sábado, 23 de outubro de 2010

Joaquim Oliveira faz mais pela verdade desportiva do Benfica que o Luís Filipe Vieira


É sabido que de há uns tempos para cá o Benfica tem lutado com todas as suas forças, para que a verdade desportiva do Benfica impere em Portugal (tem sido mais ou menos de um mês e meio a esta parte, porque antes estava tudo impecável!). Entre outras coisas, os dirigentes benfiquistas têm apelado a que os seus adeptos não compareçam aos jogos da sua equipa fora do estádio da Luz (apesar de pedirem bilhetes aos adversários em larga escala para os venderem nas suas bilheteiras!), algo que não tem tido o eco esperado, já que diversos dirigentes de diversas casas do Benfica, por esse país fora, têm dito que depois de emborcar o Casal do Montinho e de dar porrada na mulher, ver o Benfica ao vivo e andar de táxi, são as maiores alegrias que um lampião pode ter.

E eis que neste cenário, surge alguém que através de um cunning plan, faz mais por afastar os benfiquistas (e todos os outros por sinal) dos estádios e por conseguinte a favor da verdade desportiva do Benfica que o próprio Luís Filipe Vieira. Quem? O Joaquim "estou de roupão" Oliveira!

E o que fez este senhor em favor da verdade desportiva do Benfica, perguntam vocês. Continua a marcar jogos para as horas e dias mais estapafúrdios que se possa imaginar. Neste caso, marcou o Portimonense - Benfica que se vai jogar no Estádio Algarve (porque a equipa algarvia tem o estádio em obras e não porque os seus dirigentes sejam antigos dirigentes do clube adversário e tenham decidido dar essa abébia ao clube oponente) no domingo às 20h15.

Para quem conhece a chafarica, sabe que chegar ao estádio de outra forma que não em viatura própria é impossível, a não ser que se goste muito de andar a pé ou se tenha um helicóptero e se goste muito de saltar de pára-quedas. Nenhum problema em ir para o estádio de carro, não fosse o facto de depois ter que se sair e como os acessos são excelentes, aquilo é um tirinho.

Quero com isto dizer que alguém que queira ir ver o jogo, muito dificilmente consegue estar em casa antes das 23h e como o jogo foi às 20h15, sem jantar, claro! E isto, se se morar no Algarve, porque se for alguém que more em Lisboa na melhor das hipóteses chega a casa às 3 da matina, com uma sandes (pela qual pagou o peso em ouro) no bucho. Ora se a pessoa tiver que ir trabalhar no dia seguinte, este programa é claramente proibitivo, ou seja, apenas quem estiver desempregado o pode fazer. Claro que neste cenário, com bilhetes a 20/25€, portagens para ir e vir a 40€, em combustível gastar-se outro tanto e ainda mais uns 15€ para comer na estação de serviço, está completamente fora de questão.

Ora digam lá se o Quim Oliveirinha não é um amigão do Luís Filipe Vieira?

4 comentários:

low desert puke disse...

H

Deverias ir ao site da CP e ver que existe uma estaçao de comboio a 300 metros do estàdio.

Em tudo o resto concordo contigo.

Ricardo disse...

Ehehhehe

Excelente.

Só achei mal uma coisa: "ver o Benfica ao vivo e andar de táxi, são as maiores alegrias que um lampião pode ter".

Isto pode ser muito mal interpretado. O benfiquista pode ser confundido com alguém que tem dinheiro e anda de táxi; Táxi, sim, mas como motorista. No máximo, como pendura, em cima do capot, o que tem a vantagem de poder aliviar os gases da feijoada pré-jogo sem que os restantes bípedes desmaiem.

Por exemplo, o Peter, do Family Guy, é obviamente benfiquista.

Dartacão disse...

Ena....um post made by lagarto, mas com pinta!
Viram como se pode falar mal do Benfica e nós acharmos piada?

E é mentira!! Eu não bato na minha mulher....





o vinho deixa-me num estado que não acerto em ninguem

pitons na boca disse...

Podes sempre sair em direcção a Esteval City para depois ir ter ao Patacão. :)

Eu não ando de taxi... e só não bato na mulher porque (ainda) não sou casado!! :/

Pesquisa personalizada