quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Meia surpresa



1-Sumarissimo ao Luisão? Está tudo doido?
O que vale é que com o garantidamente deferido pedido por parte de suas excelências para passar de sumaríssimo a sumário, e com recursos (pese embora o facto de haver paragem de campeonato) toda a gente sabe que o CJ decide quando muito bem entender o que muito bem entender, e quando for mais conveniente aos seus patronos, pelo que certamente lá estará para receber o Sporting (não que me faça diferença, a menos que os cotovelos se aproximem do nosso gr).
E quem sabe se não ficará sem castigo e o árbitro multado por ser parvo e não ter expulso o Sapunaru no mesmo lance, ficando assim a CD sem razões para sumaríssimo.

2-E disse receber, porque toda a gente sabe que a catedral não se interdita, como transcrito no comunicado:
"A CD da Liga dá conta dos relatórios recebidos por parte da equipa de arbitragem e também dos delegados ao jogo com o FC Porto de sábado, confirmando que, aos 19 minutos, o árbitro assistente José Ramalho foi atingido no pescoço por um adepto claramente identificado como sendo do Benfica.

Acrescenta ainda que, aos 80/81 minutos, o árbitro assistente José Luís Melo foi atingido na cabeça por uma garrafa de água cheia, arremessada por adeptos colocados numa zona claramente identificada como sendo do Benfica, o que lhe provocou um hematoma com corte no centro da cabeça.


Tanto o relatório da equipa de arbitragem como os relatórios dos delegados da LPFP relatam que os incidentes não foram impeditivos para que os árbitros assistentes continuassem no desempenho das suas funções no resto do jogo

Assim, a Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD foi multada em 1.500 euros pela primeira infracção e em 2.000 euros pela segunda."

Ou seja, ficamos (quer dizer, ficam os vermelhinhos, os impunes) a saber que é possível agredir, invadir, estropiar os árbitros, conquanto se tenha o cuidado de os deixar a andar, e assim com condições para continuar o desempenho das suas funções.
E como os acontecimentos neste jogo pecaram por escassos, e por vergonha de aplicarem um castigo, seja ele qual for, aos benfiquinhas, ainda dá direito a desconto da multa referida nos regulamentos como entre 5000 e 15000euros, passando a 3500.

Fica ainda a seguinte tabela de preços:
-Estrangular o 4ºárbitro vestido de diabo: 1500euros
-Arremessar garrafas cheias vestido de vermelho cortando os cornos ao assistente: 2000euros
-Arremessar moedas não causando ferimentos vestido de verde: Interdição do estádio
-Festejos de golos do Yannick: 1250euros

"A Comissão Disciplinar (CD) da Liga decidiu castigar Yannick Djaló com multa de 1.250 euros pela forma como o avançado do Sporting festejou o golo da vitória dos leões frente ao Paços de Ferreira."


Ou seja, toda a gente fica a saber (se ainda não sabia) que o festejo de um golo verde é muito mais grave (1250e) do que uma agressão vermelha (1000e), por ser muito mais anti-futebol, contemplando a multa máxima da pena prevista para a primeira (infracção prevista no artigo 125º do Regulamento Disciplinar que se reporta ao «uso de expressões ou gestos ameaçadores». A pena prevista vai do um jogo de suspensão até às duas partidas, além de uma multa de valor entre 100 e 1250 euros), contra a multa quase mínima da pena prevista (é aplicável o artigo 120, número um, do Regulamento Disciplinar. A pena varia entre um e cinco jogos de suspensão e uma multa entre 500 e 5000 euros. A CD decidiu sugerir dois jogos e mil euros.) para a última.

Assim é a justiça no nosso futebol, tipo touro, investe, neste caso não contra, mas sim no vermelho!!!

7 comentários:

The Wall disse...

Uma boa exposição desta treta toda. Quero lá saber se interditam o estádio para jogar com o Sporting. Eu tenho é que exigir que o castigo seja justo! Um adepto agride um fiscal e o clube é multado em 1500 euros! Está tudo doido agora? Foi das agressões mais graves que vi no último tempo e bare um precedente bastante perigoso.Mais do que palhaçada, é estupidez mesmo!

EntradàVirilha disse...

E ainda vamos para a terceira jornada... Isto promete...

tio disse...

se o fiscal de linha se tivesse deitado no chão a espreniar de dores e se chamasse o 4º arbitro pra dizer q nao tinha condições psicologicas para continuar o jogo, aí sim teriamos um castigo mais severo.

mas como o fiscal de linha até deve ter achado piada à situação ridicula de ver um arangutango labrego a saltar lhe em cima, ficamos com uma punição tb cómica.

Padrino Visconti disse...

Sim mas reparem que, para alem do orangotango, tambem houve uma garrafada nos cornos com ferida!!!
E tb deve ter achado piada o bandeirinha, talvez adepto do SM

Bengas disse...

É patético! Qualquer arremesso de qualquer objecto a um árbitro ou jogador sempre deu 1 ou 2 jogos de interdição. Aqui além disso, tivemos a entrada de um adepto em área proibida e agressão a um árbitro in loco. E nada!? Recordo-me do Sporting ver o estádio interdito há bem pouco tempo, na sequência da entrada no campo de adeptos no momento em que o Benfica marcou um golo em Alvalade (em 2006, se nao me engano)

Repórter H disse...

Só tenho duas palavras:
Espé - táculo

Bengas disse...

E pronto... parece que o post est� absolutamente certo! L� est� o gorila dispon�vel para jogar o derby! Ali�s, vamos ver quando � que vai cumprir o castigo.

Pesquisa personalizada