domingo, 25 de abril de 2010

Campeões!


E não é que o Caneleiras tinha razão? Parabéns (sinceros) ao Campeão Europeu.
E só o Benfica é que nos podia proporcionar esta imagem*
* - refiro-me à labreguice, não ao facto de se tratar uma imagem de campeões europeus (de Futsal)

11 comentários:

ana disse...

Par... aaaargh, não consigo. Sou facciosa, decididamente.

low desert puke disse...

duas palavras apenas:

enfermidade mental

ana disse...

duas palavras apenas:

deslarga-me pá!

editor69 disse...

Tu então deves de ser um trendy...muito à frente deves!

low desert puke disse...

Deves ter a mania, chavala.

Estava a comentar o post.

ana disse...

Tenho, contigo tenho. A mania da perseguição... neste caso, peço desculpa. Pensei mesmo que era comigo. Isto já aqui estava há tanto tempo... Coincidência comentares logo a seguir a mim... Pronto, não se fala mais nisso...

redlady disse...

Ao menos nós os Benfiquistas não recebemos os adversários á pedrada!!!!A dor de cotovelo é lixada!!!!!Ontem foi inaugurada em Leiria a A28!!!!!

Valdemar disse...

Redlady,

olha que nos confrontos violentos entre claques, o benfas leva vantagem.

Não sei se tens idade para te recordares de um very-light que tirou a vida a um adepto, por acaso do sporting.

É contabilidade que interessa pouco.

Tem vergonha e cala-te.

Ou fala antes de futebol.

low desert puke disse...

O benfas leva vantagem mas é apenas em territòrio nacional...talvez...parece-me que os SD sao pentacampeoes também nisso, mas caguei.

Agora a nìvel internacional, o que se viu quando o Atlético veio cà foi bastante pesado.

redlady disse...

Valdemar
Isso foi um acidente! Não se esqueça que o zbording ganhou o campeonato de júniores á pedrada!!! E se quiserem falar de labregos comecem pelo vosso presidente que até pode ser um tio de Cascais, mas consegue ser mais labrego que uma peixeira! E se estão preocupado com a imagem que passamos de Portugal deviam ter pensado nisso quando atacaram os autocarros das claques do Atlético á pedrada! E já agora mande calar as pessoas da sua família ok?

Valdemar disse...

Um acidente?

O very-light?? O da final de taça da época 95/96????

Como pareces uma moça nova, antes de mais, dar-te as boas vindas educadas ao blog, que não é meu, mas do qual fiz a minha casa, juntamente com mais um par deles.

Depois esclarecer o incidente em questão.

Como deves desconfiar, ou facilmente acreditarás, em todos os clubes, como em todo o lado por onde passa a actividade humana, há energúmenos. No Sporting, no Benfica, no Porto, no Cascalheira. (À excepção de um clube de futebol só de padres, que já não me recorda qual, onde nunca viram um cartão amarelo.)

Assim, não és obrigada a defender as acções de um ou vários energúmenos, que por acaso, e infelizmente, é ou são adeptos do Benfica, apenas por o serem, independentemente das acções menos recomendáveis. Assim como eu não te censuro a ti, ali ao compadre low, ou a qualquer outro Benfiquista, pelas acções de um criminoso nessa final de taça de Portugal, que recordo bem.

E passo a contar-te.

A festa estava bonita, no estádio Nacional.

O Porto tinha ganho o Campeonato, e como não havia taça da liga, o Sporting e o Benfica, com boas equipas, estavam reduzidos a lutar pela taça rainha das competições nacionais.

No Benfica, João Pinto, era a estrela, mas havia outros bons jogadores, Preud'homme, Helder, Valdo, Iliev, Maniche ou Paulo Bento.

No Sporting, Naybet, Marco Aurélio, Vujacic, Oceano, Carlos Xavier, Pedro Barbosa, Sá Pinto, Iordanov, Dominguez.

Apesar de haver sempre a revista antes da entrada no estádio, há sempre quem consegue levar material proibido para as bancadas.

Já antes desse very-light fatal, alguns minutos antes, tinha partido um outro da claque dos NN, no topo sul, que tinha sobrevoado todo o estádio, passado por pouco, por cima da bancada norte oposta, onde estavam os adeptos do Sporting, rebentado no exterior do estádio Nacional, causando um pequeno incêndio, rápidamente extinto.

Mas na altura dos festejos do primeiro golo do Benfica, marcado por Mauro Airez, aos 8 minutos de jogo, Hugo Inácio, autor do disparo, corrigiu a pontaria, e isso foi fatal a Rui Mendes, de 36 anos, que tinha vindo da Mealhada para ver o seu clube jogar.

O very-light cravou-se-lhe no peito, ainda aceso, perante o pânico dos que o rodeavam na bancada, impotentes para lhe salvar a vida.

Rui Mendes, morreu estúpidamente, rodeado de sangue e cachecóis verdes, nas bancadas do estádio nacional durante um jogo de bola.

Hugo Inácio foi detido cerca de mês e meio depois pela Polícia Judiciária e preso preventivamente, sendo constituído arguido juntamente com outras 13 pessoas, a maioria das quais pertencentes na altura à claque dos NN.

O tribunal procedeu a um cúmulo jurídico com outra pena que Hugo Inácio cumpria por tráfico de droga e a pena total foi elevada a cinco anos.

Encarcerado na prisão do Linhó, em Sintra, Hugo Inácio aproveitou uma visita precária para escapar em meados de 2000, estando a monte desd então.

Em conclusão, resta-me desejar que não tenhas a tentação de defender gente desta, apenas por serem do mesmo clube que tu, redlady.

Espero ter sido útil à tua informação, neste assunto, que tem pouco a ver com futebol.

Abraço.

Pesquisa personalizada