quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Na verdade o que ele queria dizer era:

25 comentários:

ana disse...

looooool

MM disse...

LOL.
Ah Reporter, quem fala assim nao e gago. E o Manuel Jose tem de facto razao diga-se de passagem. O menino da permanente e o maior bluff do futebol portugues desde possivelmente o Luisao, ou o Fredy Adu, ou mesmo o Quique ao nivel de Tecnicos, Roberto (veio depois, mas conta na mesma), 9 milhoes-Salvio, 8 milhoes-Gaitan, 200 000 euros por mes-Reyes, a troco de uns predios em Madrid para o presidente do Benfica e mais um 3' lugar para o Benfica, Miccoli que tambem so foi para Portugal ganhar novo balanco na carreira e pouco ou nada deixou, Drulovic e Zahovic, este ultimo chegou a dizer - depois de sair - que o Benfica era uma merda, e claro, Nuno Gomes, a maior anedota de avancado da primeira decada do novo milenio que mama 1 milhao de euros por ano - ha ja 8 anos - ninguem sabe muito bem para que.
O Manuel Jose enquanto excelente conhecedor do Benfica e do Jorge Jesus sabe do que fala. Ha por ali muita vaidade, e nao fica mal dizer as verdades. A pouca vergonha que vai pela caixa de comentarios deste blogue de ha uns dias para ca tem de conhecer um fim, Valdemar. Falemos a verdade, pois se nos guiarmos por ela nao poderemos nem iremos errar.

Chega de tanta masturbacao as galinhas (se possivel Valdemar, so se possivel).
Abracos desportistas e sportinguistas.

low desert puke disse...

Para tentar repor a verdade na cabeça de alguns invejosos:

O cabelo do David Luiz é natural;
O Luisao sò é bluff na cabeça de quem nao sabe o significado de bluff (ou de quem tem o Polga no plantel);
O Salvio é emprestado (ai a vontade de dizer mal, ai ai);
O Quique nao é mau, é muito teimoso apenas. E teve o azar de provar também ele as grandes arbitragens à porto quando se preparava para liderar o campeonato isolado, senao talvez a història fosse diferente;
Quem diz que o Miccoli sò veio relançar a carreira e nada deixou é porque nem futebol deve saber soletrar. Na época anterior tinha feito 35 jogos pela Fiorentina e 12 golos, sò o recorde na carreira até essa altura. No Benfica marcou 15 golos em 40 jogos mais 5 ou 6 na Europa;
Drulovic espalhava classe de cada vez que tocava na bola, mas o Douala é que era bom;
Zahovic jà veio um bocado pesado mas o Pedro Barbosa é que jogava sempre bem de cada vez que tinha de renovar o contrato;
O Nuno Gomes nao ganha mais do que o Polga, mas o Luisao é que é um bluff;
Anedotas de avançados conheço alguns. O Tiui por exemplo, ou aquele rapaz que custou quase 5 milhoes de euros mais os ordenados e que foi rodar para o Belenenses, dizem que se chama Purovic mas poucos o teem visto ultimamente, principalmente junto das balizas adversàrias;
Manuel José treinou o Benfica somente durante alguns meses e em 1997, por isso é um "excelente conhecedor do Benfica" apenas e sò porque sim.

Portanto malta, falemos a verdade, pois se nos guiarmos por ela nao poderemos nem iremos errar, e muito menos faremos figura de urso ou de ignorante ou de reles simplòrio.

DUX_XXI disse...

Não sei se o cabelo de David Luiz é natural ou não. Mas admito que haja quem saiba esses pormenores, fruto talvez de apalpação, mas deixemos esses pormenores para a revista Maria.

O que sei é que este ano David Luiz não está a jogar a «ponta de um corno». E não conseguir admitir isso é meio caminho andado para o insucesso...

pitons na boca disse...

Muito bom!

LOOOL

A azia do Manélzé de ter sido corrido de lá parece que nunca vai passar.
E sim, o D. Luiz está muito abaixo do que já fez em tempos.
E sim, a campanha nojenta dos jornais continua, hoje já não é o JJ é este...

low desert puke disse...

E quem é que nao o admite?

O David Luiz nao tem jogado, o Javi està a jogar pouco, o Saviola nem marca...

Mas quem està a jogar menos ainda é o Jesus. Um labrego que jà nem grita, nao gesticula furiosamente, ou nem se cospe todo quando o adversàrio tem algum canto a favor é dar mau nome aos labregos.

@leo@ disse...

"Jesus. Um labrego que jà nem grita"

o MESTRE do futebol estratosferico agora é labrego....

Valdemar disse...

MM,

temos que assumir que eu e tu somos Sportinguistas diferentes, sem mal nenhum nisso.

Pela tua forte rivalidade com o Benfica, e pela forma empenhada com que acompanhas as modalidades, penso que sejas de Lisboa.

Eu sou de Leiria, provinciano, com pouco acesso às modalidades (e menor interesse do que em comparação ao futebol sénior, admito, enorme falha minha, embora, também, gosto pessoal), e um certo desportivismo.

Ou seja, ligo mais à rivalidade que vem do Porto, que nos papa sempre, efectivamente, o que me irrita,

do que a rivalidade com o Benfica, normalmente, uns tristes como nós, e que só a história mais antiga justifica a rivalidade.

Não tenho satisfação nenhuma em masturbar galinhas, mas respeito a (eu ia dizer opção, mas toda a gente sabe que não se escolhe) paixão clubística de cada qual, como quero que respeitem a minha.

E respeito a tua forma de viver o fenómeno desportivo e a rivalidade entre nós e os adversários, nomeadamente o Benfica. Por isso é que nunca me viste a criticar as tuas... críticas ao Benfica. Embora nem sempre concorde com elas.

Em relação aos temas discutidos ultimamente, e minha opinião neles, eu explico. A perseguição feita ao Jesus nestes dias, é semelhante ao que fizeram ao Paulo Bento e isso irrita-me.

Irrita-me que os jornais, em vez de isentos, se sintam contentes em serem veículos de acção de interesses. Eles sabem isso e não se importam. Pelo contrário, é uma situação que lhes interessa, porque serve os interesses próprios, claro, ainda que em deterimento do respeito que lhes deviam merecer os leitores.

Eu quero abrir um jornal e ler na notícia, o que se passou no meu e nos outros clubes. Não o que o jornalista pensa, ou o que lhe mandaram pensar em relação a um tema.

E isto também é válido para o David Luis. Um gajo não desaprende de jogar, tem é subidas e descidas de forma. Nem é o Coluna, quando joga bem, nem é o Valdemar Carabina, quando joga mal.

Mas sei que este tipo de discurso não vende papel de embrulhar castanhas.

Abraço.

MM disse...

É o benfiquismo no seu melhor Leoa ... e o responsável pela pré-época desastrosa (a juntar a tantas outras pré-épocas desastrosas) que amputou muito do bom trabalho feito o ano passado ... não tem nada a ver com o assunto, como sempre.
Eles preferem virar-se ao Jorge Jesus. Palhaços, lol.

MM disse...

Valdemar ... nasci em Lisboa sim, a 4 minutos do Estádio de Alvalade. És um cavalheiro, e não foi minha intenção picar ou ofender-te. Reconheço que não devia ter escrito aquilo ontem, mas também em diálogo com sportinguistas quase nunca me coloco entraves ou reservas no que possa eventualmente dizer, porque o que diga nunca ultrapassará ou anulará a coisa maior: o sportinguismo que nos une. E quem diz nós diz outros tantos, aqui e em todos os lugares. Isto não é conversa, mas sim algo em que acredito de facto: o sportinguismo é para mim muito importante, e é uma medida para tudo.

Um abraço e as minhas desculpas.

Valdemar disse...

MM,

não me senti ofendido e portanto não tens que pedir desculpas.

A farpazinha que até aceito dos rivais encarnados, muito estranho seria que não a aceitasse de um camarada Sportinguista.

Continua a tua tentativa de evangelização Leonina às hostes adversárias, mas te digo que é tempo perdido. São lampiões até morrerem...

Grande abraço leonino.

MM disse...

Valdemar,
Amo muito o Roberto de Niro, o Ennio Morricone, gosto do Jeremy Irons e "A Missão" é um dos meus filmes de eleição mas ... longe de mim concorrer a um dos papéis. Evangelizá-los ou sequer desejar que sejam diferentes ... eles são o que são, gosto muito deles assim e não os quero ver de outra forma. Os = eles = a sua generalidade.

O Sporting é muito muito diferente do Benfica, apesar de todas as tentativas recentes para aproximá-los expressas nos "tiques" e "modos" do seu - a prazo, no Sporting - presidente.
E o Sportinguismo é muito muito diferente do que o benfiquismo, é que não têm nada a ver uma coisa com outras.
E já agora Valdemar, não tenho nenhum ódio de estimação ao Benfica. O ódio que lhes tenho é muito sereno e natural, porque tem razões de existência. O Benfica é uma coisa muito má e negativa que precisa de ser combatida / censurada / eliminada, não porque sejam um clube rival do Sporting mas sim porque o benfiquismo que o Benfica produz e reproduz concilia em si muitas das piores características que podemos observar nos humanos, nas suas relações, modos de ser, estar ou viver.

O Benfica é uma merda.
Não vale nada, e nunca valerá nada.
Simples.

MM disse...

Valdemar ... o Benfica é uma merda. Fazer o quê? Acho que não exagerei. É um retrato fiel, exacto e minimamente justo daquilo que são, uma merda. Para que é que vamos fingir que não são ou dizer que a generalidade dos benfiquistas não se comporta como um pequenino balde de trampa que tenta salpicar por todos os lados tudo e mais alguma coisa em modo de afirmação de qualquer coisa que não são, nunca foram e nunca serão: coisa outra que não uma merda.

Isto pode parecer clubismo mas não é. E nem é sequer fruto de analfabetismo porque a maioria deles sabe ler e escrever, ou não circulassem por blogues, por exemplo. Faz mesmo parte daquilo que são, eles não sabem ser outra coisa. Basta vermos o que dizem, o modo como dizem, as coisas que afirmam, o que pensam de si próprios, o modo de ver o mundo, o sentimento de crédito que julgam possuir sobre todos os outros, como se alguém lhes devesse alguma coisa só porque nas suas cabecinhas tontas cheias de merda são "Gloriosos".
A águia Nazi no símbolo, as bandeiras NN no estádio, o vermelho de Hitler, a facilidade com que se agarram a termos como "inferno", "rolo compressor", "os maiores", e etc.

Tudo isto tem de ser convenientemente castigado Valdemar, e apontado. Só existe uma coisa pior que algo muito mau existir: esse algo existir e todos os outros que não fazem parte dele não fazerem um esforço para que ele seja erradicado. É disso que se trata: livrar Portugal de todas estas manias e formas de estar que são o espelho fiel do benfiquismo.

A Pátria, o Benfica e a Amália. Já lá vai o tempo ... miséria, repressão, ditadura, iliteracia e uma série de cancros sociais e intelectuais são felizmente para muitos coisa do passado.
Falta agora o resto: eliminar todos estes vestígios que se vão mantendo ... nos comportamentos individuais que infelizmente apenas a educação e a decência podem influenciar.

Como eles não querem ser educados nem sabem ser decentes, só nos resta lidar com esta escumalha do modo que merecem. E para quem sinta que exagero façam o favor de ter memória e lembrar aquilo que mesmo no plano "desportivo" são as suas actuações quando visitam uma Academia cheia de miúdos e famílias, os very-lights, os bastões, droga e armas apreendido/as às suas gentes, o presidente traficante de heroína, as bandeiras nazis no estádio, os Barbas que não obstante ter sido acusado de violação continua a ser um dos símbolos daqueles montes de trampa e todo um sem-fim de coisas que constituem o seu historial que de desportivo ou socialmente decente nada tem ...
Só isso.

pitons na boca disse...

E pronto... agora temos de esperar que a malta do blog escreva mais alguns posts, para esta anormalidade ir para o fundo da página até desaparecer finalmente de vista.

DUX_XXI disse...

@MM. Não sendo Benfiquista, graças a Deus, acho que exageras nalguns pontos.

Mas noutros tendo a concordar, nomeadamente na forma como aquelas cabeçinhas tontas conseguem ver o mundo.

Como já disse vivem num espectro órfico do qual não vão nunca sair. Porquê? Porque é um espaço confortável, avesso a mudanças e perfeitamente acéfalo. Daí que seja natural ter dirigentes com LFV e Rui Costa que nos momentos difíceis se desviam de JJ.

Eu não gosto de JJ e até acho que em nível de carácter o Benfica não poderia ter escolhido melhor «labrego», como diz o vómito, mas acho verdadeiramente nojento não aparecer ninguém a defender JJ num momento de necessidade. Isso não é ser Benfiquista porque em última análise o clube é que sai a perder.

LFV é presidente do SLB, mas poderia ser o presidente do SCP ou do FCP que agiria da mesma forma. Não é o Benfiquismo que o move, é a sede de poder.
veja-se a forma como a bandeja está servida: http://abola.pt/nnh/ver.aspx?id=234104

A única garantia que temos é de que quando o SLB voltar a ganhar estes dois figurões estarão "encavalitados" em JJ. O que neste clube acaba por ser normal...

low desert puke disse...

MM, e no porto e em pinto da costa o que é que tu ves de mal, conta là?

MM disse...

Directivo,
Qual foi a última coisa boa que naquele manto sujo prosperou ou cresceu nos últimos 25 anos? Nada. Desde jogadores, treinadores, a dirigentes: um redondo zero. Tudo aquela casa devora fazendo apodrecer o que é a princípio é bom e quer evoluir (Tiago ex-Leiria, Calado, Jorge Sousa, Edgar, Mantorras, Tiago ex-Leiria e ex-Chelsea, Moretto, Maniche e tantos outros). Não discuto valias ou desaproveitamento de jogadores mas sim de gente que pura e simplesmente no Benfica foi contaminado pela podridão das suas gentes e paredes. No universo dos técnicos, Mourinho, Autuori, o muito seu (deles) Toni que foi profundamente mal tratado, Manuel José que antes de para lá ir tinha reputação, uma carreira boa, e saindo de lá viu-se forçado ao exílio em África como modo de relançamento da sua pessoa, e agora até Jesus. Dirigentes, não são tantos quantos isso mas um nome chega ... Rui Costa, que nos relvados foi um príncipe mas que agora anda mais calado que um proxeneta mudo com medo que o fogo que faz arder Jesus lhe toque.

Colombo, obra arquitectónica que espelha tudo o que ao nível estético, paisagístico e funcional vai mal na sociedade portuguesa. Centro de reunião de criminosos que fazem a sua vida entre o Estádio da Luz, as Fontaínhas e o Alto dos Moinhos. Sim, obra do destino ... tinham logo de nascer perto do Estádio do Glorioso, coincidências.
A morte de Féher, a morte de um sportinguista no Jamor, o terror que foi a invasão da Academia há 1 ano e meio, as rugas da PJ às instalações das claques adeptas do Benfica que resultaram no que sabemos, o historial criminoso dos seus presidentes em que este supera e por muito Vale e Azevedo, tudo isto são coincidências.
A vergonha de vermos um 1º Ministro num ambiente repleto de fumo e vermelho fascista saudar o povo português em 2004 ao mesmo tempo que apadrinhava a sua tortura económica e social antes de fugir para Bruxelas, também coincidência. Os perdões fiscais, outra coincidência. A relação entre o Glorioso e personagens mafiosas do mundo da construção civil, outra.

Enfim, é só azares.
E azar dos azares, à nascença escolhem como símbolo a águia nacionalista que desde o período pós Romano identifica o nacionalismo Germânico e Prussiano. A juntar a este azar histórico, os seus adeptos lembram-se de pintar em enormes bandeiras vermelhos 2 caracteres que dispostos lado-a-lado fazem ler NN, NeoNazi.

São umas vítimas.
Durma quem quiser ...

MM disse...

Tiago ex-Leiria e Tiago ex-Braga, alguém de quem LFV disse na sequência de uma derrota na Luz para o Sporting por 1-3 em 2003: «Esse, só quer é dinheiro, nunca mais joga no Benfica». Felizmente, Mourinho redimiu-o. Como nós felizmente redimimos João Vieira Pinto, outro nome que a transbordar talento perdeu-se por completo para o Futebol e para uma vida equilibrada e sã nos 7 anos passados em Carnide.

Tudo coincidências.

low desert puke disse...

E o futsal pah?

MM disse...

O Futsal não sei, eu é mais evidências:

http://www.sportingapoio.com/sporting-e-a-26-%C2%AA-melhor-equipa-europeia-da-decad/

O que não seria se fossemos minimamente bem liderados.

Hattori Hanzo disse...

É preciso não ter uma ponta de minima de vergonha quando se fala em Manuel José e o clube da excelsa pessoa o escorraçou não 1 mas 2 vezes. O que se faz no Benfica faz-se em todos os clubes, dado que a maioria o que quer é vitórias e age por impulsos. Basta saber um bocado sobre psicologia de grupos. Valdemar essa do ser de Lisboa não faz qualquer sentido. Eu sou de Lisboa e de mal a mal prefiro o Sporting ao Porto: eu fiquei por exemplo contente quando vocês foram de novo campeões. O ódio irracional que gajos como o Fuinha ou o MM têm pelo Benfica não tem a nada a ver com a parte geográfica de onde nasceram ou residem.

Valdemar disse...

Hanzo,

mas penso que se nota mais em Lisboetas.

No resto do país, sabemos bem que quem nos encava constantemente, não é o Benfas.

Ou pelo menos, que uma Taça da Liga, não é o mesmo que Campeonatos Nacionais, anos a fio, segundo rezam as escutas...

Aproveito para meter aqui o meu bitaite para mais logo:

penso que ganha o Sporting.

E espero sinceramente que não seja um prémio oferecido pelo papa corrupto, numa espécie de pagamento em migalhas pelo pacto de não-agressão da parte do Sporting ao Porto.

Mas temo que seja.

low desert puke disse...

O papa nao paga nem oferece nada, Valdemar.

Temos inumeros exemplos disso, de clubes ou pessoas que serviram de muleta para os intentos portistas e depois na hora de retribuir qualquer coisa nao houve a minima migalha como pagamento ou ajuda...Familia Loureiro e/ou Boavista, Salgueiros, Maritimo com Pepe/Kleber, braga, adiamentos de jogos com o sporting, Moutinho, etc...

Se o sporting ganhar irà ser exclusivamente por mérito pròprio.

Hattori, "quem fala assim nao é gago". Mas podes tirar o cavalinho da chuva, pois o MM pretende erradicar a cultura salazarista logo ditaturial deste nosso Portugal. Mas se alguém lhe responde é ele que decide se a conversa continua ou nao, e passando por cima das respostas é ele que decide continuar na sua verborreia desenfreada esguinchando merda anti-benfiquista sozinho. Mas feliz. Nao dando a oportunidade a quem quer que seja de esboçar um contraditòrio, o que digamos, nao é nada ditaturial.

Valdemar disse...

Low,

nesse caso, estamos fodidos!

:D

Abraço.

P.S.: estou no gozo, acredito sinceramente na vitória do Sporting. 2-0

low desert puke disse...

Eu vejo uma conjectura favoràvel ao sporting. Mas nao acredito que este porto nao consiga marcar a este sporting. Mesmo perdendo.

2-1 para voces. Ou talvez 1-1.

Pesquisa personalizada