domingo, 13 de março de 2011

Por falar em simulações


Então não é que ontem foram os dias das simulações.
Primeiramente foi a sentença sobre a simulação, nem me vou alongar muito, foi apenas a confirmação de um facto.
Depois vem outra ¨simulação¨, esta um bocado mais grave. A ter acontecido, é um acto de verdadeira cobardia mas que em nada espanta vindo de onde vem. Já se sabe como a mafia do Porto de move, mas isto já é demais. Antes de ser vice-presidente, Rui Gomes da Silva, é um cidadão comum e deve ser respeitado como tal, por muito que custe a muitas pessoas. É por demais evidente que estes actos são totalmente repugnavéis e deveriam ser criticados por todos a bem do bem estar dos cidadãos. E isto vem mostrar o caracter de alguns, enquanto que, uns condenam, outros entram pelo caminho da palhaçada e que nada ajuda em serenar os animos. É verdadeiramente vergonhoso!!! E nem preciso de me alongar mais. Depois é favor queixarem-se se algo acontrecer quando da visita à Luz. Nós não sabemos jogar golf, e com as bolas nem nos safamos, mas aqueles tacos de ferro...Quem semeia ventos colhe tempestades.
Uma perguntinha...será que quem avisou da presença do vice do Benfica no restaurante foi quem também avisou o palhaço das Antas que a policia o ia buscar a casa e assim teve tempo para fugir para a Galiza??
Por fim acabo com mais uma simulação, sim, não consigo de deixar de dar uma picadela aos meus amigos verdinhos. Conseguiram simular que estavam em jogo durante 94mn, é obra.
Abraço meus amigos

14 comentários:

low desert puke disse...

Sempre a chorar, Dartacao. Nao chega jà? Adiante...

ana disse...

Não te tinha dito para esperares pelo relatório do observador?
E aqui tiveste a prova de que a coisa não foi montada pelo polvo/sistema. Se o tivesse sido, o observador teria dado nota positiva pelo favor prestado.
Independentemente de favores ou não, boas notas ou más, como é que vocês, com as imagens televisivas continuam a dizer que o Javi foi mal expulso é que é de bradar aos céus! Tenha havido ou não uma carga de ombro/empurrão do Alan antes.

ana disse...

Quanto a dares alfinetadas aos sportinguistas à conta das exibições no futebol, é tempo mal gasto. Já estamos anestesiados... mas registo o facto de, mais uma vez, não resistires a fazê-lo. Gostas mesmo de nos ouvir, não gostas? Não percebo é o porquê das birras, depois...

low desert puke disse...

"E aqui tiveste a prova de que a coisa não foi montada pelo polvo/sistema. Se o tivesse sido, o observador teria dado nota positiva pelo favor prestado."

Se esta frase nao fosse tao longa juro que a estamparia numa t-shirt.

ana disse...

estampa, estampa. e depois, com ela vestida, pesquisa na net, a ver como funciona o sistema.

low desert puke disse...

Entao e o que achas do regulamento da apaf que diz que um àrbitro com nota negativa nao pode arbitrar na semana a seguir? Mas arbitrou...

Sabes que nota teve o Xistra no jogo anterior? Deves saber, foi o Nacional-sporting.

E, por favor ana, responde objectivamente. Deixa-te de esgares e espasmos pobremente escritos em forma de comentàrio.

ana disse...

"esgares e espamos pobremente escritos"
cada vez melhor. andas inspirado. e eu a pensar que o "toque quezilento" seria o máximo a que conseguirias aspirar.

Como queres que te responda, se tudo o que seja contrário ao que dizes leva logo com adjectivos desses?...

Não faço ideia das notas atribuídas aos árbitros. Não é coisa que eu faça questão de saber. A não ser que a coisa seja escandalosa. E mesmo nessa altura, preocupa-me a nota que lhe foi dada referente a esse jogo, não vou à procura das notas dos últimos cinco jogos antes do que a mim me diz respeito.

Agora, puke, responde-me objectivamente, sem "esgares ou espasmos": o javi foi bem ou mal expulso?

low desert puke disse...

Nao quero saber do que achas sobre as notas dos àrbitros. Perguntei-te somente o que achas de um regulamento que diz claramente que um àrbitro com nota negativa nao pode arbitrar na pròxima jornada um jogo entre equipas do mesmo escalao, e quem manda(?) nas arbitragens nao teve pejo ou vergonha em ir contra os regulamentos e nomeou Xistra para a semana a seguir. és capaz de achar que isto nao é escandaloso? Que è leal e verdadeiro? Que nao é ir contra a lei estipulada? Và là ana, sem muito esforço conseguiràs admitir que qualquer coisa aqui cheira mal.

Sò isso, ana.

O Javi nao foi mal expulso. Mas o Alan também o devia ter sido, ainda que tu entendas que uma cotovelada nas costelas, fora de tempo, e acompanhada de uma pisadela seja apenas uma "carga de ombro".

Jà agora, se procurares num dicionàrio o significado de "quezilento", e depois lhe juntares a palavra "toque", aprenderàs algo de util para o futuro

ana disse...

ó meu caro, quezilento = low desert puke...

quanto às explicações sobre o porquê de nomear o homem se tinha tido nota negativa, terás que aguardar que o patrão dos árbitros dê a sua habitual palestra sobre o balanço da arbitragem das últimas 10 jornadas. Vai uma apostinha em que esse jogo vai dominar a conversa? Nessa altura terás a resposta.

Quanto ao Alan ser expulso, não concordo. Teve uma entrada ríspida. Lateral. Falta e cartão amarelo, sem dúvida. E falei em carga de ombro/empurrão, porque os árbitros apitam conforme lhes dá na mona. Para mim, carga de ombro é braço com braço, nunca braço com sovaco ou barriga.

Mas, pronto, admitires que o Javi foi bem expulso já é mais do que esperava de ti. Ainda há esperança!

low desert puke disse...

Sem qualquer ponta de ironia, ana, mas acho que devias rever a tua conduta de anàlise e entendimento no que concerne ao futebol jogado e às leis que o gerem.

Assim como a pròpria lìngua portuguesa e as questoes que envolvem a fìsica, a quimica e o corpo humano...e depois voltar a estudar as leis do futebol.

ana disse...

oi?

Unknown disse...

É simples Ana...
"Falta e cartão amarelo, sem dúvida"

Ou seja, e segundo as tuas próprias palavras, a falta que dá origem ao 1º golo do Braga foi marcada ao contrário.

ana disse...

Exacto, unknown. O que não é caso inédito, faltas marcadas ao contrário. Azar, azar (o vosso, claro), foi o Roberto dar a frangalhada que deu, num livre marcado quase da linha do meio campo e sem ninguém a estorvá-lo.

Unknown disse...

Quanto a isso só tenho a dizer o seguinte... só falha quem está lá e não o vejo fazer nem mais nem menos que os outros "Robertos" deste e de outros campeonatos. A noite de ontem em Paris foi mais um exemplo disso.

PS: A tua noção de "quase" é muito larga. Eu diria que ela quase foi marcada onde foi feita a "falta"... mas ali dava mais jeito para o pé esquerdo do Bianinha.

Pesquisa personalizada