terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Proezas do Proença

"...Porque o árbitro se encontrava bem colocado e perto, cerca de 3/4 metros, e foi peremptório a assinalar a grande penalidade, aliado ao facto de não terem existido protestos de jogadores da equipa penalizada, que aceitaram pacificamente a decisão, com excepção do faltoso, único a esboçar contrariedade, damos-lhe o benefício da dúvida"
É esta a conclusão do observador ao lance do último Porto-Benfica, no qual a mão do Yebda no peito do Licha, aliada a uma corrente de ar traseira, projectou o argentino alguns metros para a frente.
Os argumentos são, no entanto, algo discutíveis.
O arbitro não estava a 3/4 metros. Para mim o árbitro estava no epicentro da jogada, uma vez que se notou que Proença estava no bolso (ou na mão) dos jogadores do Porto.
Estivesse ele equidistante de ambos os clubes e não teria assinalado aquela falta.
É óbvio que Proença foi peremptório ao assinalar a falta. Isto se como peremptório considerarmos decisivo, um dos seus sinónimos.
Quanto à ausência de protestos, deveria querer o sr. observador (e provavelmente Proença também), que os jogadores se insurgissem, de forma a poder amarelar mais um ou outro. Não teve essa sorte...se bem que já vi jogadores do Benfica serem expulsos por palavras sem terem aberto a boca.
Fica para o senhor observador alguns exemplos de como Proença é próximo e peremptório, e do que serve "esboçar contrariedade".

Razão tinha o nosso Zizu que uma noite, a cerca de 3 metros de distancia, esboçou contrariedade a Proença, dirigindo-lhe um rechonchudo "filhádáputá". És um sábio, Zizu

4 comentários:

low desert puke disse...

Durante as imagens com o Geovanni, lembrei-me de como è que era possivel marcar penalty ao lisandro no outro dia.

Confirmei isso com o lance do Mantorras.

Fiquei fodido com o segundo lance com o Simao.

E caì da cadeira a rir com o lance entre o Silva e o Moreira.

Caneleiras de cortiça disse...

Queres continuar a galhofa?
Este fim de semana vê o Olegário n'Alvalade.
Este homem é capaz do melhor

Repórter H disse...

O Proença é "afilhado" do Vitor Pereira e o Olegário "amigo" do Dutreaux da UEFA. Assim se sobe na arbitragem em Portugal!

Zizu disse...

Amigo caneleiras
Eu avisei-te. Tinha razão de ser essa atitude. Mas este senhor não aprendeu está a precisar de outro grito

Pesquisa personalizada