quarta-feira, 5 de março de 2008

Expandir horizontes

O que Baía fazia para consumo interno, o Helton levou para a Europa.
E aconteceu com tamanho descaramento e naturalidade que só posso pensar que é coisa deliberada e para continuar.
A área tornou-se pequena para Helton, e agora que já ultrapassou a linha ténue que a separa do resto do mundo, nada o irá parar.
Fica o desafio para tentarem imaginar por onde mais o Helton não hesitará em jogar as manápulas à redondinha.
Deixo algumas sugestões:
Helton na praia, Helton na Alameda, Helton no Lidl e Helton no club de strip.

3 comentários:

tio disse...

eheheh..

mas nao curti a eliminação do porto..

Bengas disse...

Pois, mas para compensar, o árbitro expulsou sem motivo justo o Fucile, e perdoou um penalty sobre o Farias. Esse foi dos tais que entrou para as comensações...
Também não gostei do Porto ser eliminado, até por ser contra alemães, que lutam connosco no ranking. Mas de vocês gostarei, sem dúvida!

Repórter H disse...

Pois eu cá gostei!
Corruptos do caralho, quanto melhores forem as sua prestações na Champions, mais €€€ terão e maior será a diferença entre nós!
Puta que os pariu!

Pesquisa personalizada