sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Este Mister é um Mister


Os frequentadores d'O Banco votaram, está votado. José Couceiro é o treinador, por mérito próprio, da Nightmare Team.
A minha vida cruzou-se com a do Zé há uns 15 anos. Tínhamos em comum estarmos na mesma turma, do mesmo curso da mesma faculdade, no mesmo ano e com alguns amigos em comum. E o facto de nenhum de nós ir às aulas. Tudo o demais nos diferenciava. Eu era um puto de cabelos compridos e t-shirt, que ía para a faculdade de scooter. Já o Zé era um senhor, de fato e gravata que chegava no seu bólide. Eu não ía às aulas porque não estava para isso. Ele não ía porque tinha mais que fazer. "O Sindicato" dizia ele. E por isso conseguia os apontamentos dos totós que íam às aulas. Afinal, ele era um senhor!E foi num tasco lá prá Junqueira, entre caracóis, cervejas e "quem me arranja os apontamentos de Comercial?" que privei com o Zé sobre o futebol. Na altura fiquei com a sensação de haver nele uma costela portista. Mais tarde, soube que a costela era ancestral e verde e branca. Mas o Zé era "o pintas". O vendedor de automóveis por excelência. Não falava, ensinava. Não tinha duvidas, porque da poda sabia ele. Circulava e fazia o favor de dirigir palavra ao resto do mortais. E foi a ideia com que fiquei do Zé. De lá para cá, muito mudou.
Eu cortei o cabelo e o Zé largou o sindicalismo.
Foi director-geral do Sporting, e a sua grande aposta foi num treinador: "Carlão".
O homem dos chupa-chupas foi posto a correr e o Zé também por lá não ficou muito tempo.
Do Sporting mudou-se para Alverca, onde permaneceu até 2002, ano em que conseguiu alcançar a 2.ª divisão de honra...vindo da 1.ª divisão.
Não convencido, tirou o curso de treinador e voltou ao Alverca para mostrar a sua arte. Parvos ficaram os ribatejanos quando no fim do primeiro ano a equipa subiu de divisão. Descansados ficaram quando no ano seguinte, o Zé voltou a por o Alverca na 2.ª.
No ano seguinte seguiu para Setúbal de onde, após uns quantos jogos ganhos, marchou para a Invicta, onde nesse ano de 2005 foi consagrado o campeão: Benfica.
De lá para cá, foi contratado pela FPF para estar à frente dos sub-21, tendo-se conseguido classificar para nada, foi despedido pela FPF, voou para a Lituânia onde chegou a ser seleccionador nacional, foi despedido e actualmente treina o FBK Kaunas.


Estes anos todos depois, vai-se a ver e o gajo que cravava os apontamentos ganha sondagens n'O Banco e eu népias. Isto só se safam os espertalhões!!

7 comentários:

fantasma do Óculo disse...

Quem sabe, sabe. E o Zé é que sabe.

Abraço Leonino!

Padrino Visconti disse...

E ainda assim conseguiu haver 1 palhação a votar no Jozic, que foi apenas o treinador que me proporcionou ver o futebol mais espectacular que me foi permitido presenciar num estádio de futebol, com uma equipa cheia de putos talentosos e com garra, que davam espectáculo todos os fins-de-semana.
Travado na luta pelos títulos pelo adversário mais poderoso de então (e de agora) - o submundo da bola - numa temporada que, se não foi per se o motivo, muito contribui para o luto leonino!

Quem votou neste Senhor treinador ou é lampião ou não percebe nem gosta de futebol, o que equivale a dizer o mesmo.
E como personificação-mor deste tipo de gentinha, até aposto que foi o Mikas Labrego o votante.

Padrino Visconti disse...

E ainda assim conseguiu haver 1 palhação a votar no Jozic, que foi apenas o treinador que me proporcionou ver o futebol mais espectacular que me foi permitido presenciar num estádio de futebol, com uma equipa cheia de putos talentosos e com garra, que davam espectáculo todos os fins-de-semana.
Travado na luta pelos títulos pelo adversário mais poderoso de então (e de agora) - o submundo da bola - numa temporada que, se não foi per se o motivo, muito contribui para o luto leonino!

Quem votou neste Senhor treinador ou é lampião ou não percebe nem gosta de futebol, o que equivale a dizer o mesmo.
E como personificação-mor deste tipo de gentinha, até aposto que foi o Mikas Labrego o votante.

Repórter H disse...

Depois de ler o post do Caneleiras, só se pode concluir que deve ter sido o Couceiro a votar no Jozic.

low desert puke disse...

O Peseiro, meus senhores..e o Peseiro? Nao sò (nao) fez o trabalho que todos sabemos como tambèm acaba em "eiro". Merecia mais, ou menos, depende da anàlise.

Ricardo disse...

"Quem votou neste Senhor treinador ou é lampião ou não percebe nem gosta de futebol, o que equivale a dizer o mesmo."

Com uma frase destas, é bem capaz de ter sido o Padrino a votar no Jozic!

Ou então foi o Binya. Não, caguem, foi o Binya.

Por falar em Tio, o gajo nunca mais escreveu nada. Anda deprimido? Mandem-lhe um abraço. Não é fácil perder digerir uma derrota de 4-1. Tadinho.

Quanto ao Couceiro, Caneleiras, admiro-te por, mesmo tendo contactado com o homem, teres mantido a decência. Não deve ser fácil não ficar afectado por este bípede.

Já o Binya não conseguiu. E nem contactou com ele, o que é ainda mais extraordinário!

BELENENSES ILUSTRADO disse...

Na excelente Biografia (ou será CV) que escreveu sobre este grande senhor do futebol da Lituania falta um momento importante para a sua (dele) carreira: a descida de divisão do Belenenses, que foi salvo, na secretaria, pelo caso "Mateus".

Pesquisa personalizada