segunda-feira, 11 de maio de 2009

Imagine ou a pergunta de hoje

Imaginem que o Sousa Cintra tinha tido a oportunidade de continuar a estudar para lá da 4ª classe. Quem é que teriamos hoje em dia?

12 comentários:

Chico Fonseca disse...

É impressionante como não existe um candidato que me empolgue um bocadinho pequenino, assim uma coisinha que me deixe a pensar: "isto agora é que vai ser!" Vá, ok, isso também é exagerado, mas pronto um "epá, se calhar com este ainda lá vamos" ou pelo menos um "olha que este gajo ainda me pode surpreender!".
Olho para a vitrine e passo com ar enjoado pelo mesmo Bolo de Arroz, o mesmo Pastel de Nata e o mesmo Caracol. Se calhar já com alguns dias...

tio disse...

grande Sportinguista!!

reporter, trata-te!

já sabemos que nao gostas de ninguem e que só tu provavelmente tem valor pra lá estar!

candidata-te homem!!

Repórter H disse...

Eu ofereci-me. Ninguém me ligou nenhuma...

Não está em causa o Sportiguismo do Sr., nem o do Sousa Cintra já que falamos disso. Aliás sobre isso devem até estar acima de uns e de outros. Nunca os vi a festejarem títulos do FCP.

Sobre as suas ideias para ser presidente do Sporting, tenho algumas dúvidas, nomeadamente por já ter dito que é totalmente alinhado com as ideias da equipa do Soares Franco.

Aliás sobre isso, podemos falar um bocadinho, quando e onde queiras. Gostava de perceber se concordas, com a actual organização de toda a estrutura empresarial do "universo sporting", com 9 empresas, em que não se sabe muito bem quem faz o quê.

Se concordas com a forma como os sócios têm sido tratados nos últimos tempos.

Com a gestão desportiva, onde nao se cultiva o rigor e a exigência e onde todas as atitudes públicas de defesa da equipa sejam deitadas para cima das costas do treinador.

Se concordas com ideia da passagem do património do clube para a SAD e respectiva venda no mercado.

Se achas bem que clube reduza a sua particição para 40% da SAD, o que significa que pode acontecer o Sporting vir a pertencer a uma pessoa que compre os restantes 60%.

Ou ainda se te sentes satisfeito com os resultados conseguidos pelo clube nos últimos anos e portanto que devemos seguir a mesma linha, começando por essa de que quem não abana a cabeça a tudo o que vem destes senhores que nos últimos anos têm feito o favor de nos liderar, apesar de todos os aborrecimentos e contratempos que dedicar a horinha diária ao clube implicam, é porque está contra e faz parte de uma "força de bloqueio".

Bengas disse...

Pois eu até estou optimista quanto a estas eleições. Pela primeira vez em algum tempo vamos ter mais do que um candidato. Vamos ter discussão. E todos os que se perfilam como candidatos até à data têm muito valor nas suas áreas de actividade. Sinceramente, deixa-me descansado.
Por outro lado, não podemos olhar só para o n.º 1: é preciso ver toda a equipa. Isso é que será determinante e agora apenas temos alguns nomes (mas bons, na sua maioria)
Obviamente que haverá decisões de estratégia financeira determinantes a serem tomadas, mas a nível de competência e seriedade sinto-me confiante.

Mas ainda em resposta ao chico fonseca, claro que são caras conhecidas! quem é que querias que aparecesse? Um desconhecido? um daqueles magnatas que diz que vai revolucionar tudo e fazer promessas infundadas? Isso é postura à Benfica e não resulta nem a queremos no Sporting. O último que fez isso chamava-se Jorge Gonçalves...

Leão de Alvalade disse...

ReporterH:
Fica aqui o meu protesto e de forma veemente! Estás a ser muito mau com o homem, caramba!

(para que não restem dúvidas estou-me a referir ao Sousa Cintra...)

Chico Fonseca disse...

Não me importa se são conhecidos ou não. Estou a falar que os que vi e que não gosto. Sei que se falavam em nomes como o Dias Ferreira, o Rogério Alves, Abrantes Mentes entre outros. Sei também que isto está desactualizado e que me deixou desinteressado pelas eleições.
Agora, sei que existem outras alternativas. De qualquer modo, e tendo por base que pelo menos o Sr. da foto que julgo continuar a ser uma hipótese volto a dizer que "não obrigado". Ele pode ter muitas virtudes nomeadamente sentir o clube e defendê-lo com unhas e dentes.
Não acho é que tenha perfil para liderar nem conhecimentos sobre futebol suficientes. Sim, acho que um presidente deve ter interesse por futebol.
Relativamente aos outros que tinha visto podendo ter mais perfil de liderança não sei até que ponto serão presidentes de balneário factor a meu ver muito importante.
No fundo acho que além de rigor nas contas é necessário um pouco de sensibilidade para certas questões que movem os adeptos. Falo por mim, foi o ano em que menos vontade tive de assistir a jogos do Sporting. Vi muitos por obrigação e cheguei a mudar de canal, e isso nunca acontecia. Sim, porque ir ao estádio com excepção do jogo do Benfica para a taça e campeonato, onde realmente sentiria pena de não ter ido, foi muitas vezes também obrigação, até chegar ao ponto de raramente ir. Sim sou fanático pelo meu clube, influencia o meu estado de espirito. Não, não vou mais ao estádio ver por ver sabendo que não vou gostar. Puxem por mim, convençam-me que ir ao estádio é bom, mesmo que percamos, mesmo que não joguemos nada. Se conseguirem me motivar e a muitos outros temos algo de novo. Isto não é importante? Então não sei o que é...
De qualquer modo vou-me dedicar a ler o conteúdo do "Ser Sporting" amavelmente me enviado pelo reporter h e talvez acreditar que é possivel mudar...

low desert puke disse...

" Puxem por mim, convençam-me que ir ao estádio é bom, mesmo que percamos, mesmo que não joguemos nada."

Nao percebi.

Fuinha da Bola disse...

O Sousa Cintra era um presidente de balneário e reuniu uma grande equipa. No entanto não significava que percebesse muito de futebol (e outras coisas) como se viu na gestão de treinadores. Não há ninguém perfeito. De facto vós sois todos velhos do Restelo ou da Luz. Digam lá um de vós (Repórter H e Chico Fonseca especialmente) um nome que serviria para presidente do Sporting. Só sabem dizer mal das hipóteses mas não sugerem uma única alternativa. É tudo mau, se é continuidade é mau, se é diferente também não é bom, é labrego, gosta do clube mas não percebe de gestão e futebol, não me motiva, não me enche as medidas...

Padrino Visconti disse...

O que sei é que o favorito do H, o da PJ, já começou com a labreguice de prometer jogadores...isso não é para mim o caminho

Repórter H disse...

Por acaso o homem até disse precisamente o contrário. Mas cada um ouve o que quer:

http://www.record.pt/noticia.aspx?id=fe525b45-b33d-483a-8f09-22dfde35c217&idCanal=00000024-0000-0000-0000-000000000024

Padrino Visconti disse...

Deves ter lá tacho, ó H:

"Pretendo anunciar em sessão solene no auditório do Estádio José Alvalade, no dia 29 de maio, os jogadores com quem tenho acordos assinados", afirmou Paulo Pereira Cristóvão que, no entanto, escusou-se a revelar qualquer dos nomes em causa. "Reservo o direito de o fazer no dia e local próprios", referiu.

http://www.record.pt/noticia.aspx?id=198f014f-0acd-4a35-8191-86a80eee0c29&idCanal=00000024-0000-0000-0000-000000000024

Repórter H disse...

Nada disso! Ouvi foi o desmentido que o homem emitiu:

Posição oficial da Candidatura face à notícia Record de 12 de Maio

A Candidatura Ser Sporting vem por este meio esclarecer todos os Sportinguistas acerca do teor da notícia publicada no Record de 12 de Maio, que coloca o candidato Paulo Pereira Cristovão em discurso directo referindo termos, palavras e frases que não foram emitidas.
Em momento algum Paulo Cristovão declarou ao Record apresentar no dia 29 de Maio reforços e contratações para a área do futebol, muito menos decorrentes de acordos assinados. Essa postura seria aliás totalmente irresponsável e dissonante da forma construtiva e séria como a candidatura Ser Sporting tem contribuído para estas eleições ao Sporting Clube de Portugal, não só face ao clube em si, mas também perante as restantes candidaturas. Paulo Cristovão informou sim o Record que no dia 29 será efectuada uma sessão de esclarecimento Ser Sporting dedicada ao tema futebol, no auditório do Estádio José Alvalade, que versará o esclarecimento das propostas do seu programa para a área do futebol.
Lamentamos assim a forma como o jornal Record tratou a informação veiculada, solicitando a candidatura Ser Sporting um tratamento sério, equitativo e objectivo, como aliás surge associado à prática do bom jornalismo de informação.

Penso que este tipo de situações nunca aconteceu com o Record, mas há uma 1ª vez para tudo na vida.

Pesquisa personalizada