quarta-feira, 23 de julho de 2008

Mas que boa notícia?


É verdade que se acabaram as manhosisses e só por isso já é bom, mas a verdade é que não nos devemos iludir, porque aqueles que pensam que o futebol em canal aberto vai deixar de ser tratado a pontapé, está engando.

Normalmente nos jogos televisionados existem dois comentadores, que são como as duplas de palhaço rico - palhaço pobre no circo.

Neste caso, o palhaço pobre é o relatador. É o gajo que nos vai dizendo o que estamos a ver: este passa para aquele, o outro vai marcar a falta, remate de fulano ou grande defesa de beltrano (confesso que nunca percebi muito bem porque é que eles fazem isto). O palhaço rico é o comentador. É o gajo que nos explica as tácticas, as substituições e normalmente tem um léxico mais rico: "pressão alta", "transições verticais rápidas" e "cultura táctica" são algumas das expressões com que nos presenteiam a cada jogo.

Se é verdade que o palhaço rico que a TVI tinha para nós, era (e ainda é) execrável, não deixa de ser menos verdade que os palhaços pobres que a RTP tem para nos mostrar têm tendência a regionalizar muito as piadas e sinceramente ou não os percebo, ou não têm mesmo gracinha nenhuma. Quem é que no seu perfeito juizo consegue aturar o Rui Loura, o Rui Cerqueira, o Hélder Conduto ou o Carlos Daniel? E se este quarteto já é mau, quando temos que levar com o Luís Baila é que a coisa fica para lá de intragável.

Outra coisa boa é que acabam os resumos às duas da manhã, depois de 3 telenovelas e de um reality show, que normalmente de show tem pouco e de reality demais. Vamos também perder o resumo do jogo da jornada com intervalo e sete resumos pelo meio, é verdade! Outra originalidade que se perde é o facto de este programa serem na verdade 3: o dos resumos, o dos casos e o dos comentários; pouco importava que no dos resumos dessem casos e no dos comentários resumos e no dos casos se comentasse! O importante era meterem ali publicidade pelo meio para ver se conseguiam chegar ao fim sem que uma única alminha os estivesse a ver. Aqueles que não eram vencidos pelas barbaridades que se diziam, eram-no pelo cansaço.

Bom, perde-se tudo isto, é certo. Mas o que lá vem ninguém sabe e a RTP também tem a sua dose de Festivais da Canção, concursos do Malato e Dança comigo para dar até altas horas da noite!

Por isso eu pergunto: Mas que boa notícia?

PS: espero no próximo post, poder meter outra foto de uma mamalhuda... assim só naquela!

5 comentários:

Caneleiras de cortiça disse...

Se voltas a falar mal de um alentejano, não há posts com mamalhudas que te safem!

tio disse...

tudo bem, mas duvido que pior q a TVI impossível

Repórter H disse...

Pronto Caneleiras, já está tratado!

José disse...

Este post é hilariante, no mínimo! Mas a TVI é "as bad as it gets"...
A RTPn já lá tem um docinho de côco no sport!!!

filomeno2006 disse...

Rui Cerqueira, admirador de Don Alfredo di Stéfano

Pesquisa personalizada