sexta-feira, 6 de março de 2009

O Miguel é um goodfella


Há um anúncio a um programa qualquer numa estação de rádio, que não sei qual é, não me interessa saber, nem é minimamente relevante para esta história (para mim será sempre história; começo já a treinar para velho razinza que sei que serei), em que o locutor diz qualquer coisa do género: "he's a goodfella... It means he is one of the guys, he's one of us!"
O que levado à letra significa que o Miguel Veloso é um goodfella! Ou seja, é um dos rapazes, um de nós.
Explico. Tal como qualquer um de nós, o Miguel é um gajo que não gosta do emprego que tem, que se balda sempre que pode e que faz corpo mole ao trabalho no duro. É um gajo que não gosta do patrão e que acha que o chefe, além de ser um idiota, implica com ele sem motivo. É ainda um gajo que acha que está mal pago para o trabalho que faz, embora muitas vezes seja posto a fazer trabalhinhos de merda, muito pouco condizentes com o talento que tem e que por isso gostaria de mudar de emprego. Gosta, como qualquer um de nós, de gajedo, jantaradas e noitadas. E que sonha em ser modelo.
Enfim é um goodfella e portanto um de nós e por isso, aí de quem disser mal do gajo, que já sabem que a malta é muito unida e que quem faz mal a um, faz mal a todos.
Miguel, já sabes: conta connosco, pá!

2 comentários:

Carga d'Ombro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carga d'Ombro disse...

Acho graça a este fedelho.

No futebol ainda não mostrou nada. Possivelmente nem no Gil Vicente teria lugar.

Mas julga que já é uma vedeta. Depois, vai-lhe acontecer como o Dani: acha-se o maior e não chega a lado nenhum...

Bem ou mal, o Moutinho fez "fita" mas ainda vai mostrando algum futebol...

Não há paciência para putos ignorantes!

Pesquisa personalizada