domingo, 27 de julho de 2008

Já disse que não te quero capitão?

Não tenho pachorra para jogadores amuados. Pseudo-estrelas com 20 e poucos anos que devem tudo a um clube. Tanto mais grave quando são capitães.
Por mim, fique ou não fique, a braçadeira de capitão deve ser retirada. O João Moutinho não está à altura de usar o pano amarelo. O melhor é virem já os 25 M€ que eu já estou farto de jogadores contrariados. Se não vierem, que não seja vendido. Não devemos baixar as calcinhas para o menino amuado ficar satisfeito (para jogar no Everton??Olha para o Manuel fernandes pá!).
João Moutinho, não mereces a camisola que envergas.

7 comentários:

Repórter H disse...

Porra! Eu vinha aqui escrever exactamente isto.

A única coisa que fazia mais era colar-lhes no cacifo, a todos, uma cópia do contrato QUE CADA UM ASSINOU DE LIVRE VONTADE, com a data do fim sublinhada com um marcador florescente!

Palhaços!

Anónimo disse...

Não é uma questão de dinheiro.
A vida pessoal e familiar do Moutinho atravessa um período muito mau em que uma das soluções será a sua saída para bem longe de certa gentinha...
Já não há relações com os pais e irmãos...
Certos casamentos...

tio disse...

Tambem gostaria que o Moutinho ficasse, mas eu compreendo que queira sair.

Fico triste velo partir mas so lhe posso desejar as maiores felicidades.

Repórter H disse...

E de que forma é que esses problemas pessoais lhe dão o direito de vir para a praça pública fazer comentários de todo inaceitáveis?

Bengas disse...

Todos nós temos problemas pessoais que por vezes nos prejudicam e afectam a vida profissional. Por muitas dificuldades que ele esteja a atravessar, não tem o direito de vir para a imprensa fazer afirmações (note-se que foi ele próprio que procurou os jornalistas para falar) pressionar o Sporting a vendê-lo por números inaceitáveis. Se ele quer sair, devia tê-lo demonstrado pelo meio correcto, e não pelo que mais bule com a coesão do grupo e com a estabilidade do clube em geral. Tudo isto é agravado, de facto, pelo facto de ser capitão, o que torna tudo mais imperdoável. Quando ele assinou um contrato com uma cláusula de rescisão, nos termos em que o fez, sabia o seu alcance: se até 15 de Junho o Sporting só o venderia pelos 25M€, não o faria por menos quando já nem a isso estaria obrigado! Usar estes meios tem um nome no direito: má fé.
Concordo e também desejo que a braçadeira lhe seja retirada.

tio disse...

qdo comentei, desconhecia um factor muito importante..
o mourinho pretende sair por um valor abaixo ao da clausula.


Ora assim, esta a prejudicar o sporting para alcançar um bem proprio.

tb nao curti.

Bruno Vilarinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pesquisa personalizada