quarta-feira, 27 de maio de 2009

Ai, ai

Num ano em que o Benfica tinha jogadores como o Marinho, Jamir ou Luiz Gustavo, só isto para me fazer rir

8 comentários:

low desert puke disse...

Nem foi o nosso pior plantel. Lembro-me de Bermudez, Tiago, Panduru, Valdo, Amaral ou Ronaldo. Para nao falar no deus da baliza e no JVP.

Mas depois tinhamos também o Pringle e todo o equilibrio(?) voltava à estaca zero.

Fuinha da Bola disse...

Ainda hoje se devem rir disto...senão é só chorar, ou não?

low desert puke disse...

Entao relembra là à malta as principais figuras (boas ou màs), do plantel sportinguista em 1997, para a malta continuar a rir ainda mais um bocado.

VHugo disse...

Então e o Escalona, Dudic, Pesaresi, thomas...

gostaria de saber se ha disponibilidade de adicionar o meu blog a lista dos seus blogs associados.

www.futebolisticamentefalando-tuga.blogspot.com

obrigado

Fuinha da Bola disse...

Em 97/98 tínhamos o porco Simão. O Iordanov que apesar de fazer asneiras foi um bom jogador, reconhecido na sua selecção também. O Gimenez que mais tarde saíu do Sporting e se transformou no Bruno Marioni (acho que não eram a mesma pessoa, mesmo) e jogou menos mal. O Leandro que era bom avançado e parecia um desenho animado do Popeye.
O grande Barbosa, o jogador português com mais classe a jogar em Portugal na altura. Ainda o Oceano que sempre me irritou. O Hadji que era bonzinho. O Nuno Valente que era um grande barrete e conseguiu ganhar títulos posteriormente com o Mourinho. O Beto que na altura era bom e que o Paulo Bento soube limpar e bem quando chegou. O Marco Aurélio de quem tenho boas recordações. O Saber que jogava mais ou menos até ao Ramadão. O Quim Berto que nos enterrou em Lierse se não me engano (um golo ridículo que a bola depois de um lançamento lateral bate no chão e passa por cima dele rente ao poste), foi o melhor jogador na sua posição em Portugal jogando no Guimarães e depois foi o que se viu. Foi uma época em que contratámos supostamente bem em Portugal, buscando os melhores em cada clube. Não eram para o Sporting: Quim Berto, Paulo Alves (tinha sido o melhor marcador em Portugal no Marítimo, era de esperar que no Sporting marcasse mais ainda, ficou conhecido como o Barrote apesar de atingir dois dígitos na 1ª no SCP), etc. Mas o Barbosa sim. :) Na Champions League, se os jogos durassem 45 minutos teríamos feito uma grande prestação. Infelizmente o Octávio Malvado saiu e o Chico Vital conseguiu que levássemos do Mónaco que tinha uma grande equipa. Com o Malvado conseguíamos ganhar ao Porto, ter um balneário de ferro e conferências de imprensa engraçadas...(1 min de silêncio)..."ai eu sou palhaço? ai eu sou palhaço? fui mais que pai dele". Há, e havia o Afonso Martins também. Na altura havia um fetiche por jogadores emigrantes.

Fuinha da Bola disse...

Uma época não, foram duas ou três épocas em que tentámos contratar bem em Portugal. O Barrote estava lá há 3 anos ou assim...

low desert puke disse...

Là està. Aqui hà uns dias andàmos a debater jogadores completos, do ponto de vista fìsico e psicològico, curriculums, etc.

Por isso, como è que o Pedro Barbosa, jogando apenas 45 minutos por jogo era "o jogador português com mais classe a jogar em Portugal na altura", se percorrendo uns metros ali pela 2° circular habitava um senhor chamado JVP.

O PB era um artista, um gajo com bom toque de bola, visao, mas se no plano fisico aguentava meio jogo como è que pode ser considerado o melhor durante uma qualquer época? Repito, meio jogo...


Depois completo o teu comentàrio relembrando os que deixaste para tràs: o tractor Ouattara, o invisìvel Ramirez, o Peixe (palavras para que), o Pedro Martins (mais palavras para que), o Marco Almeida e o...Leao. De momento nao me lembro de mais.

Fuinha da Bola disse...

Esses não foram bem desta época, à excepção do Marco Almeida e o Leão. O Marco Almeida foi daquelas promessas que nunca se cumpriram. O Leão nem teve tempo para mostrar o que não valia.

Pesquisa personalizada