quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Ninguém pára o Benfica!

In Jornal de Negócios

João Carvalho
Afinal, o Rei Benfica vai nu!

Uma desgraça nunca vem só: a par com a 1ª derrota do Benfica no Campeonato foram finalmente publicadas as desastrosas contas do exercício encarnado findo em 30 Junho 2009. E desde os tempos de Vale Azevedo que o Benfica não tinha um prejuízo tão...
Uma desgraça nunca vem só: a par com a 1ª derrota do Benfica no Campeonato foram finalmente publicadas as desastrosas contas do exercício encarnado findo em 30 Junho 2009. E desde os tempos de Vale Azevedo que o Benfica não tinha um prejuízo tão colossal - 35 milhões de euros. O passivo da SAD é o maior de sempre - cerca de 179 milhões de euros - e os capitais próprios são negativos em 11 milhões de euros. Numa semana trágica, só a liderança dos clubes falidos ficou assegurada!Sejamos claros: o Benfica está em situação de falência técnica e, ao contrário do que é proclamado por uma certa imprensa subserviente, a famosa recuperação financeira é um mito e o Rei vai mesmo nu.Vai assim o Benfica, sustentado exclusivamente pela banca, verdadeira dona do Clube! As engenharias financeiras são múltiplas, engenhosas, mas inexequíveis. Temos empréstimos obrigacionistas - em Abril 2010 vence-se um de 20 milhões de euros, que obviamente vai ser integralmente renovado com o aval da banca porque o Benfica não consegue pagar; temos fundos de investimento para comprar jogadores - o que a prazo cerceia a competitividade da SAD; temos um empréstimo comercial de 40 milhões de euros realizado em Janeiro 2009 para tapar um buraco financeiro. Temos tudo isto e tudo a banca avaliza.Diminuem as receitas? Não faz mal - a banca entra com o dinheiro. Os custos com os jogadores (salários e passes) excedem os 50 milhões de euros? Não há problema - a banca adianta. A troco de quê, alguém me explica? Até quando a espiral do endividamento aguenta? Até Vieira ser campeão? E se não for este ano? Ou para o ano? Será que os accionistas dos bancos avalizadores irão permitir o prosseguimento deste caminho de insensatez?Sejamos claros de novo: o problema da gestão desastrada começa a não ser só do Benfica, mas cada vez mais da banca que o financia. E alguém acredita que as anunciadas super-receitas dos direitos televisivos, prometidas a partir de 2013, chegarão para tapar todos os buracos? Este Benfica vai mesmo nu e os seus dirigentes mais parecem aqueles jogadores de casino, desesperados, que apostam todas as fichas que lhes restam no 0. Ganharão?


P.S. A derrota em Braga foi ainda mais dolorosa porque teve o dedo do árbitro e comprovou aquilo que já todos sabíamos: para se ser dirigente do Benfica não basta ter dinheiro e para se ser treinador não basta ser milagreiro e saber de tácticas. Também é preciso algo que não se compra na mercearia - educação!Economista Ex-dirigente do Benfica.

15 comentários:

low desert puke disse...

Por qual queres começar a coçar? Pelo cotovelo esquerdo ou pelo direito?

é que se nao quiseres ser apelidado de anti-benfiquista pela milésima vez vais ter que postar uma coisa muito identica que saiu hà uns dias mas que tem a ver com o fucòlporco.

joemorales disse...

Já tinha lido isto, no Sector. Concluindo, basta vender o Di Magia pela cláusula e o buraco está tapado. Dúvidas???

joemorales disse...

"Se olharmos para as outras SAD, para as outras apresentações de resultados, esquecem-se todos dos temos "consolidação" e "sustentabilidade". O Benfica, tal como o FCPorto e o Sporting antes, apresentou agora falência técnica? Muito bem... então eu pergunto aos analistas grunhos, o que vai acontecer a essa falência técnica quando o Benfica realizar o Aumento da Capital da SAD por ocasião da inclusão da Benfica Estádio na SAD, como faz todo o sentido?

Esta situação passa a ser uma breve referência passada, pois claro!

Agora lanço outra pergunta: E os outros clubes? Além de jogos de pedradas (em AlvaLIDL) e movimentos de corrupção (no DraGAY), que opções terão eles para sair deste marasmo em que as respectivas SAD se encontram mergulhadas? NADA POIS CLARO!"

By GB

Dartacão disse...

Ui ca medo!!!Bancarrota!!!
Isto realmente...mas os meninos são deste planeta?
Mas desde quando é que um clube pode ter uma contabilidade como de uma empresa?
Obviamente o passivo existe, as dívidas existem mas é igual em todos os clubes.A questão aqui é liquidez.
Para não metermos o Benfica ao barulho,pq depois já se sabe que as opiniões ficam detorpadas, falemos do Clube do seculo, o maior clube do mundo, o Real Madrid.Algúem é anjinho a pensar que aquilo não tem um passivo gigante? Contabilisticamente falando aquilo é um desastre.No papel, aquela dita empresa é uma catastrofe.Mas como empresa claro está.A questão é que não se pode falar assim friamente.Dou um exemplo.Compraram Ronaldo,Kaká Benzema por quase 260 M. Esse é o valor deles, mas no papel em termos finaceiros não valem nem um terço.È como um carro numa empresa,quando comprado ele vale ,por exemplo, 5 M,mas a nivél finaceiro ele tem um desgaste de 1/3 por ano e ao final do 3º naõ vale nada.Nos clubes, os passes dos jogadores tem o mesmo tratamento. Mas agora alguem me vai dizer que o Ronaldo ao final de 2 anos só vale 30 M? Então mas ele não pode ser vendido por 60 M?
Falando do Sporting,sabem qto vale o Moutinho(só por exemplo)?0 Zero!Nada!No contabilistico ele não vale nada!Pq é da formação!o valor de jogadores de formação é zero!Como não houve aquisição não entra no papel!
Voltando ao Benfica e essas falências técnicas.O passivo é de 180 M.ok! se o Benfica vender todos os jogadores e todo o património? não cobre isso? Por isso são tecnicas pq na prática não está falido.Há dinheiro.
Liquidez é o que importa aos clubes.E nisso se inclui a banca.Um banco empresta a quem dá garantias e a quem paga os juros, o resto é cantigas.
No meu caso então, eu estou em hiper bancarrota,tenho uma casa e nem 25 % paguei. Paaso fome?Não. Tenho dinheiro para ir ver o Benfica? Tenho!!! Estou falido?? tecnicamente sim, na prática sou bué rico!

pitons na boca disse...

Sei que não tem tanto valor como escrever textos em holandês que não se encontram em mais lugar nenhum da net, para os outros aquilatarem da sua veracidade, mas pronto... não somos um clube "diferente".

Maradona, citado no argentino jornal Ole:

Y continuó con tres jugadores del Benfica, incluyendo al Conejito Saviola: "Están jugando bárbaro. Muy bien. Saviolita está haciendo goles. Hizo goles en todos los clubes que estuvo. Saviola es Saviola. Va a tener seguramente su oportunidad. Di María está pasando por un momento brillante. Nos está rindiendo mucho. Y de Pablito Aimar, es un jugador excepcional".

low desert puke disse...

Eymbrullen!

joemorales disse...

Dartacão, o exemplo da casa foi genial.

Bengas disse...

Dartacão: O exemplo da casa tem direitos de autor, já que eu mesmo o usei mas num contexto bem diferente ou seja, apropriado, e que claramente não é este. O problem não é ter um passivo qualquer, mas sim ter poassivos de curto prazo que apenas são amortizados com novos empréstimos com condições cada vez menos favoráveis, na esperança de que um título de campeão e uma ida à champions comecem a limpar a casa...A "pequena" diferença entre o teu exemplo e o caso do Benfas é que como está referido no texto, alguns dos passivos do Benfica são de muito curto prazo, ou seja, têm de ser liquidados em menos de um ano. E isso é que é (ou devia ser) preocupante (para vocês, já que eu me estou a cagar): não a falência técnica mas sim a política de gestão do "empurrar com a barriga". Pode correr bem, mas se correr mal... Só um lírico é que não reconhece que o risco (porque tudo está montado no pressuposto da bolinha entrar na baliza) quem seja um perfeito lírico, para ser eufemístico.
Claro que podes sempre, para pagar a dívida de 20M que vence em Março, vender um jogador em Janeiro, ou então pedir novo empréstimo…com todas as consequências que isso terá.

Morales: o “analista grunho” é um ex-dirigente do Benfica.

low desert puke disse...

O que comprova que te estàs a cagar para o Benfica é o sorrisinho patético que fizeste quando acabaste o copy/paste e carregavas no enter.

Bengas disse...

Uhhh! Temos professor Karamba!!!
Clarifico: estou-me a cagar no sentido de que não fico triste com os vossos problemas, capice? De resto quero que se f...

Dartacão disse...

mas o sô bengas...
mas achas que somos os únicos?
não achas que é assim em todos os clubes?
até que chegam a uma altura que não dá, tipo Estrela pq de facto não entra nada.
E no vosso caso a mesmo coisa pq já empurraram demais com a barriga.
Eu não quero dizer que somos melhores que vocês(mas somos hihihihihi), mas neste aspecto estamos um bocado mais à vontade, seja pela quotização superior seja por receitas de publicidade.
Temos por assim dizer um espaço de manobra superior ao vosso.
Não quer dizer que seja um bom modelo, mas vai dando para a caravana andar.

joemorales disse...

Bengas, em 2002 esse ex saiu do Benfica por ser contra a construção do novo estádio que custou 160M€ e que falta 28M€ para a dívida ficar saldada. O que ele nestes 7 anos que passaram sabe sobre o que realmente se passa? É um grunho de um "terrorista".

O exemplo da casa também não é exclusivo teu, Bengas, o próprio LFV já o tinha dado uns meses atrás.

Dartacão disse...

mas que merda é esta?
deixem a minha casa em paz!!!!
mas como o LFV sabia da minha casa?ele sabe onde moro?
a casa é minha e pto final!!!
prontos vá...25 % minha e 75% do Barclays...
vá admito... 12,5 % minha, 12,5 % da minha gaja e o resto do banco
parece o passe do Di Maria
10% do Jorge Mendes
20% do fundo
70% do Benfica

Bengas disse...

Dartacão: Desculpa lá, mas não concordo. Não estamos todos iguais. O Sporting tem tido (e aliás unanimemente reconhecido pelos analistas) uma política de prudência e rigor: não se investe na equipa sem obtenÇão prévia de ganhos financeiros para o fazer enquanto que o Benfica e o Porto têm a política inversa: investir na equipa para obter ganhos. Nós passamos a mensagem que não temos dinheiro porque esta é uma premissa da nossa gestão que não se quer quebrar!
São políticas de gestão diferentes, não digo qual seja a acertada, mas a nossa é sem dúvida a mais prudente.


Morales: Nesse caso, como eu já o usei há uns anos, antes do Benfica ter contas, acho que continuo à frente...:)

low desert puke disse...

Mas em que parte da política de prudência e rigor entra o rasgar de contratos no inicio da época, com marcas de cerveja? Apenas e sò, o contrato que dava maiores e mais imediatas receitas esta època. Hum?

Grande JEB.

Pesquisa personalizada