domingo, 7 de março de 2010

Os TPCs do PdC


Jorge Nuno sabe muito. Jorge Nuno sabe os adeptos acríticos que tem e sabe o que eles gostam de ouvir. A fórmula tem resultado e Jorge Nuno tem sido o líder incontestado do FCP, pelos resultados desportivos, apesar dos resultados financeiros, e, especialmente, pelo que diz e quando o diz.
Vejamos o comportamento de Jorge Nuno nos últimos tempos. Aquando da crise conjugal com a D. Carolina e durante o decurso do Inquérito "Apito Dourado", Jorge Nuno refugiou-se no silencio. Passar despercebido é sempre uma boa estratágia.
No decurso desta época, quando a luta desportiva estava ao rubro entre SLB-FCP-SCB, Jorge Nuno chamou a si os microfones e veio exigir um "Apito Vermelho", que sabia, que fazia, que acontecia. Colocou-se ao lado do plantel e do Jesus Aldo, glorificando o valor dos mesmos. Voltou a acender o rastilho da luta ao Sul e ao centralismo. O povo aplaudiu, foi buscar as tochas e as forquilhas. Estavam a saquear o Norte.
Do que Jorge Nuno não estaria à espera é que o plantel, constituido maioritariamente por "outsiders", que não percebem (nem querem perceber) a mensagem de Jorge Nuno, baqueasse com o Leixões, Sporting e Olhanense.
Começam a chover críticas e assobios. Quem é que estava de mão dada com Jesualdo e agora deixou o Mister de mão estendida e desapareceu?
Neste caso, como já aconteceu anteriormente, aposto que Jorge Nuno não vai aparecer ao lado de Jesualdo, não vá ficar com o cheiro a tostado do treinador que já está queimado.
Em relação ao "Apito Vermelho", Jorge Nuno, ouvido pelas autoridades judiciarias e instado para concretizar os factos que disse que iria denunciar, remeteu-se ao silencio.
Jorge Nuno lança cortinas de fumo, que às tantas já se confundem com o seu rabo de palha a arder.

13 comentários:

low desert puke disse...

Quanto ao post nada hà a dizer.

Mas jà que o tema é TPC's aproveito para perguntar se te andas a baldar. é que jà hà uns bons meses que eu (e nao sò), estou à espera de uma mail/entrevista acerca de um concurso/votaçao que ganhei e tal. Jà que ganhei ao menos dà-me aquilo que prometeste nao? Ou se nao, uma frutinha para dormir também nao fazia mal.

Caneleiras de cortiça disse...

Já deviam ter aprendido a não fazer muito caso do que para aqui dizemos.
O objectivo era realmente a entrevista, mas não tivemos paciencia para preparar a coisa.
Assim, proponho-te, em alternativa, um texto livre, ou seja, fazes um texto sobre o que te apetecer, envias-me isso e eu publico. Que tal?

Repórter H disse...

Ui... Não tarde tens aí o ressabiado de Matosinhos a defender o padrinho!

Chiça!

Valdemar disse...

Em relação às vossas negociatas, nada a comentar. Desde que consegui meter o renault 19 da minha irmã à venda neste espaço, já só me surpreendo com o negócio de um porco a andar numa Esmaltina.

Em relação ao post, surpreende-me que se surpreendam.

Toda a gente sabe que a especialidade do PC é flutuar entre os escolhos no desastre de navegação que é os bastidores do futebol nacional. O gajo é tão esperto como uma ratazana no meio de um tremor de terra no Haiti. Sobrevive sempre, nem que para isso, tenha que queimar quem o rodeia. Perguntem ao Fernando Santos, e principalmente ao Octávio Machado. E já agora ao fantasma do Zé do Boné, a quem prometeu um campeonato este ano. Um senhor, portanto...

O réptil que eu lanço para a fogueira, é o seguinte: duvidam que o LFV seja farinha de saco diferente? O apito dourado foi uma novela engraçada de cavalgar, porque deu os frutos que eram esperados, que era manter as arbitragens em jogos do FCP debaixo dos focos. As decisões nos conselhos de disciplina, igualmente. E quanto a manter-se ao lado do treinador, é uma questão de tempo. Nem o Paulo Bento foi forever. Deixem lá as goleadas acabarem, uma ou duas derrotas seguidas, o moral a esfumar-se e vão ver a forma como o LFV despacha o JJ. Pode acontecer esta época ou a próxima, já sem Saviola, Cardoso, DiMaria ou Aimar, whatever, mas vai acontecer. (Aliás, é por isso, que nem sou dos mais críticos em relação à bazófia dos meus amigos Benfiquistas. O mais certo nesta onda de vitórias do Benfica, é ela acabar...)

Portanto, em resumo, é tudo parte da estratégia que os dirigentes de clubes e selecção nacional usam. A coisa corre bem, metem-se às cavalitas da situação/treinador. As coisas correm mal, distanciam-se e roem a corda.

É dos livros.

O JEB não fez isso, e chamuscou-se gravemente. Embora este seja já um caso clínico...

Valdemar disse...

Esqueci-me de meter o exemplo da forma como o LFV despachou um treinador à 1ª jornada... E um certo treinador Espanhol... Tudo muito digno.

low desert puke disse...

Dizer que o LFV é pouco ou nada diferente do PC é o mesmo que dizer que o Salazar era tao mau quanto o Hitler sò porque era fascista também.

A tua curta visao sobre as coisas reflecte-se também na anàlise ao apito dourado. Achas mesmo que o objectivo era o de meter debaixo de olho os àrbitros dos jogos do porto? é que num paìs normal, um clube por ter feito 10% daquilo que o PC fazia com os àrbitros acabou na segunda divisao, a Juventus. Outros perderam pontos ou foram impedidos de participar nas competiçoes europeias. E olha que o que todos ouvimos nas escutas é uma parte mìnima das conversas entre aqueles amigos...

Uma nota ainda sobre o facto de achares mesmo que, com a época que o Benfica està a fazer, se duas derrotas seguidas aparecerem o JJ vai de vela...com a época actual ainda a decorrer...é porque faltaste a algum exame médico, de certeza.

Relembra-nos também como é que um treinador, que até foi o ultimo a apresentar bom futebol jogado em alvalade, e levando a equipa a uma final da taça uefa nao ficou no clube. Pode ser?

Valdemar disse...

Como de costume, só lês o que te apetece.

Não vou discutir que o Pinto da Costa é o feiticeiro e o LFV é o aprendiz. Isso é perfeitamente verdade.

Que o apito dourado devia ter dado mais pano para mangas, também. A desculpa das escutas não servirem de prova, é tão esfarrapada como dizer, "ok, o puto tem o meu ADN e a minha cara chapada, mas ninguém me viu a fornicar a miuda, portanto, amanhem-se"

Curta visão, sim, sou míope.

De resto, leste tudo enviezado. Eu culpo a minha dificuldade em me exprimir e não a tua inteligência ou má fé.

Explico, então.

Hitler e Salazar lixaram a vida a um número diferente de pessoas, facto, mas que ambos devem estar na companhia de Mussolini e do Demo, isso é certo.

O objectivo do apito dourado era o de dificultar os movimentos do PC. Foi uma carta jogada por alguém a quem essa movimentação não dava jeito. Atendendo à falta de inteligência/perícia/interesse dos dirigentes do Sporting, eu aposto aqui o esquerdinho que foi alguém chegado ao Benfica. E nem é preciso ser muito inteligente para adivinhar isto. Acreditar que foram os corajosos investigadores da PJ que prosseguiram desunteressadamente as investigações apenas a bem da verdade desportiva, é esperar sentado pelo pai natal no dia 25 de Dezembro.

Não disse que o JJ perdia o balanço esta época. Não disse nada disso. Mas basta venderem os atletas que dão força ao futebol vermelho, no fim da época, e as coisas demorarem a engrenar na próxima. Olha o Porto que vendeu Lucho, por exemplo. Olha o Professor com o pescoço no cepo.

No ultimo capítulo estás a virar o bico ao prego: eu sempre ouvi os Benfiquistas gozar com o Peseiro, o do quase. Então? Afinal já era bom, ou não?

low desert puke disse...

Valdemar,

Nao sei se o Pai Natal tem alguma coisa a ver com isto, mas se a PJ e/ou outros membros existem, com obrigaçoes, objectivos e pretensoes de manter as coisas na ordem, defendendo um paìs de direito. Impedindo ou indicando quem contorna leis de maneira fria e obscura, com o objectivo de chegar mais à frente, mais alto ou a uma maior riqueza, pisando outros que seguem modestamente aquilo que diz a Constituiçao ou as simples regras de viver em sociedade..entao sò temos de reconhecer que fizeram o seu trabalho. Ou somos daqueles que reclamam por justiça e igualdade social, mas depois sò porque o argumento é futebol a coisa muda e sò se ve (ou imagina) que "os inspectores da PJ sao do Benfica, a maior parte de certeza", tal como juizes e advogados. E por isso, isto foi tudo um jogo para queimar o PC e o porto, sò assim "vao voltar a ganhar campeonatos".

Nao podes reclamar e preocupar-te com certas coisas a nìvel ético e moral de uma sociedade e depois quando as instituiçoes fazem o seu trabalho mandar o bitaite que para acabar com um jogo de interesses usou-se outro jogo de interesses. Um exercito comandado por PC em que porto/àrbitos/Valentim antes reinavam mas foram destronados por LFV/polìcia judiciària?!

Isto faz algum sentido?

Aliàs, espero que o facto de seres sportinguista nao te impeça de realmente defenderes aquilo que é (ou deveria ser) o futebol ou as regras desportivas no geral. Ou seja, que o facto de a) - o porto sendo a parte forte da vossa aliança nao mereça certos comentàrios de modo a nao queimar a relaçao entre os dois clubes. Ou b) os gajos até teem razao, mas como é o Benfica nao podemos reconhecer que o futebol portugues estava refem de si proprio devido ao compadrio entre PC e os outros tubaroes que nadam nestas àguas.

Liberta-te desse estigma. Ama o futebol antes de tudo o resto e dà um murro na mesa pensando em jogar à bola, de maneira màgica e emocional, sem mafias a operar por tràs e a comandar quem deve ganhar o que, quando e com quantos penalties a favor ou contra. Antes que seja tarde demais para o teu clube.

Posso usar um pouco da tua fòrmula humoristica? Entao dir-te-ei que é bem mais possivel o sporting estar outros quatro ou cinco anos sem ganhar o campeonato que o Jorge Jesus ser despedido na pròxima época ou na outra a seguir.

low desert puke disse...

PS: Nunca reconheci no Peseiro um bom comandante de homens. é um treinador de nivel médio, que muito ao contràrio de Carvalhal, chegou e viu uma casa arrumada. Teve tempo para preparar as coisas e dar uma identidade à equipa. Gozando ou nao, os numeros falam por si. E nem que fosse sò pela final da uefa, conseguir faze-lo sabendo bem do desnivel entre futebol portugues e pelo menos cinco ou seis outros campeonatos europeus, é de louvar. O que nao se ve da vossa parte, é o reconhecimento do tiro no pé que deram, pois o homem tinha todas as condiçoes para fazer mais uma época e quem sabe onde o sporting iria parar, pois o movimento de crescimento da equipa estava a subir a olhos vistos. A Direcçao do sporting fez portanto um grande trabalho. Lembrem-se (também) deste exemplo de cada vez que mandarem a boca a qualquer direcçao do Benfica...

Valdemar disse...

Uma coisa é o que eu e tu achamos que deve ser.

Outra, bem diferente é como as coisas são.

Eu até gostava que os jogos se decidissem no relvado, com árbitros desinteressados e descomplexados, sem mentes formatadas a condicionar as decisões. Jogos esses que dessa forma decidissem campeonatos e taças.

Mas as coisas não são assim. Os árbitros apitam ao sabor dos ventos que sopram. Uns dias sopra azul, outros vermelho, outros verde (raras vezes, na minha opinião, claro)

E assim, ao sabor de interesses se influencía, quem é campeão, quem se contenta com taças, quem vai à europa, quem sobe e quem desce.

É assim. E acredita que dos 3 grandes, os que menos parecem ter compreendido como são as coisas, são os dirigentes do meu clube.

O que me leva a comentar os compadrios que os benfiquistas gostam muito de observar entre o Sporting e o Porto. É um facto, que o PC usa toda a gente como peões no xadrez cujo objectivo é obter o que quer para si, e, um pouco, para o clube. E a falta de visão dos dirigentes do Sporting tem levado a não se aperceberem disso. Mas nós adeptos, não acordamos e vamos para a cama a pensar no Benfica, nem nunca, -jamais!-, trocamos vitórias do Sporting por derrotas do Benfica. Acredita que é verdade.

Cuidado com certas certezas: no futebol, o que é mentira descarada hoje, vem amanhã escrito nas pedras de Moisés...

Eu, a época passada, jurava a pés juntos, que o Paulo Bento, era "forever"...

low desert puke disse...

Valdemar,

Tu chamas-lhe "falta de visão dos dirigentes do Sporting". Mas todos nòs sabemos que num casamento que se quer duradouro e com orgasmos de parte a parte convém nao meter os cornos à cara metade. Pois ela pode descobrir, chatear-se e bazar e depois toca de bater à pinha. Eu vejo isto como uma espécie de fenòmeno biològico (e repara que nao tenho nenhum gosto especial em observar ou formar esta opiniao), e que é o seguinte:

porto - um tubarao devorador de titulos, que se move nas àguas a seu belo prazer. de vez em quando salta o limite das àguas territoriais e vai até à Europa fazer repetidas boas figuras.

sporting - uma rémora que perante este cenàrio vai à boleia do tubarao. Come as migalhas e os restos que o primeiro deixa pelo caminho e pode observar do alto a solha que se confunde là em baixo com a areia.

Benfica - a solha. Descaracterizado por falta de titulos e vitòrias, confunde-se com o seu habitat num modo quase invisivel.

Isto para dizer, e todos sabemos que os sportinguistas querem é ser campeoes e o resto é conversa. Mas se nao o forem e o Benfica ficar abaixo sorriem com um brilhozinho nos olhos. Habituados a isto, começaram a deixarem-se estar e a comerem apenas a presença na champions, enquanto que nòs lutàvamos com Paços de Ferreira, Bragas e Guimaraes por uma qualquer espinha que chegasse là ao fundo e que desse acesso à Europa ainda assim, mas sem conseguir nadar ao sabor de qualquer corrente de àgua que nos levasse a um campeonato.

Os dirigentes do sporting, de repetidas direcçoes, sabendo entao que é gratificante encostar no tubarao e encher o bucho com a champions (literalmente, principalmente depois dos jogos com o Bayern), optaram por manter-se quietos e deixarem-se guiar. Para isto requer-se pouca visao, é um facto, mas como o piloto é o tubarao...

Valdemar disse...

Estamos de acordo com esta análise.

Junta aí os milhões que dá vender ao Manchester, de tempos a tempos um atleta vindo da academia, sem se chatearem muito,

e o Liédson a resolver,

e tens a imagem do Sporting neste momento.

Já o tinha dito, há uns tempos, antes do jogo contra o Everton.

Ricardo disse...

Belo, belo...

Pesquisa personalizada