quarta-feira, 31 de março de 2010

A festa está a ser preparada


A coligação de sucesso do blog está de volta. A distancia que os separa é maior do que a pontual entre SLB e SCP, mas o espírito mesquinho é o mesmo. E é o mesmo que eu teria se fosse o Sporting a jogar com o Liverpool. Forca amigos!!!

22 comentários:

tio disse...

5ª feira é dia de CARREGAR ENORME

muahahah

joemorales disse...

Pode ser novamente 1-0.

Se fosse o Sporting era mais um episódio de comédia.

Valdemar disse...

Se fosse o Porto era acima de uma mão cheia.

Esses gostam de ser empalados pelos Ingleses.

low desert puke disse...

O resultado nao é importante, é sò mais um jogo de pré-época. Quando começarmos a jogar a sério é que vai contar..

@leo@ disse...

Pois realmente só na pré-época é que o SLB chegaria aos quartos de final de alguma coisa.

Agora percebo :D o que se anda a passar :D

low desert puke disse...

Ainda nao percebeste a ironia?

Nas ultimas semanas os benfiquistas pegaram na boca que voces mandavam em Setembro/Outubro: "LOL, campeoes de pré-época. Deixem là isto começar a sério...ou entao là pro natal. LOL"

O facto é que a pré-época jà vai longa e no campeonato jò sà temos apenas seis jogos para realmente começar a jogar a sério.

@leo@ disse...

lollowlollowlol.....

e eu que não tinha percebido.

low desert puke disse...

Eu sei.

Desde que vi defenderes o argumento que na final da taça da cerveja nao houve ocasioes de golo, decidi ajudar-te a perceber melhor o fenòmeno futebol.

@leo@ disse...

fiquei foi a espera que me enviasses as ocasiões (Tirando a do Ultimo golo) mas não dizes te nada!

low desert puke disse...

Ok, entao antes do golo do Amorim o Rodriguez jà tinha obrigado o Quim a uma boa defesa. O Belluschi teve um remate perigoso depois. Jà vamos em tres oportunidades de golo. Ainda antes do golo do Martins à beira do intervalo, o David Luiz rematou e o Nuno cedeu canto. Portanto na 1° parte, cinco ocasioes de golo.

Logo depois do intervalo o Rodriguez faz prali um remate à Hugo Sanchez mas como a bola saiu alta, para ti nao deve ser oportunidade de golo. A seguir a isso o David Luiz passa por dois portistas e remata a razar a baliza. E depois o golo do Cardozo no fim.

Portanto, assim que me lembre foram pelo menos oito ocasioes de golo repartidas pelas duas equipas. Como possivelmente adormeceste como quando jogàmos contra o braga, percebo que nao tenhas visto nada disto.

Para deixar uma ultima mensagem, e que nos tempos que correm tem mesmo muito significado, nao sò para ti, mas para todos os sportinguistas:

-Nao acordem nao!

"muahahah"

@leo@ disse...

Hum ok, então tenho assistido a grandes jogos por parte do meu sporting e não sabia, obrigado pela lição.

"prali um remate" e a melhor ocasião :D

pitons na boca disse...

E a do Kardec a 55 metros da baliza!!

low desert puke disse...

Liçao numero dois: nem sempre jogos com muitas ocasioes de golo sao grandes jogos. Assim como grandes jogos podem até acabar apenas com duas ou tres ocasioes em 90 minutos.

nota: obviamente o actual sporting nao cabe em nenhuma das situaçoes descritas na liçao numero dois.

Valdemar disse...

Low,

esqueceste de meter aí qualquer coisa parecida a "carrega enorme" ou "marrem no vermelho", em caps.

low desert puke disse...

Nunca o fiz e se conheces a minha personagem blogueira minimamente bem, sabes também que nunca o farei.

tio disse...

muahaha, Valdemar o puke é coisa séria páh.

Ricardo disse...

Então mas não é sério dizer Carrega Enorme?

CARREGA ENORME!!!

low desert puke disse...

é sério, Ricardo.

Mas eu reservo esse comportamento apenas para quando começarem os jogos à séria.

Valdemar disse...

Ah que saudades de quando o benfas perdiam 3-1 contra o Nacional, ou 2-0 com o Trofense, ou 3-0 com a Académica, ou 3-0 com o Braga.

Para não ir além de um par de anos.

Nessa altura o benfica também carregava, mas era por trás...

Nesses tempos, os lampiões afirmavam que não ligavam muito a bola. Era tudo corrupção. E a lagartada estava feita com o papa para os lixar.

Nesses tempos, em que a estrela da equipa se chamava cebola e era estimado pelos adeptos, embora o gajo quisesse era bazar dali o mais rápidamente possível, como depois se viu.

Nesses tempos, o que vendia papel era a entrada de estrelas como o Moretto, conquistado no aeroporto com unhas e dentes ao rival do norte. Ou o Jorge Ribeiro, o Balboa, o Bynia, o Yebda, o Luis Filipe, o Zoro, o Sretenovic, o Edcarlos, o Sepsi, o Andrés Diás, o Abdoulaie Fael (??), o Yu Dabao.

Nessa altura, jogar à benfica, consistia em andar escondido em campo durante 90 minutos ou pelo menos até o mister substituir pelo Mantorras, que invariávelmente entrava para marcar o tento de honra aos 90+1.

Nesses tempos, nem passava na carola de um benfiquista puxar o assunto futebol numa roda de amigos, ou, se ele por acaso surgia em conversa, o lampião, justificando-se com cólicas súbitas, desaparecia discretamente para o WC.

Mas agora, não.

Agora ironizam com a dúvida que veio com as primeiras goleadas, sem se recordarem que essas dúvuidas também eram as deles, e muito lógicamente, porque estavam escaldados por épocas anteriores coroadas de vergonha e recordes negativos.

Agora, foram ao baú do ressentimento acumulado, e sacaram expressões coloridas e cheias de imaginação, como "carrega enorme", "enorme, carrega", "marrem no vermelho", "carreguem no mama" ou "estratosfériquem no carrega", sempre em caps.

Subitamente, o Carlos Martins metia o Deco no banco da selecção, o David Luis só pára no Inter por 30 milhões, o Fábio Coentrão cobre o Queirós de ridículo se não o convocar e o Rúben Amorim faz esquecer o Eusébio (quem? o da estátua! esse não é o Weldon?).

São novos tempos.

Eu é que estou a ficar velho.

Quando o porto se queixa da batota do benfica nos bastidores e o benfica já não quer fazer exposições em dvd a ministro nenhum.

Quando as velhas "operação coração", se chamam "oferta pública de obrigações" que me surgem até no meu banco online. No fundo há sempre que pagar o ordenado do Aimar ou outro Argentino qualquer.

Só que se o que me irritava dantes na sobranceria dos azuis que limpavam tudo, era desculpavel pelo facto de saber que se não ganhassem, eram uma espécie de belenenses do país, estes vermelhuscos, adeptos de um clube grande, se estão comportando como um portista quando ganha.

Como serviço público a toda a gente, deixo aqui um link para vos ajudar a meter a coisa em perspectiva:

http://www.youtube.com/watch?v=ptiTHaZmJ-k&feature=related

low desert puke disse...

Là està o Valdemar com falta de passatempos outra vez. Se eu ganhasse um euro de cada vez que tu ou sportinguistas como tu se metessem com essas merdas que os benfiquistas até aqui hà pouco tempo nao sabiam sequer o que era futebol, chamar-me-iam por esta altura o Steve Jobs do Barlavento Algarvio.

O cebola, de facto na altura, era dos poucos que fazia alguma coisa de jeito, o Balboa foi um dos maiores falhanços dos ultimos tempos do futebol portugues, mas pelo menos o Vieira nao disse que seria o novo Eusébio, como o Sousa Cintra disse do Careca, e neste momento esse recorde de negatividade està jà batido pelo Sr. Seis Milhoes e Meio, que é tao bom que até marca ao melhor guarda redes portugues da actualidade, aka Rui Patrìcio. O Yebda fez uma boa época, o Luis Filipe é...o Luis Filipe, mas o rapaz nao tem culpa de ter consolidado a carreira do outro lada do segunda circular. Nessa altura é que ele era bom...O Zoro...é um bocado inexplicàvel, mas em Itàlia era dos melhores defesas centrais estrangeiros e sabe-se como em Itàlia se gosta do jogo defensivo...nao funcionou...paciencia. O Edcarlos nao era mau, nao jogava era muito. O Yu Dabao nao era mau, mas era um puto chines que jogava nos juniores, portanto a conclusao é que estàs a exagerar no fel, mas nao é nada a que nao estejamos habituados.

O Carlos Martins nao mete o Deco no banco, mas tomara voces terem alguém com metade das ganas de jogar futebol do que ele, para là do Moutinho e do Liedson. O David Luiz acabarà mas é no Milan ou no Chelsea e por nao menos de 45 milhoes. E sim, o Queiros cai no ridiculo se nao convocar o Coentrao, nao existe ninguem em Portugal que defenda na esquerda melhor do que ele que nem é um lateral de raiz, o que diz bem das actuais capacidades da equipa de todos nòs. O Ruben Amorim, pois esse é outro que se estivesse no sporting bastaria jogar com uma perna às costas para ser considerado repetidamente o melhor em campo.

Talvez façamos uma exposiçao em dvd a algum ministro, mas é para ficar registado na Història de Portugal como uma equipa que num determinado ano jogou um futebol épico e deslumbrante, sem caps.

A operaçao coraçao foi bonita de se ver. Uma proposta para apelar ao sentimento dos sòcios e de todos os benfiquistas que era preciso levantar o clube, com o apoio de todos. Obviamente o JEB, ainda que sabendo que o sporting nao tem capacidade financeira para mandar cantar um cego, nao o faz. Pois arriscava acabar uma semelhante operaçao com apenas 15 ou 20 euros de saldo.

Passasses tu tanto tempo a aplaudir a tua equipa, mesmo perdendo, como aquele que passas ao escrever posts como este. Ou força e concentraçao mental a pensar no teu clube e como melhorà-lo e vive-lo melhor e pouparias a todos nòs (ok, nao a todos) termos de assistir a figuras tao patéticas.

Nao andes tao nervoso, jà sò faltam mais treze anos até ao pròximo jejum de dezoito.

Valdemar disse...

Low,

quem é o teu dealer?

Faz-te preços simpáticos?

Mete uma palavrinha por mim.

Ah e o David Luis, mete aí antes 50 milhões. Já que estamos a parvejar...

low desert puke disse...

50 é muito.

Mas 45 mais o Pato ou 45 mais o Deco (assim o Carlos Martins metia-o no banco também no Benfica), jà seria credìvel.

Pesquisa personalizada