terça-feira, 19 de agosto de 2008

Más referências

Sapunaru: «Sem falsa modéstia, sou o meu ídolo»

"Djaló antecipou-se no primeiro golo, aceitando-se que o romeno pouco pudesse fazer para o evitar, mas, depois, houve um erro tremendo a destapar fragilidades que este teste a sério tornou evidentes. Foi Sapuranu quem ofereceu o segundo golo, fabricado por Izmailov e concluído por Djaló. Pouco se viu a atacar"

Se continuares a jogar assim, o Luís Filipe vai passar a ser o teu ídolo e tu vais passar a ser o meu. Força aí, Sapo Naru

2 comentários:

EntradàVirilha disse...

Excelente post! O que eu me ri no estádio quando vi o sapo a evitar toda a gente para poder entregar a bola ao Djaló.

Este gajo faz-me lembrar um jogador que jogou(?) no Sporting há vários anos. Esse então dizia que era melhor que o Maldini

Bengas disse...

Entradávirilha: também me lembrei desse personagem, o saudoso Balajic! Jogou, de facto, mas penso que só para a taça.

Pesquisa personalizada