segunda-feira, 7 de setembro de 2009

O segredo do sucesso SLB



o dinheiro do clube "vem de instituições financeiras" e prometeu revelar em breve a forma como arranjou as verbas necessárias para preparar a época futebolística

"Infelizmente estamos num país, ou num mercado - principalmente o futebol - em que normalmente somos copiados. E o segredo é a alma do negócio. Tivemos de o esconder bem para que ninguém o voltasse a copiar"

Meus Caros, de onde acham vcs que vem a guita?

eu digo que vem da droga!

15 comentários:

joemorales disse...

Tio, eu digo que é dor de cotovelo.

JNF disse...

Eu acho que vem de Alvalade. Deve haver um túnel secreto que faz o vosso dinheiro chegar à Luz. Só assim se explica que o Benfica ande a gastar e o Sporting a mendigar.

low desert puke disse...

Eu sò acho que a foto da nalga do JEB hoje na capa do record devia ser eleita a nova capa parva do banco.

Quanto ao Tio, nao acho nada.

Sérgio_alj disse...

Vem da droga que o LFV vende ao Tio!

joemorales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joemorales disse...

E a "coincidência" da lesão do Benitez? Não merece destaque?????

Caneleiras de cortiça disse...

Até prefiro que os emprestados não joguem. Assim pelo menos não dão casas nem fazem faltas harakiris

joemorales disse...

Então defendes a batota??

Caneleiras de cortiça disse...

Não. Mas se não jogam, aí é que não podem mesmo fazer batota.
Como o Beto no ano passado.
Jogadores emprestados a fazerem grandes jogos contra os proprios clubes só me lembro do Wender.

low desert puke disse...

Exacto. Visto que hà pouca (ou nenhuma) ètica nesta questao, corta-se o mal pela raiz se todo e qualquer jogador emprestado for impedido de jogar contra o clube com o qual tem contrato.
Nao è a resoluçao que acho mais justa, mas pelo menos lesoes subliminares (90% das vezes com gajos emprestados pelo porcto, sintomàtico) nao aconteceriam.

Padrino Visconti disse...

Enquanto não se aplicarem as leis como na Premier League, ou seja, não é permitido emprestar a clubes da mesma divisão, estes podres não acabarão nunca.
Tal como o exemplo dado, só nós, Sporting, é que somos uns anjinhos, e até parece um factor extra de motivação (correctíssimo, aliás, pois é o jogo em que têm maior visibilidade para o clube para onde desejam regressar), tendo nós tido vários jogadores emprestados a fazer grandes exibições e a ter influência no resultado contra nós. O Wender foi apenas mais um...

Caneleiras de cortiça disse...

Para mim era criar já equipas e jogos de reservas como em Inglaterra.
Os juniores, jogadores à experiencia, jogadores que regressem de lesões e jogadores à espera de colocação jogavam nessas equipas de reservas.
No mesmo dia, no mesmo local mas 2 ou 3 horas antes dos dois planteis principais se defrontarem, defrontavam-se os reservas.
Tinham publico, motivação e competição.
Porque não?

low desert puke disse...

Caneleiras, antes existiam as equipas B. Mas, và-se là saber porque, decidiram acabar com isso, rapidamente, e o porcto foi quem mais fez pressao para que isso acontecesse. Và-se là saber porque.

Caneleiras de cortiça disse...

Mas as equipas Bs eram algo diferente.
Competiam num escalão diferente, e ninguem tinha interessa em ir ver um Benfica-Cova da Piedade.
Agora se antes dum Benfica-Belenenses tivesses um Benfica-Belenenses em reservas, onde podias ver os putos, os nao convocados e um ou outro à experiencia, se calhar ías mais cedo para o estádio ver esse apetitivo

low desert puke disse...

Pois ia. Mas no fim ia dar ao mesmo, isso impediria que certas equipas tivessem 45 gajos emprestados na I Liga.

Pesquisa personalizada