quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Um senhor


in www.record.pt:

"(...) este folhetim de Paulo Bento acabou por ter o mérito de revelar uma pessoa que eu conhecia mal e se mostrou um grande dirigente desportivo.

Pela primeira vez, vi o presidente de um clube enfrentar os adeptos sem complexos. É sabido que as massas associativas reagem mais com o coração do que com a razão - pelo que fazer o que elas querem representa um enorme perigo. Mas é o que a maioria dos dirigentes faz.

Ora José Eduardo Bettencourt enfrentou os contestatários do Sporting como um toureiro enfrenta o touro: de peito aberto e cabeça levantada. Durante semanas a fio suportou críticas, insultos, vaias - e tudo aguentou estoicamente em defesa do "seu" treinador.

Excedeu-se numa altura ou outra? Perdeu a cabeça? Mas quem estará em situação de lhe atirar a primeira pedra? Não há muitos dirigentes assim no futebol português.

José Eduardo Bettencourt sabe o significado de duas palavras: lealdade e estabilidade. É certo que a situação do Sporting era de há tempos para cá muito difícil, não sendo fácil enfrentar a ira das massas. Mas Bettencourt manteve-se fiel até ao fim à palavra dada. E o futuro provavelmente reabilitá-lo-á. Será difícil o Sporting encontrar um técnico melhor que Paulo Bento - e mesmo um igual custará o dobro do preço.

Tendo em conta que as massas são acéfalas, as direções dos clubes têm de começar a ser racionais. Bettencourt fica como um exemplo a seguir.
Autor: JOSÉ ANTÓNIO SARAIVA "

Nota: este excerto citado é dedicado ao Repórter H, ultimamente confundido com um acéfalo, entre uma massa.

9 comentários:

Caneleiras de cortiça disse...

Grande JEB. Sempre contigo, amigo!!

low desert puke disse...

Nao me lembro de o reporter H alguma vez ter sido confundido contigo, amigo fuinha. Mas pronto.

Caneleiras de cortiça disse...

O autor do texto é que não é confundido com ninguem
http://aspirinab.com/visitas-antigas/luis-rainha/jose-antonio-saraiva-o-idiota/

Repórter H disse...

Comecei a semana a chamar-te parvo e acabo a chamar-te burro, amigo Fuinha!

Ao presidente do Sporting é pedido coragem sim senhor. Mas não na defesa do "seu" treinador. É pedido coragem na defesa dos interesses do clube. E o facto da equipa andar a arrastar-se sem que qualquer medida tenha sido tomada pelo presidente para resolver o assunto, não é defender os interesses do Sporting. É outra coisa qualquer, menos isso!

A opinião do autor do texto, de que o Sporting dificilmente arranjará melhor (ou sequer igual) ao Paulo Bento, só vem confirmar que as opiniões, têm muitas semelhanças com o cú. Cada um tem o seu e quando o quer dar, é livre de o fazer.

As massas são curiosamente acéfalas, quando convém. É que há 4 meses, foi uma massa de 90% que elegeu o JEB. Na altura foi uma sábia decisão do sportinguistas... Hoje somos acéfalos.

E esta de termos estes Josés Antónios Saraivas a falar pelo dono, com insultos aos Sportinguistas só não são tão graves, como quando são proferidas pelo próprio, porque ao que consta, ao jornaleiro não se aplicam os estatutos do clube (do qual tu és sócio), onde no Artigo 36º, ponto 1 diz o seguinte: "Os membros dos órgãos sociais devem cumprir e fazer cumprir os estatutos e regulamentos do Clube e exercer os respectivos cargos com a maior dedicação e exemplar comportamento cívico e moral."

Tenho para mim que, insultar sócios e querer andar à porrada com um deles no meio da rua, não é um "exemplar comportamento cívico e moral.", por muita razão que possa ter.

Cada um come o que gosta, Fuínha!

Fuinha da Bola disse...

Repórter H, quem te chama acéfalo é o colega Arq. José António Saraiva. A massa acéfala a que se refere o autor do texto é a que se opôs recentemente ao presidente eleito pela quase totalidade dos sportinguistas. Portanto a ti se refere, incluído na massa acéfala e não à maioria dos sportinguistas que o elegeram. Pouco cívicos são esses acéfalos que perseguem os dirigentes do nosso grande clube com "críticas, insultos, vaias" às quais o nosso presidente enfrenta "como um toureiro enfrenta o touro: de peito aberto e cabeça levantada". Se não gostas continua a votar pela mudança quando as eleições tomarem lugar, e se alternativa houver. Até lá lembra-te: "Excedeu-se numa altura ou outra? Perdeu a cabeça? Mas quem estará em situação de lhe atirar a primeira pedra?"
Aprende com o "exemplo a seguir", que é racional e te pode orientar. Ou então continua a seguir a massa acéfala na onda de "críticas, insultos, vaias".

Bengas disse...

Concordo com a opinião do Saraiva. Totalmente!

low desert puke disse...

Tenho de te pedir desculpa, fuinha. Por estes meses e meses de criticas e bocas que te tenho mandado. Penitencio-me principalmente por ter-te chamado anti-benfiquista. Porque, vejo agora, que ao defenderes o JEB tao acérrimamente sò podes ser pro-Benfica.



























.


























PS: MUUUUUAHAHAHAHAHAHA!

Repórter H disse...

Aos pouco cívicos, espero que o meu presidente, responda com elevação. Nunca à batatada, "agarrando" (literalmente) o touro pelos cornos.

Do meu presidente, espero acção para resolver os problemas do clube. Isso pouco se tem visto. A coragem para enfrentar tipo arruaceiro uns quantos no meio da rua, pouco me diz.

Quanto ao exemplo a seguir, continuar-me-ei a demarcar, se não te importas. É que não consigo ver no JEB o grande líder orientador que vocês vêm.

low desert puke disse...

Mantém a calma, H.
Os coitados desde a pré-época que sò veem vermelho...de raiva, porque o Benfica nunca mais se despacha a acabar a pré-época e a começar a jogar à bola como os meninos esperam. Andam raivosos, deprimidos, tresandam a Rennie de cada vez que abrem a boca em goradas tentativas de justificarem nao sei o que. Nao sabem eles. Mas o JEB sabe. Porque o JEB é omni, é a salvaçao, é a luz ao fundo do tunel. Mais nao seja pela farta cabeleira branca, que deve reflectir como o camandro no meio do escuro, qual farol de alvalade.

Tu, H, è que ès uma ovelha tresmalhada. Um camelo nos Alpes, um urso polar no Sahara, um autentico JVP num Benfica final anos 90.

Pesquisa personalizada