quinta-feira, 26 de junho de 2008

Um pouco mais de respeitinho pela mãe!



Filho de D. Teodósio II, sétimo Duque de Bragança e de Ana de Velasco y Girón, uma dama espanhola, D. João IV encabeçou em 1640 um movimento que terminou com o reinado dos Filipes em Portugal e restaurou a independência.

Não tivesse sido essa triste ideia e se tivesse mostrado um bocadinho mais de respeito pelos conterrâneos da sua mãe, hoje estavamos a celebrar a presença na final de mais um Euro.

E iamos ao El Corte Ingles e à Zara e comiamos fruta com orgulho.

OK, tinhamos os filmes de cowboys dobrados e o John Wayne a dizer "manitas al aire" com uma voz apaneleirada, mas nem tudo é perfeito!

5 comentários:

Caneleiras de cortiça disse...

olha, se o Führer tivesse vindo por aí abaixo também estavas na final do Euro...se bem que o Euro passaria a ser sempre um Alemanha-Itália

Repórter H disse...

E se calhar sentavas-te na bancada ao lado de umas quantas adeptas da Mamasnschafft...

Magano disse...

que nada galera! essa turma aí de bragança já sabia do penta! e da fruta do ipanema!

Repórter H disse...

Hum.... será que temos algum teteteteraneto do D. João a arbitrar jogos de futebol? Isso explicaria muitas coisas na História de Portugal.

Bengas disse...

E a neireida, penelope cruz, ines sastre... eram nossas conterr�neas... eu bem dizia: "p*#$ da padeira de aljubarrota!"

Amigo brazuca, da maneira como este povo vibra com futebol e como a nossa selec�o adopta brasileiros, se sonh�ssemos com o penta nunca ter�amos consentido a independ�ncia do Brasil!
Para n�o falar nas gajas!

Pesquisa personalizada