sexta-feira, 9 de abril de 2010

FAB FOUR DE LIVERPOOL


Então não é que o Caneleiras tinha razão? O Benfica foi a Liverpool e levou com os Fab Four!

20 comentários:

Sérgio_alj disse...

Prefiro os Fab Seven:

http://i.telegraph.co.uk/telegraph/multimedia/archive/01364/scoreboard_1364023c.jpg

Ottl, Sosa, Breno, Muller, Lell? Who the fuck are these guys?

E quem não se lembra do trio Bendtner (que já tinha fdd o Bruno Alves no Dinamarca-Portugal), Nasri e Ebuoé?

@leo@ disse...

"Marra vitelo, marra no vermelho!"

Muahahaha

Valdemar disse...

A dura realidade...

Bem vindo, Sérgio.

low desert puke disse...

Muito pouco a ver, Valdemar.

Valdemar disse...

Continuamos na estratosfera, low?

low desert puke disse...

Perder um jogo em Anfield nao retira absolutamente nada ao valor e qualidade que esta equipa jà apresentou esta época e, irà continuar a apresentar, Valdemar.

Valdemar disse...

Sim, eu sei.

A do Peseiro também jogava futebol comó caraças...

low desert puke disse...

Mas tantas e tantas vezes vi eu e vimos todos nòs, que a tàctica era composta somente por bombear bolas para a cabeça do cocainòmano voador. Muitas vezes de apenas 5 metros para là da linha de meio campo, mas bem encostados à linha lateral.
Foi um novo conceito de cruzamento à linha que o Peseiro deixou como marca do seu futebol.

Algo que este Benfica nao faz. Faz sim, muitos mais kilòmetros por jogo, mas isso agora nao interessa nada. O que interessa é o cataclismo de terça-feira.

Valdemar disse...

E o Benfas campeão do Trapp só de livres.

Pouco importa, tens razão.

Vá, diz lá o que estás mortinho por dizer.

A frase do Mourinho, acerca de facturas.

Vá...

@leo@ disse...

Low, dizes tu que percebes de bola???
Queres tu me dizer que a equipa do Peseiro era só chuto para a frente???

low desert puke disse...

Leo, "tantas vezes" nao é sempre. E existem muitos videos de muitos desses golos no youtube que confirmam aquilo que digo. Se esse sporting fez 50 jogos nessa época, 10 ou 12 ganharam por golos com bolas bombeadas dessa maneira. Se eu me lembro, tu e qualquer sportinguista que se preze lembrar-se-à ainda melhor. Classificar toda essa época de "chuto para a frente" é baixo e mesquinho. E tu sabes que quando reconheço as coisas, faço-o e pronto. Para que fiques mais descansado, nao, eu nao acho que o sporting tenha ganho o que ganhou nessa época usando esse tipo de futebol. Sobre o facto de eu perceber de bola és tu que o dizes, mas disfarço bem, nao achas?

Quanto aos livres do Trap, amigo Valdemar, sim. Muitos jogos ganhàmos assim. Mas nem eu, nem nenhum benfiquista no seu perfeito juizo classifica essa época como tendo jogado um futebol de fino recorte artìstico. Em alguns jogos talvez, mas na maioria marcàvamos e guardàvamos o resultado. Sao assim todas as equipas do Trap. E o que estamos aqui a comparar sao épocas onde as nossas equipas tenham apresentado futebol muito acima da média. Nao foi esse o caso.

Bengas disse...

O low percebe tanto de bola que está a confundir a época do Peseiro (2005) com a do Jardel (2002)... palavras para quê!?

E eram duas equipas de futebol espectáculo. Os 0-6 que espetámos em paços, os 1-5 em Vidal Pinheiro, as inúmeras goleadas que fizemos...foi tudo a pontapé para a frente? Meu Deus! Já vi que a derrota teve sequelas!

Repórter H disse...

Estaria de acordo contigo Bengas, se isto não fosse sempre assim.

Fuinha da Bola disse...

Sérgio, o Benfica também já viu essa banda. E até foi no estádio José de Alvalade, o original.

@leo@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
@leo@ disse...

"Mas tantas e tantas vezes vi eu e vimos todos nòs"

"tantas vezes" não é sempre."

ó mestre do encontra contradições, será que aqui não uma contradição??
Se vimos todos.

Ricardo disse...

É comovente e enternecedor ver os sportinguistas a festejarem a derrota do Benfica. Já estava na altura de terem uma alegria esta época e nada melhor do que ter sido a razão do seu viver a dar-lhes esta prendinha de páscoa. Por outro lado, é capaz de não ter sido muito bom o Benfica perder ontem, tendo em conta que o próximo jogo é precisamente contra eles. Mas disso ainda não se lembraram. Aliás, a fome de ver o Benfica perder é tanta que nem o facto de isso poder vir a ser prejudicial ao próprio clube é pensado. 4-1 é um resultado familiar esta época.

Sobre o jogo, gostava de dizer muita coisa mas infelizmente não o pude ver porque estava a trabalhar. Pelo que li e vi no resumo, o Liverpool ganhou bem, aproveitando uma certa ânsia ofensiva do Benfica, quando, digo eu, não se justificava, tendo em conta que partimos para a eliminatória em vantagem. Claro que falar depois é fácil, mas não concordei, antes do jogo, com a entra do David Luiz para a esquerda. Por várias razões: porque ele faz falta no centro, porque ele fica 10 por cento do jogador que é na esquerda, porque, com a impossibilidade do Maxi jogar, ficámos com apenas um jogador habitual na defesa (Luisão) na posição original, porque abdicámos do Fábio Coentrão, que cria sempre muitos desequilíbrios e permite, porque sobre muito e bem, ao Di María encontrar posições mais centrais ou fazer diagonais perigosas e passes que rompem a defesa adversária, porque mostrou medo e desvirtuou o (bom) sistema mecanizado do Benfica. Jesus fez de Jesualdo e, claro, não deu bons frutos.

Com isto não estou a dizer que o Benfica perdeu porque mudou algumas peças. O Liverpool, por aquilo que vi, pareceu-me melhor e justo vencedor. É o Liverpool, não esqueçamos! A euforia BENFIQUISTA percebe-se, pela boa época efectuada, mas convém não entrar na demência. Havia quem falasse numa goleada certa do Benfica em Inglaterra! Como em todos os clubes, há gente com os pés na terra e gente simplesmente... estúpida.

Agoira não duvidem: este Benfica está em crescimento europeu. O jogo de Marselha mostrou isso, a época tem mostrado isso. Para o ano, na Champions, espero que mais passos sejam dados para a recuperação real e total do nosso posto: o melhor e maior de Portugal, um dos melhores do Mundo.

Porque somos Benfica.

@leo@ disse...

Ó Ricardinho

Em resposta primeira parte do teu comentário.

Sito aqui palavras do Reporter H

"E ainda para mais, quando diz o roto ao nu:

http://obancodamexicana.blogspot.com/2009/02/devemos-ter-vergonha-na-cara-polga.html

http://obancodamexicana.blogspot.com/2009/02/e-fez-se-historia.html

http://obancodamexicana.blogspot.com/2009/03/pateticos.html

http://obancodamexicana.blogspot.com/2009/03/zwolf-wurste.html

http://obancodamexicana.blogspot.com/2009/03/e-fez-se-mesmo-historia.html

http://obancodamexicana.blogspot.com/2009/03/derrota-mais-pesada-de-sempre-na-europa.html

Parece que o Anti-Sporting também tem uns quantos adeptos... Pelo menos aqui n'O Banco! "

low desert puke disse...

Bengas, mea culpa. De facto nao sou tao bom a seguir o sporting como voces sao com o Benfica. Confiei na minha memòria mas às vezes falho.

Quanto a ti, Leo, nao sei que te diga. Quantificar o numero de vezes que se viu uma coisa, ainda que muitas pessoas tenham visto o mesmo nao aumenta o numero de vezes que essa coisa aconteceu. Exemplo, se eu vejo algo acontecer 10 vezes ou se eu vejo algo acontecer 10 vezes e outros 5 milhoes de pessoas veem precisamente também isso, nada hà a acrescentar senao o numero de testemunhas da situaçao. Mas as dez vezes em que essa coisa aconteceu mantem-se apenas dez.

E sim, "tantas vezes" é diferente de "sempre" como é diferente de "raramente" ou ainda de "na maior parte das vezes"...Nao sei se te ajudei a compreender, mas sei que sò tu apresentas tamanhas dùvidas quanto a isto.

Sérgio_alj disse...

"Sérgio, o Benfica também já viu essa banda. E até foi no estádio José de Alvalade, o original."

Benfica foi campeão? Yes sir, venham mais 7!

Pesquisa personalizada