupos e a entrada a meio da prova de equipas que transitaram da Liga dos Campeões e com a final a ser disputada em Lisboa no novo Estádio de Alvalade.

Tudo começou na pré-eliminatória com o Rapid de Viena, uns austriacos até aí de má memória para o Sporting. 2-0 em Alvalade com golos de Tinga (60 M) e Liedson (85M) e 0-0 em Viena, chegaram para que o Sporting, que teve um início de temporada periclitante passasse à fase de grupos.

Ainda em vigor hoje em dia, a fase de grupos da Taça UEFA, tem um formato algo bizarro. 8 grupos de 5 equipas, apuram 24 equipas, a que se juntam 8 da Champions, para os 16avos-de-final. Nestes grupos, as 5 equipas jogam todas entre si, mas apenas uma vez. A carreira dos leões na fase de grupos, começou em Alvalade, frente aos gregos do Panionos, que os leões não tiveram dificuldades em bater. Custódio aos 5 minutos inaugurou o marcador e aos 35 Marcora restabeleceu a igualdade, com Douala (38M), Leidson (78M) e Hugo Viana (80M) a fazerem os 3 golos que permitiram ao Sporting chegar aos 4-1.

Em Tiblissi na 3ª jornada da fase de grupos (Sporting isento na 1ª), os leões venceram o Dinamo local por 4-0. A figura do jogo foi Liedson que apontou os 3 primeiros tentos aos 5, 28 e 59 minutos, sobre o apito final, Chichveishvili apontou um auto-golo que fechou o marcador.

Com estes 2 resultados o Sporting estava praticamente apurado, restava discutir a classificação com Sochaux e Newcastle. Em Alvalade e contra os franceses, o Sporting realizou uma má exibição e perdeu por 1-0 com um golo de Lonfat, aos 2 minutos.

15 dias depois em Newcastle, o Sporting apesar de ter sofrido o 1-0 logo aos 4 minutos por Bellamy, acabou por empatar com um golo de Custódio aos 39' e selou aí o apuramento, tendo contudo terminado o grupo em 3º lugar, o último que garantia acesso à fase seguinte.

A fase a eliminar, começou com o Feyenoord a tocar em sorte ao Sporting. Os holandeses, treinados por Gullit, viram João Moutinho estrear-se com a camisola verde branca em Alvalade, onde o Sporting venceu por 2-1. O jogo nem começou bem, com os holandeses a inaugurarem o marcador aos 7' por Goor. No entanto, Custódio aos 22 e Liedson aos 37 selaram uma vitória, que foi ainda mais saborosa, já que os leões jogaram metade da 2ª parte com 10, por expulsão precisamente de Custódio.

Na 2ª mão e de regresso ao De Kuip, os leões venceram de novo por 2-1, realizando uma exibição magistral. Liedson aos 61 e Rochemback aos 82 gelaram um estádio cheio de holandeses que mostraram muito mau perder. A partida esteve mesmo interrompida após o 1º golo leonino, devido ao arremesso de objectos das bancadas para o relvado. Hofs aos 88' foi o autor do golo solitário do Feyenoord.

Nos oitavos de final o Sporting defrontou o Middlsbrough. Na 1ª mão, disputada em solo britânico, mais uma grande exibição. Os leões chegaram a estar a ganhar 3-0 com golos de Barbosa (48M), Liedson (53M) e Douala (65M), mas 10 minutos finais em que a equipa se desconcentrou permitiram aos ingleses por Job (79M) e Riggott (86M) reduzir para 2-3.

Em Alvalade e com a eliminatória na mão, o Sporting geriu uma partida morna e venceu por 1-0 com o golo solitário a surgir no último minuto por Pedro Barbosa.

Nos quartos-de-final surgiu no caminho do Sporting aquela que era uma das mais cotadas equipas em prova. De novo o Newcastle. Treinados por Graeme Souness, os ingleses, venceram a 1ª mão por 1-0 e traziam uma vantagem preciosa e chegavam a Alvalade, claramente como favoritos.

Já em final de carreira, Shearer pontificava numa equipa que a 14 de Abril visitou Alvalade. E nesse dia, houve magia! Começou tudo mal, além da ausência de Liedson por castigo, Dyer aos 19 minutos fez um golo que colocava praticamente os ingleses nas meias-finais e nem o golo de Niculae aos 40' preparava os Sportinguistas para o que se seguiria nos segundos 45 minutos. Uma exibição magistral e 3 golos que surgiram naturalmente face ao dominio e à exibição segura que os leões realizaram. Sá Pinto aos 70' e Beto aos 77' fizeram os 2 golos que permitiram ao Sporting colocar-se em vantagem na eliminatória. A vitória ficaria selada com mais um golo, da autoria de Rochemback e assim, o Sporting atingia as meias-finais da UEFA pela 2ª vez na sua história.

E aí mais uma equipa holandesa, o supreendente AZ Alkmaar de Co Adriaanse. Em Alvalade Landzaat, abriu o activo numa eliminatória onde o Sporting era favorito. Douala (37M) e Pinilla (80M), este último um golão, permitiram ao Sporting deslocar-se a um vergonhoso Alkmaarder Hout, que felizmente já não existe...

E a 2ª mão dessa mai-final, foi talvez o jogo mais épico de toda a história do Sporting nas competições europeias. Os holandeses entraram a todo o gás, talvez inspirados por um arrogante Adriaanse, que garantira aos seus adeptos a vitória na eliminatória e chegaram à vantagem logo aos 5 minutos, por intremédio de Perez. No entanto, os leões assentaram o seu jogo e Liedson em cima do intervalo fez o 1-1. A 2ª parte foi morna e dominada pelo Sporting, mas aos 78' num lance fortuito, Huysegems fez o 2-1 e levou o jogo para prolongamento. Aí, os holandeses empolgaram-se a chegaram aos 3-1 a 12 minutos do final. E foi preciso esperar pelo último minuto do jogo, para que os Sportinguistas assistissem a um momento que nunca ninguém irá esquecer. Rodrigo Tello apontou um canto do lado direito e Miguel Garcia com um cabeceamento certeiro, fez o golo que levou os leões para a final.

E aí foi a história que todos conhecemos. O Sporting chegou ao intervalo a ganhar com um golo apontado por Rogério (29M), mas na 2ª parte, uma equipa do CSKA, que viveu os meses de Abril e Maio para a Taça UEFA, tendo adiado sucessivas partidas do seu campeonato, mostrou superioridade física e virou para 3-1 por Berezutskiy (56M), Zhirkov (65M) e Wagner Love (74M).

E pronto, foi assim! Por três vezes o Sporting chegou aos quartos-de-final da Taça UEFA. Na primeira por aí ficou, na segunda avançou até às meias e na 3ª chegou à final. Este ano como será?

Esta pequena resenha não seria possível sem o livro "50 Anos a rugir na Europa - As mil e uma histórias europeias do Sporting" nem sem o site da UEFA (http://www.uefa.com/). Um agradecimento especial ao The Wall! Ele sabe porquê!

Eta treinador ressabiado!!!

Ao menos o gajo podia ter-se informado um pouco melhor! João Moutinho tem 21 anos e se há equipas com que nos damos bem são as britânicas! A estatística fala por si!

Sporting
Bolton atribui favoritismo ao Rangers
Archie Knox, elemento da equipa técnica do Bolton e antigo treinador adjunto do Rangers, não tem dúvidas em afirmar que a equipa escocesa é favorita na eliminatória dos quartos-de-final da Taça UEFA com o Sporting, tendo pela frente «uma boa oportunidade» para seguir para as meias-finais.




«Fomos infelizes na eliminatória, especialmente no jogo em casa, em que podíamos ter construído vantagem de três golos ao intervalo. O sorteio foi favorável ao Rangers, penso que não restam grandes dúvidas em relação a isso. Têm uma boa oportunidade de seguir em frente», afirmou Archie Knox.

«O Sporting gosta de ter tempo para trocar a bola e os seus jogadores não gostam de ser pressionados. São fortes na defesa mas não conseguiram travar o Kevin Davies, o que nos permitiu criar algumas oportunidades. Não têm tido bons resultados nos jogos fora, tanto no campeonato como na Europa, e fazem o seu trabalho a jogar em casa», argumentou, alertando para a juventude do plantel leonino: «O capitão, João Moutinho, tem apenas 19 anos. Há muitos jogadores inexperientes na equipa. Se houver um bom ambiente no Ibrox, na primeira mão, eles podem tremer porque não gostam do estilo de jogo britânico».

Cá e lá

Pois é. O Benfica já estava fora da Europa há algum tempo, só que alguns ainda não sabiam. E assim teve que se inferiorizar perante mais uma equipa europeia do meio para baixo da tabela enfardando cá e lá. Bom, antes sair assim do que com o número mágico (aquele que o Benny Mccarthy escolheu em homenagem), como já aconteceu em Espanha com uma equipa que já não pertence ao primeiro escalão. Quanto ao Sporting o objectivo (primário) está cumprido - os quartos de final - o que vier agora é lucro. É pena que não tenha calhado o Getafe para vingarmos o Benfica, mas agora que é a única equipa da Europa em quatro frentes (enquanto o campeonato é mateticamente possível é claro*) Portugal estará todo a torcer pelo Sporting frente ao Rangers. É uma equipa acessível, dentro das que estavam no sorteio. Todos pelo Sporting: Portugal, Portugal, Portugal!

* - existem dois colegas bloguistas que veêm na posição da tabela do Benfica em relação ao Sporting um feito de maior valia em termos desportivos esta época, dando lugar a um singular regozijo, como é visível nos seus posts e comentários.

Glasgow Rangers



Rangers FC (SCO) X Sporting Clube de Portugal (POR) - Dia 3 Abril

Sporting Clube de Portugal (POR) X Rangers FC (SCO) - Dia 10 Abril
bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique... bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique... bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique...bayern munique

quinta-feira, 13 de março de 2008

É este!!



Exmo. Senhor Presidente demagogo:
Ainda com os olhos cheios da areia que V. Ex.ª e os Dignissimos interino e capitão de equipa tiveram a ousadia de atirar no fim do jogo, venho informa-lo que é este gajo que quero no leme do cacilheiro da Luz. Alberto Malesani.

Além de ter estado 12 anos na Holanda a estudar a teoria de Rinus Michels sobre o "futebol total", o qual contrasta com o "futebol nulo" que temos vindo a praticar, é maluco dos cornos.
E com a mesma facilidade que dá punhadas na secretária, vejo-o a aplicar gloriosas marradas com as cabeças dos jogadores nos azulejos do balneário. Não se pode pedir mais a um treinador.

quarta-feira, 12 de março de 2008

O circo da Luz

É com estes anormais e outros que tal que pensa que o Benfica vai fazer melhor figura?
Tenha coragem e pudor nessas orelhas e marque eleições JÁ!!

terça-feira, 11 de março de 2008

A melhor (academia) do mundo

O Bengas disse e (porque) é um facto. Histórico. Não é nenhum estudo encomendado da France Football.A par do Ajax, a Academia do Sporting tem o recorde de 10 jogadores numa taça do Mundo, a última. Está referido pela reportagem da BBC já aqui partilhada (vide Academias de Futebol de Fevereiro).

In Chalana we trust

Mestre Chalana, venho por este meio desejar-lhe toda a sorte que merece.
Tem à sua disposição o melhor plantel Benfiquista dos últimos 10 anos.
Vai jogar contra o Estrela da Amadora espanhol, e ainda por cima fora.
Tem ao seu lado o Shéu para lhe dar uma mãozinha...ou meia.
Basta não colocar o Luís Filipe a jogar para ter desde já todo o meu apreço.

Sem pretensiosismo...e sem razão

"Ninguém disse que somos os melhores do mundo ou vamos ser, mas tens razão: na formação somos mesmo os melhores do mundo! Digo isto sem qualquer pretensiosismo!" - Bengas, 22 de Fevereiro de 2008, pelas 10:42

Na altura pareceu-me algo desmedida esta afirmação, uma vez que nada a sustentava.
Afinal, se aplicarmos alguns critérios, veremos que o Sporting é, com certeza, um dos melhores, mas nunca há-de ser o melhor em coisa alguma:

"Um estudo das universidades de Neuchâtel e Franche-Comté, encomendado pela France Football demonstrou que o clube com melhor formação a nível europeu é o Real Madrid. Baseando-se em dados recolhidos, os investigadores revelam que o campeão espanhol é o emblema que mais jogadores exporta para as primeiras divisões do continente.

No total, há 44 jogadores que passaram pelas escolas merengues a actuar nas principais ligas europeias, e não foram contabilizados os casos de Esteban Cambiasso (Inter), que chegou a Espanha com 16 anos, Urzaiz (Ajax, ex-Ath. Bilbao) ou Raúl Bravo (Olympiakos).

O estudo não refere a percentagem de êxito dos futebolistas quando chegam à equipa principal, e também não garante que haja uma nova geração como a Quinta del Buitre, que, nos anos 80, deu à luz jogadores como Emilio Butragueño, Manolo Sanchís, Michel, Martín Vázquez e Miguel Pardeza: o clube venceu duas Taças UEFA e cinco campeonatos consecutivos.

No entanto, o relatório daquelas universidades cinge-se a uma base científica para justificar que o Real Madrid é um «formador» universal, dando como exemplo os veteranos Santiago Cañizares (Valência) e Belenguer (Getafe).

De resto, das 20 equipas da liga espanhola, só há três clubes que não têm jogadores formados nas escolas do Real Madrid: são o Levante, o Ath. Bilbao e o Sevilha."

Contamos sempre com a grande bocarra verde para arrotar postas de pescada em barda

A pita Dourada

Ana Paula, a árbitra suspensa no Brasil.

video

segunda-feira, 10 de março de 2008

Mestre Rui Santos vs Mestre Alves

O Dr. é que sabe! Rui Santos vê as coisas depois delas acontecerem... e acerta! O Mestre Alves... nem sempre!

Uma ajuda para contar os minutos que faltam

2ª Vergonha

Está montado o espectaculo de todos os espectaculos!

São 20,40h e finalmente o jornal da noite da SIC, muda o tema que durante 40 min. preencheu todas as atenções!
A demissão do treinador do S.L. Benfica.

Além das excelentes entrevistas dadas por Benfiquistas que passavam pelas Ruas de Lisboa, tambem tivemos direito à analise do Dr. Rui Santos. hmmm... é tão bom...

Ficam aqui alguns momentos que achei deliciosos:

1 - "O abraço da morte" Titulo atribuido por Dr. Rui Santos a quando do abraço entre Rui Costa e Camacho após um recente exito encarnado. Segundo o especialista, este abraço já era a despedida de Rui Costa a Camacho.

2 - "Os próprios adeptos leoninos estão conformados" segundo o mestre alem do treinador, e presidente tambem os adeptos estão conformados com a prestação do Sporting. Eu realmente nao tinha a certeza dos meus sentimentos.. mas agora sei que sim estou conformado com a minha equipa! Boa Rui, obrigado.

3 - "O benfica precisa de um treinador como José Mourinho" hmm.. será que Sporting não? hmm.. e o Belenenses? ...e o Maritimo? hmm....e o Braga? se calhar só mesmo o Benfica... mais outra visão profunda do mestre! Por acaso nao tinha pensado nisso... Boa, e + uma vez obrigado Rui.

E é assim o estado nacional após mais uma jornada futebolistica..

Talvez seja por estas e por outras, que surgem determinadas coisas e determinados gajos. hmm.. vá vá.. voces sabem do que eu estou a falar...voces sabem o que é e quem são..

domingo, 9 de março de 2008

Vai-te embora porra!!!


Faltam 8 jornadas para o fim da Liga, estamos em 5º (6º se o Belém amanhã ganhar!). O Benfica que não joga um traque, leva 6 pontos de avanço; o Guimarães que veio da 2ª Liga, 4; o Setúbal que não tem dinhero para mandar cantar um cego 3!
Todos eles têm vantagem no confronto directo connosco!
O Belém passa-nos se ganhar amanhã e o Braga que esteve 10 jogos sem ganhar está a 3 pontos!!!!
Isto é uma vergonha!
És um gajo porreiro, ganhaste um campeonato de juniores, uma taça de Portugal, a malta agradece-te, mas já chega, porra!!!
O que mais vai ser preciso?
Vá, vou fazer refresh na página da Bola e quero ver, que seguiste o camonho do Camacho e que já posso por um inquérito igual ao que o Caneleiras pôs ainda agora aqui ao lado... vá, vá lá... F5... F5...

45 minutos

Paulo, tens 45 minutos, para que eu não deseje que sigas o caminho deste gajo:


sexta-feira, 7 de março de 2008

O rescaldo do derby

Factos:
O Benfica foi inferior.
O Benfica chegou ao golo através de lance de bola parada inexistente.
Um penalty sobre Vukcevic escamoteado permitiu ao Benfica empatar.
in http://www.ojogo.pt/23-376/artigo695302.asp:
"Árbitro
A dança dos critérios
À semelhança do que havia sucedido com Pedro Henriques no dérbi da Luz*, Paraty optou por não assinalar a marca dos penáltis. Ficou pelo menos um claríssimo por marcar: derrube de Léo a Vukcevic na área de rigor, aos 60'. Além disso, teve dois critérios: do "deixa jogar" à inglesa, da primeira parte, sem qualquer admoestação, com grande tolerância, a outro em que faltas "normais" passaram a ser sancionadas com cartão amarelo. Acabou por expulsar Nélson, mas perdoou a Cardozo... "
Posto isto, manda a matemática fundamental, uma das poucas verdades universais, que 3 + 3 = 6. Significa isto que só nos confrontos directos o Benfica beneficiou ilicitamente através das arbitragens da partilha de pontos e o Sporting foi prejudicado na mesma, em vez dos merecidos 6.
Ou seja, falando apenas nos confrontos directos, além de ter sido inferior e correctas as coisas, o Benfica estaria agora no 5º lugar e o Sporting em 2º.
Historicamente, entre os dois, apenas o Benfica esteve dois anos sem se qualificar para a Europa e terminou em 6º lugar, o pior de sempre. O que indicia uma falta de dignidade e certa ignorância quem comenta a classificação actual com regozijo.
Destaque ainda para a agressão de Cardozo que passou impune. Sem Paraty, viu-se o que se passou no Bordel da Luz contra o Getafe. Bordel porque este ano toda a gente vai lá f*der o Benfica e porque os jogadores do Benfica são uns verdadeiros chulos com as suas reformas douradas.
E por falar em Paraty, este homem despede-se dos derbys para ligas/campeonatos com o fantástico registo de 6 jogos em que o Benfica nunca perdeu. Porque será?
Destaque para Vuckevic que para além de um golo de belo efeito (em bola corrida!), ia marcando o segundo, sofrendo o penalty por assinalar. É a consagração do novo Balakov.
Muito engraçado o Leo quando questionado: " quem, eu??!! Mas não fui eu!..."

* - n.a.: Quando Katsouranis aparou a bola com o braço, para os de memória muito curta. Deve ser por isso que joga com pulso térmico, à basquetebolista.

quinta-feira, 6 de março de 2008

"Lucha Getafe con gallardía tus jugadores leones son"

Cá...e lá?

Devagarinho, a ver se o Cardozo percebe!

Este senhor, não é o Paulo Paraty!

1a Vergonha!

Antes da vergonha gostaria de felicitar todos os colegas bloguistas e um especial obrigado ao Cortiças pelo convite.
Tenciono ser o mais isento possível e não contem comigo para provocações mesquinhas.
ora aqui vai a minha 1ª chamada de atenção:


O jornal desportivo "Record" publica em 1ª página uma foto enorme do treinador camacho, mencionado que a equipa por ele treinada pretende dedicar ao seu tecnico uma eventual vitoria ao jogo de hoje frente ao Getaffe.
Não pondo em causa o momento dificil para Camacho, acho absurdo ficar para 2º plano o jogo do FC Porto ontem frente ao Shalke 04.

Das duas uma, ou sao tão tripeiros que nao pretendem dar relevo á derrota, ou simplesmente não tem noção do que é o interesse publico geral.

Meus senhores, ontem uma equipa Portuguesa jogou as 1/8 finais da champions league...alô.!?!

I love Bolton


É caso para dizer "Granda Neuer"







quarta-feira, 5 de março de 2008

Expandir horizontes

O que Baía fazia para consumo interno, o Helton levou para a Europa.
E aconteceu com tamanho descaramento e naturalidade que só posso pensar que é coisa deliberada e para continuar.
A área tornou-se pequena para Helton, e agora que já ultrapassou a linha ténue que a separa do resto do mundo, nada o irá parar.
Fica o desafio para tentarem imaginar por onde mais o Helton não hesitará em jogar as manápulas à redondinha.
Deixo algumas sugestões:
Helton na praia, Helton na Alameda, Helton no Lidl e Helton no club de strip.

Und Ich liebe Herr Jesus Aldo



Ich liebe Schalke


terça-feira, 4 de março de 2008

Era só para dizer...








Era só para dizer, óh fá'xavor que Milan e Celtic, acabaram de ser corridos da Champions. O primeiro sem ter conseguido marcar um golo nos oitavos e o segundo com duas derrotas! Mais uma prova da bela merda que era o grupo do Benfica!

Força Leiria

Opinei eu, ditatorialmente, que a U. Leiria ainda pontuará esta época.

Como o futebol é feito de momentos raros, que lindo seria um ponto da U. Leiria já na próxima jornada, depois de terem pontuado n'Alvalade!!

Ficam os meus votos de sucesso e que vos sejam concedida uma arbitragem imparcial para tentarem o que alguns julgam impossível.

Leiria, força aí!

Força Tiuí


Opinaram democraticamente os leitores do blog que Rodrigo "o útil" Tiuí ainda marcará um golo esta época.

Como o futebol é feito de momentos raros, que lindo seria ter o único golo de Tiuí na última jornada, depois de termos tido o único golo de Derlei na primeira!!

Ficam os meus votos de sucesso e que te sejam concedidos muitos minutos para tentares o que alguns julgam impossível.

Tiuí, força aí!

segunda-feira, 3 de março de 2008

No 5.º dos infernos


Deixei passar 24 horas à espera que fosse postado o tradicional choro lagarto, mas tal como a equipa, os adeptos andam resignados. Eu então vou tentar chorar por eles:
É um escândalo:
- Que o jogo não tivesse 5 minutos de paragem de quarto em quarto de hora, para o Simon conseguir voltar a respirar. Não viam que o homem estava cansado??
- Que o Tonel tivesse sido violentado 3 vezes pelo mesmo homem. No golo foi papado à antiga, levou uma brutal cotovelada nos queixos e anda levou uma pernada nos pitons. 3 vermelhos por mostrar ao mesmo jogador.
- Que o Léo, lá por ter sofrido uma falta instantes antes, tenha tido a lata de ir contra o Simon na área. Sabendo que o Léo é um armário e que o Simon estava cansadinho, a queda era inevitável.
- Que ainda haja quem ache que o Veloso jogou a bola com a mão na área. Foi com a bunda.
- Que o Nélson tivesse uma entrada de tal forma violenta que só com a deslocação do ar fez voar o Celsiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinho. Devia ser "radiado"!
- Que o Sporting, no único jogo nos últimos meses que tentou verdadeiramente ganhar, tenha sido expoliado;
- Que o Paulo Bento, depois de 90 minutos a debitar palavras feias, tenha vindo com o lindo trocadilho de que "para ty e para mim está a acabar". Sim, Paulinho, sabemos que para ti também está a acabar.

Benficagufa

A sorte do Benfica em termos de sorteio, veio mais uma vez ao de cima.
1.º - Vai jogar fora. Sabe-se que o Benfica faz melhores resultados fora do que em casa;
2.º - Dos adversários que nos podiam sair, calhou-nos o aparentemente mais fácil, uma vez que dos três é o pior classificado.
Foi mesmo porreiro, pá!!!
Pesquisa personalizada