quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O Ronhó-nhó joga como um adepto


Li em tempos e algures que o Vukcevic jogava como um adepto. Quem o escreveu, adepto do jogador leonino, revia nele toda a paixão que um adepto sente ao longo dos 90, ou melhor 90+1 que é para dar tempo do Toni afiambrar o 5º e que essa atitude era trasposta para o terreno de jogo, participando em cada lance como se fosse o último e sempre na esperança de que cada bola recuperada é o início do lance do próximo golo da equipa.
Era um texto emotivo em que um adepto, revia no seu idolo um adepto.
Depois de ontem, chego à conclusão que quem joga como um adepto, não é o Vukcevic. É antes o Romagnoli, ronhó-nhó, para os amigos. Ora o Ronhó-nhó, como a muitos dos adeptos do Sporting, tem uma Game Box e vai ao estádio ver os jogos quase todos.
Na maior parte deles, passa o jogo sentadinho na sua cadeira, que fica ali do lado da tribuna do presidente, cá em baixo junto ao relvado a ver os seus idolos jogarem (chamemos-lhe isso para simplificar). De quando em vez, como todo o adepto, o Ronhó-nhó, vibra com os golos do Sporting e irrita-se com os do adversário. Assobia os seus idolos quando fazem merda e aplaude efusivamente, quando um deles faz um passe para um lado enquanto olha para o outro.
Mas o Ronhó-nhó, às vezes excede-se na emoção e vai todo equipado para o estádio e no meio do seu entusiasmo acredita que está no relvado junto com os seus idolos e aí, assim a modos que corre, finta, passa a bola e diz-se que até quase que remata. Enfim é um fartote. Como qualquer adepto, o jeito para a bola é menos do que ele pensa, mas ainda não desistiu da esperança de um dia numa qualquer peladinha na praia, vir a ser observado por um qualquer Lippi da vida, que o chame para o estrelato mundial.
Este ano o Ronhó-nhó, continua a acreditar que é possível ganhar qualquer coisa e até já confidenciou que vai continuar a assistir aos jogos da equipa, quer seja em casa, quer seja fora e ao que consta pensa mesmo em renovar a sua Game Box. E apesar de já ter comprado umas belas pantufas e um robe fofinho e quentinho, só ocasionalmente vai ver os jogos do seu clube com tal indumentária, no remanso do seu lar.
Infelizmente, não é só o Ronhó-nhó que joga com um adepto. O gordo, o campeão do mundo, o ninja, o bêbedo, entre outros também o fazem com mestria.

8 comentários:

Caneleiras de cortiça disse...

Eh lecas. Já sei o que é o H a seguir ao Reporter. É de "Hás-de ter muitos amigos sportinguistas, hás-de..."
(a palavra que me apareceu no verificador foi LAMPLOG...há coisas do arco da velha)

low desert puke disse...

Mas onde è que o Paulo Bento aparece nesta història toda?

Ricardo disse...

Propunha ao Bengas, esse Oliveira e Costa das estatísticas mexicanas, que procurasse nos seus arquivos mais secretos para ver se encontra alguma equipa que, nos oitavos-de-final da Champions, tenha mamado 5 secos em casa.

Agradeço desde já a motivação, denodo e capacidade de investigação do Bengas "ávido por recordes".

Pinchas disse...

Aos pobres de espírito que pouco percebem de futebol e insistem em falar do que não sabem, aqui fica um conselho de quem compreende o que é o futebol:

http://entredez.blogspot.com/search/label/Romagnoli

Aproveitem e instruam-se.

Repórter H disse...

Gosto mesmo quando os iluminados descem do seu pedestal e com a eloquência que lhes é característica e de forma magnânime e desprendida, nos mostram a nós pobres estúpidos o óbvio e de tão simples compreensão.

Sinto mesmo que cresço enquanto ser humano, quando de uma forma desprendida e humilde, estes seres mais capazes me ensinam algo.

A ver se deixo de dizer parvoices e alarvidades.

Quem sabe um dia, também eu, poderei depois de muito aprender ver o Maradona que há em cada Ronhó-nhó que de uma forma visível apenas aos olhos dos mais ricos de espírito, passeiam classe pelos relvados que têm a felicidade de por eles serem pisados, ser capaz de espalhar a mensagem e instruir aqueles que não tiveram a felicidade de nascer com o "dom".

Sim, porque isto só pode ser um "dom"!

Obrigado. Prometo não voltar a ser parvo e consultar alguém mais eloquente que eu antes de postar. Pode ser assim? Ou linko já directamente o meu blog ao teu? Ou vais sozinho?

Pinchas disse...

Ninguém te pediu para ver um Maradona em cada Romagnoli (chamas-te repórter, contudo seria absurdo comparar-te a um jornalista como Peça ou Agostinho), apenas te é solicitado que saias do antro escuro e bolorento no qual guardas comparações e teces comentários acerca do futebol.

O meio pelo qual o fazes pouco me importa. Faz como quiseres...desde que aprendas...

Ah, e o blog não é meu, nem tão pouco de alguém que conheça, apenas vem provar que, tal como os ignorantes se agrupam, também aqueles que não o são o fazem.

Repórter H disse...

Mas compraste a verdade ou foi-te oferecida?

Pinchas disse...

Estava em saldos...junto com as verdades deste blog...

Pesquisa personalizada