sábado, 23 de fevereiro de 2008

Fomos Benfica I - Pepa

Lagartos cagões!!! Só porque têm uma Academia que a cada 10 anos produz o jogador português da década, que chega a ser nomeado para melhor jogador do mundo e que às vezes até ganha. Só porque alimentam meia selecção e produzem jogadores que pertencem a alguns dos maiores clubes do mundo. Só porque conseguem ter sistematicamente 4 a 5 jogadores da formação na equipa principal. Só porque mesmo aqueles que saem de lá e que não têm tanto talento conseguem carreiras dignas, pensam que isso é alguma coisa de especial?

Ide para o caralho!

Sem tanto mediatismo há quem consiga fazer um trabalho igualmente meritório! É verdade que nem sempre (para dizer a verdade é mais NUNCA) conseguem "produzir" jogadores de topo a nível mundial, mas o que é facto é que a outrora academia Media Markt/2ª circular, hoje em dia Caixa de Futebol Campus (ou lá como é que raio se chama), tem também obtido resultados bastante meritórios!

Como quase 100% dos jornalistas desportivos é lagartagem do mais rasca que existe e que só faz publicidade à Academia verde, chegou a altura de aqui no Banco, alguém erguer a voz e começar a mostrar ao mundo os talentos que o Glorioso produziu nos últimos anos!

Comecemos por: Pepa!

Avançado de elevada estatura, chegou ao Benfica na gloriosa época de 1998/99. Dono de um pé esquerdo de ouro, era destro e talvez por isso nunca tenha chegado ao estrelato internacional. A jogar de cabeça era um senhor e ainda hoje nas bancadas da Catedral é frequente ouvir-se quando o Nuno Gomes faz um daqueles seus cabeceamentos fantásticos "Que bela cabeçada! Parecia o Pepa!".
Depois de dois anos a escutar o "são papoilas saltitantes", deu nas vistas e como quase todos os jovens talentos portugueses emigrou. O colosso Lierse foi o seu destino e durante uma temporada, encheu de magia os relvados belgas. Rapidamente se percebeu que a Bélgica era demasiado pequena para tamanho fenómeno e qual Rui Costa, decidiu regressar ao Benfica, marejando de lágrimas os olhos de muitos lampiões que não esperavam vê-lo de novo de águia ao peito.
Mais um ano se passou e uma nova etapa nesta grande carreira: o Varzim! Logo no ano de chegada, contribuiu para que o Varzim descesse e por lá mais um ano ficou, naquela de garantir que não subiam logo a seguir como tantas vezes acontece.
Em 04/05, nova transferência. O mundo do futebol ficou pasmo quando Pepa, trocou o Varzim pelo Paços de Ferreira. Aí ficou apenas uma temporada, talvez por não ter logo descido no ano de chegada como na Póvoa, talvez porque a sua careca não tinha grande aderência para os obrigatórios bonés na capital do móvel, acabou por rumar ao Algarve e de novo à 2ª liga, ajudando o Olhanense a obter um 5º e um 9º lugar.
Foram no entanto dois anos duros. As lesões num joelho começaram a surgir e ao cabo desses 2 anos, decidiu retirar-se, deixando o futebol bem mais pobre. Depois de uma carreira tão curta quanto brilhante, certamente que Camp Nou ou o San Siro seriam as próximas etapas e não seria de estranhar se o vissemos com a Taça dos Campeões na mão um dia destes...
Mas a vida é cruel e hoje podemos encontrá-lo como treinador das camadas jovens do Sacavenense. Com 27 anos, tem tudo para ser o novo Mourinho, até porque ao contrário deste, a escola Media Markt / 2ª circular está lá!

3 comentários:

Caneleiras de cortiça disse...

pronto, pronto.
Eu admito que voces são os melhores do mundo em tudo o que quiserem. Tem a melhor academia, com a melhor localização, o melhor nome, o melhor balneário, o melhor ginásio e os melhores torniquetes.
Os charutos de quem vai a Alvalade são os mais puros, as gajas são as mais bonitas, os adeptos os mais educados do mundo e até o Paulinho é o melhor roupeiro de toda a galáxia.
Arre, que são chatos.

Fuinha da Bola disse...

A melhor academia não nós que o dizemos. Mas quem sabe um dia a Caixa de Futebol Campus consiga pôr 10 jogadores num Campeonato do Mundo. Nem que sejam todos Pepas numa espinha dorsal (outrora 1 objectivo de um ilustre antigo presidente do Benfica) de uma selecção nacional. Meio invertebrada num futuro que (felizmente) não se avizinha.

Le Loup Fou disse...

Boas

E não é que a redacção deste indivíduo me é familiar?

Gostei do blog e mandei o gajo para os bookmark, e ele, mesmo não sabendo o que isso é, foi.

Abraço

LLF

PS. Quando não tiveres mesmo mesmo nada para fazer, dá um salto em leloupfou.blogspot.com

Pesquisa personalizada