segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Onde está o brinco? Ou + 1 jogador à Benfica



Legenda: Vitor Batista de cu para o ar e Toni no auxílio à procura do brinco de 12 contos.
in http://benfica-fc.com
Este post aparece na senda da revolução sexual gay levada a cabo pelo historial de jogadores de relevo do balneário do Benfica. Não é mais do que uma daquelas estórias "só no Benfica".
Também nesta imagem se percebe melhor porque Toni, no "auxílio" traseiro ao companheiro há bem pouco tempo se "revia" no Javí Garcia.
Trata-se de mais um episódio de grande contribuição para a abertura das mentes do povo do terceiro anel, que a pouco e pouco de operário macho deram lugar aos abichanados literados que por aqui e ali pululam.
Reza a estória que depois de um "abraço" (um gesto bem caloroso entre jogadores desta estirpe encanada) de Caravungi, perdeu um brinco de 12 contos e pôs toda a gente, incluindo o árbitro, à procura. Como era o clube do povo já na altura, estas coisas permitiam-se ao Enorme, e assim o jogo esteve parado. Acontece que não encontrou o brinco e para afogar as mágoas foi à Portugália e abocanhou uma imperial de um sorvo só, algo que atesta as suas capacidades enormes de abocanhar. Tinha pedido uma lagosta mas nem lhe tocou. Tudo isto porque o brinco valia 12 contos e o prémio de jogo era 8. Capacidade matemática extraordinária. Quanto seria a lagosta? Noutra conta de cabeça recusou ganhar 550 contos para ir para o Setúbal ganhar 100. Mas daqui compreende-se que qualquer coisa é melhor do que jogar no Benfica.
Denominava-se o "maior", algo que este ícone gay conseguiu transmitir aos adeptos encarnados de hoje como bem se vê por toda a parte e especialmente neste blog.
São os maiores a abocanhar e outra estória que confirma que Vitor Batista o fazia como ninguém era a alcunha "Gargantas" que tinha do Vitória de Setúbal.
in Arquivos do Vitória
Falta descobrir de onde virá a expressão "carrega enorme" mas não parece difícil adivinhar.
Olhando-se ao espelho perguntou-se "Ó meu Deus, porque me fizeste tão belo?" e ficou com uma terceira alcunha: "Meu Deus". Algo que hoje faz parte do palavreado homossexual corrente.
Como não teve o reconhecimento de Eusébio que hoje tem que chular o Benfica para não acabar na miséria, acabou mesmo na miséria. É assim com as estrelas do Benfica. "Voltou ao Vitória, jogou no Boavista, andou por divisões secundárias – e acabou perdido nos distritais. Onde já só recebia uma sandes como ‘ordenado’. Para alimentar a dependência da droga e do álcool, começou a roubar. Foi condenado e esteve preso. Mãos amigas tentaram ajudá-lo mas já era demasiado tarde. Morreu com 50 anos."

11 comentários:

low desert puke disse...

"Não é mais que uma daquelas estórias "só no Benfica"."

Não é mais que um daqueles posts "vindos só do Fuinha, ou do tiozinho", diria eu.

Poderia perguntar-te qual é a finalidade do tempo que perdeste a criar tal coisa, mas provavelmente iràs responder-me como sò tu, ou o tiozinho, sabem...com o vosso frustrado e patético silencio.

Caneleiras de cortiça disse...

É bem. Falta acrescentar que isso se passou no Benfica-Sporting e na sequência do golo do Vítor Baptista, que veio dar a vitória aos de vermelho.
E também que o delicioso post é escrito por alguém que durante muitos anos se orgulhou de ter sido o primeiro dos abancados a furar a orelha.

Caneleiras de cortiça disse...

Ah, o link "do benfica desde pequenino" não funciona. Corrige lá isso

tio disse...

muahah

maybe the best post ever

low desert puke disse...

muahah

Maybe the dumbest post ever.

Corrigi-o por ti, nao tens de que.

luís Vintém disse...

Mas... não é o Sá Pinto que anda a dormir com os jogadores?

joemorales disse...

Fuinha, deves ser bem solitário. Melhor post de sempre. Que comédia.

Valdemar disse...

Porra,

sou do Sporting, mas não me revejo neste post.

E de futebol?

Há posts disso?

Esta merda começa a ficar parecido ao BNRB.

Caneleiras de cortiça disse...

Valdemar - Faltam-nos os concursos estupidos e as T-Shirts.

Repórter H disse...

Mas temos mais gajas.
Por falar nisso, fica já aqui prometido uma febra para mais logo.
E ainda meto futebol à mistura e tudo.

Stay tunned.

PS: a "côr" clubistica em nada influencia a capacidade de cada um se rever neste post, ou não. Para tal, ou se faz parte do "clube" do Fuinha ou não!

@leo@ disse...

Muito bom ...

Pesquisa personalizada