sexta-feira, 23 de julho de 2010

Mais fruta podre??



Cheira-me a mais um desfecho menos digno...

Ora vejamos, aqui o moço (o Marat) há um ano(mais coisa menos coisa) teve a ousadia (parvoíce) de dizer que não recebia ordenado enquanto não jogasse. Estava lesionado e estava grato ao clube por o ajudar na recuperação ,pelo qual, abdicava de receber a guita ao fim do mês. Nobre!! (ouviste Mantorras?)
Pois bem, os quadrantes leoninos em peso (não , não é provocação ao Miguel e ao Caniche...e antes que se queixem de ser um post anti...Sidnei já se perdia uns quilitos não?) rapidamente se levantaram e bradaram aos céus por este ¨amor à causa¨.
Passados uns mesitos eis que a situação se repete. O rapaz não jogou ,e a direcção pimba, toca de lhe sacar o ordenado. Coerência!! De que se queixa o miúdo?
Mas, ficava bem à direcção deixar passar a situação, tipo... call it even ( em homenagem ao emigrante Fuinha ).

Com isto o Sporting Clube do Portu..gal, arrisca-se a mais um processo de lavagem de roupa suja interna que culminará em nada de benéfico.
A menos que já esteja na forja uma troca com o Tomás Costa ou o Ukra

15 comentários:

Repórter H disse...

O Tomás Costa! Feito!!!

Valdemar disse...

O Costinha anda há mais de meia época a tentar livrar-se do Russo.

Quer-me parecer que deve ser por causa do lindo estado em que estão os joelhos do Izma.

Mas aparecem sempre umas notícias nos pasquins a dificultar a coisa, ou avisando para a saída eminente de "um grande profissional", para a operaçao de venda parecer um tiro no pé, ou na eminência da saída para o Porto.

Eu acho que era bem vendido. Mesmo louvando o profissionalismo do atleta, acho que aquelas articulações já perdem em comparação com as do Mantorras...

Ou então, mete-se-lhe uma palmilha, vende-se ao Benfica, e ele aparece na capa do pasquim agarrado a uma taça da liga ganha a tiros de caçadeira a dizer que o Rui Costa é o melhor director desportivo ao qual já teve a honra de fazer um bobó.

Para mim, assim como está, não vale meio Valdés ou um quarto de Salomão.

Jengábola disse...

Realmente mais uma triste história dos lagartos. Não tenho especial interesse no que fazem ou deixam de fazer com o vosso plantel, mas ficaria preocupado com as constantes histórias Costinha vs Plantel.

Cada vez que as coisas parecem calmas e no bom caminho para o vosso clube, lá vem o classico tiro no pé...

Valdemar disse...

Não considero tiro no pé, despachar um jogador que tem um joelho dificilmente recuperável.

Considero tiro vindo de fora, as notícias que aparecem constantemente nos pasquins acerca disso.

low desert puke disse...

Como num dos meus ultimos comentàrios, gostaria de ver explicada essa vossa teoria sportinguista.

Se percebi bem, quando é o Benfica serao "tiros de dentro para fora", porque ao que parece a gente manda naquela merda toda.

Quando é o sporting, sao "tiros de fora para dentro" que é para desestabilizar.

Em situaçoes absolutamente iguais.

O compadre Valdemar que explicar a dicotomia?

ana disse...

O Izmailov não é fruta podre. Está tocado. Mas é perfeitamente aproveitável. A multa é exagerada. Mas não acho que se deva arquivar o processo, como o totó do sindicato sugere. O problema não será apenas o ter-se recusado a jogar mas sim o ter-se ausentado do País sem autorização. Concordo com a multa, não com o volume da mesma.
E o Mantorras, já sabem do Mantorras?

low desert puke disse...

O Mantorras està a fazer uma recuperaçao ao menisco à base de 14 horas diàrias de kizomba. Poderiam reabilitar o Marat mas com danças cossacas.

Se o que o Valdemar diz é verdade, que o Costinha sò quer livrar-se do russo, nao é curioso que o Costinha em quase tres anos na Atalanta tenha feito menos de um jogo precisamente porque tinha um joelho a menos? E, como alguns se lembram porque eu contei isso aqui hà uns meses, sòcios e direcçao do clube - sem dinheiro e com o fantasma da segunda divisao a massacra-los todos os dias, pediam ao Costinha com os joelhos por terra para deixar o clube porque 80 mil euros por mes na conta dele estavam a afundar a Atalanta. Ao que ele respondia que "se quiserem que eu saia entao paguem a indemnizaçao." Mas como nenhum clube o queria ele sò treinava em dias e horàrios que o relvado jà estivesse à sombra, com um sorriso de desdém nos làbios, porque sentido de profissionalismo é isto.

As voltas que a vida dà nao é?

SCP - Sporting Clube de (vergonhosos)Paradoxos

mitaka disse...

Claro este costinha deu bem o exemplo,mas 1 que esta fruta podre esta em marcha mais um negocio aberrante,velouso por troca de 7 milhoes e um Sapateiro!

http://vivesporting.blogspot.com/

ana disse...

é, puke. o teu clube, então, é um poço de virtudes, negócios bem feitos e situações bem resolvidas. A começar no mantorras-correio, passando pelo Balboa, pela compra por preços a duplicar de guarda-redes frangueiros (lavagem de dinheiro), favores de ministros, de autarquias...
Devias estar caladinho antes de desdenhares tudo o que é feito no Sporting. Está calado, pá! tá calado!

Ricardo disse...

Onde quer que ele acabe, no Sporting ou noutro clube, gostava que se recuperasse totalmente. Marat Izmailov é um excelente jogador de futebol.

Valdemar disse...

low,

os jornaleiros estão ao serviço deles próprios. Querem é vender papel com letras.

Se venderem mais papel a fazer bobós aos vermelhos, é por aí que vão.

Se venderem mais a dizer que vem aí o pavlyuchenko, é isso que dizem.

Eles querem é vender papel de embrulhar castanhas.

Assim que apareceu um jogador do Benfica a falhar, isso foi bem escapelizado, no caso, o Roberto.

Se amanhã, o que vender mais papel de forrar sapatos, for o bom momento do Sporting, eles falam disso, com o respectivo bobó à massa verde e branca.

O que eles querem sei eu e andamos todos ao mesmo, como diz o gajo da linhaavancada.

Isso do joelho do Costinha a ganhar umas massas, é um caso bem documentado por um moutro camarada que aqui não escreve há uns meses. Mas eu disse na altura, quando se contrata um palhaço, tem que se fazer conta aos meses em que lhe vamos ter que pagar ordenado.

Não adianta choramingar que ele seja porreiro e vá chular o bago para outro lado.

Agora vender a outros incautos, já é um assunto difetente.

Confesso que pensei que fosse o caso do Carlos Martins. Que o tivéssemos mandado sorver umas massas aí aos camaradas do Benfica. Afinal, ele ainda faz uns jogos de vez em quando.

Antes assim, e que se faça jogador para a selecção, como um dia chegou a prometer.

E esperemos que o Izmailov também. Ou no Sporting ou noutro lado, por troca com uns largos dólares.

P.S.: A palavra de verifcação foi nonrobe.

TOP LEÃO disse...

Visitem, ajudem-nos a fazer do Conselho Leonino mais um espaço de qualidade para todos os Sportinguistas.

Sem vocês leões leitores não faz sentido o nosso trabalho.

Obrigado e grande abraço.

http://conselholeonino.blogspot.com

Valdemar disse...

Deixa lá ir ver isso...

MHumberto disse...

Por muito que a realidade magoe, e dever de qualquer desportista de bem dissemina-la:

Retrato de um lampiao:
http://sporting74.blogspot.com/2010/07/retrato-dum-lampiao.html

E o retrato de varios lampioes:
http://sporting74.blogspot.com/2010/07/isto-e-chocante.html

Sobre o 2o link sublinho que o chocante nao e o comportamento do sujeito filmado mas sim a troca e chacota de que e alvo pelas pessoas em volta.

Ser-se benfiquista e ser-se de facto muito triste. Reles.

low desert puke disse...

Sobre o segundo link, nunca bebeste uns copos concerteza.

Sobre o primeiro link, triste e reles é o facto que essa foto ter sido tirada em Nàpoles, pois existe là uma espécie de festival onde o pessoal mete ao peito as maiores cruzes ou nossas senhoras para ganhar nao sei o que. Portanto usar isso e propagandeà-lo como um adepto benfiquista é nao sò falso e mesquinho, mas também resultado de uma tamanha frustraçao que faz com que certos sportinguistas actuem como simples paralizados mentais. Repetidamente.

Desviando o assunto para a contradiçao e paradoxo, espanta-me como é que a ana ainda nao te veio jogar à cara algo como "o que é que isso tem a ver com o post".

PS: O teu maior falhanço, no entanto, é quereres tu fazer-te passar por um "qualquer desportista de bem".

Pesquisa personalizada