quinta-feira, 31 de março de 2011

Levante o dedo...

Depois de ter lido isto... e isto comecei a fazer mais uma das minha conjunturas...

Ora, conhecendo-se os intervenientes desta estória, pergunto: Era preciso? Não bastava ter mandado as imagens como prova? Dava-se um castigo e estava feito! Não, claro que não!

Não querendo chamar nomes aos bois... mas, felizmente, existe um site chamado youtube e, facilmente, se chega à conclusão que o cidadão que mora na moradia da Madalena, mais uma vez, deve ter dado um toque a um qualquer amigo de longa data (companheiro de travessuras), para que pegasse fogo àquela confusão e pudesse chegar junto do seu empregado e o convidasse a adulterar um bocado as coisas, porque convinha que a coisa parecesse super-hiper-mega gravissima. Faz-me lembrar uma estória de um jogador ex-brasileiro que mandou uma bota a um árbitro...

Enfim, mas isto sou só eu a pensar, pareço o Mel Gibson (mas mais bonito) no filme ¨A teoria da conspiração¨.

E depois, de repente, lembrei-me de uma outra estória, passada nesse mesmo clube dos arredores do Funchal, onde o terceiro melhor jogador dessa ilha, recentemente baptizado com as cores da nossa equipa das quinas, se lembrou, passado umas semanas, e por parva coincidência, após ter assinado contrato com o clube dos arredores de Gaia, que também tinha tido um tete-a-tete com o treinador em questão.

Das duas uma: ou por aquelas bandas há um problema grave de amnésia ou então alguém anda a tentar ajudar outro alguém...

Quem acha que esta coisa cheira mal, levante o dedo!



2 comentários:

JP disse...

É pá quando se começa a descascar no fceputedo,os lagartos como que por magia perdem o pio.Porque será?

Valdemar disse...

Pelo mesmo motivo que quando a tua mãe acende o cigarro ao lado do Pinto da Costa, tu não estás lá:

não se mistura o presunto com a velocidade.

Pesquisa personalizada